Categoria

Esportes

Esportes

Encontro inédito entre atletas da LNB e ADD

16 de março de 2017 0 comentário

Promovemos hoje um encontro inédito entre jogadores da LNB (Liga Nacional de Basquete) e atletas do time Magic Hands, da Associação Desportiva para Deficientes (ADD)

Atletas ADD e NBB

A ação aconteceu a partir das 15h, no Clube Esperia, em São Paulo. Faz parte do calendário oficial que antecede o Jogo das Estrelas, marcado para este final de semana (19), no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Um bate papo entre os membros das duas instituições iniciou a agenda do encontro. Serviu como uma grande troca de experiências para os jogadores de alto rendimento. Em seguida, tiveram sessões de arremessos e demonstrações de jogadas brilhantes, como a famosa “Ponte Aérea Avianca”.

Atletas ADD e NBB

“A Avianca Brasil, através do projeto Avianca Cultural, já é uma grande incentivadora de peças teatrais, musicais e museus. Agora, também começamos a apoiar o esporte nacional, através no basquete. Temos imenso orgulho em ter a nossa marca estampada em ações esportivas e sociais da NBB e ADD, duas grandes entidades que colaboram com o fomento da melhoria da qualidade de vida das pessoas. Além disso, só a Avianca Brasil poderia ser apoiadora deste esporte de gigantes, já que é a companhia aérea com o maior espaço entre as poltronas em todas as aeronaves e fileiras”, brinca Flávia Zülzke, gerente geral de Marketing da Avianca Brasil.

Atletas ADD e NBB

Sobre a ADD

A ADD foi fundada pelo professor de educação física Steven Dubner e pela administradora Eliane Miada em 1996. Por meio de doações, parcerias e patrocínio de empresas de diversos setores de atuação, a entidade desenvolve as modalidades competitivas de basquete em cadeira de rodas, natação e atletismo. “Os atletas da equipe ADD Magic Hands, são verdadeiros amantes do basquete. Muitos deles se inspiram em atletas profissionais. Proporcionar essa vivência entre os atletas da LNB e da ADD será uma verdadeira emoção e um momento de muita superação”, afirma Eliane.

Atletas ADD

“Será um encontro muito enriquecedor, tanto para os atletas da Magic Hands, quanto para os do NBB CAIXA. Todos passam por obstáculos no esporte e são constantes os momentos de superação. Por isso, será muito importante nossos jogadores conhecerem e aprenderem mais sobre outras dificuldades fora do seu ambiente de trabalho. É um orgulho grande para a LNB participar de ações de responsabilidade social como essa“, comenta João Fernando Rossi, presidente da Liga Nacional de Basquete.


Jogo das Estrelas

No domingo, a LNB realizará mais um Jogo das Estrelas, que chega à sua nona edição em 2017. O evento festivo tem como característica principal um duelo disputado entre os melhores atletas – brasileiros e estrangeiros – da competição. No mesmo dia, acontece o 2º Desafio das Celebridades. Assim como no ano passado, as duas equipes serão lideradas pelos apresentadores Ivan Moré e Alex Escobar. Contarão ainda com a participação de personalidades como Pedro Scooby, Gustavo Bertoni, Thiago Braz e o ex-jogador de futebol Raí.

A Avianca Brasil será lembrada nos principais momentos da programação do Jogo das Estrelas. Um vídeo de boas-vindas gravado por uma comissária de bordo da empresa aérea será exibido no início do evento. Nos intervalos, os torcedores serão convidados a realizar no centro da quadra do ginásio a “Ponte Aérea Avianca”. A dupla vencedora da melhor jogada, ganhará uma passagem aérea ida e volta para um dos nossos destinos. No Jogo das Celebridades, um piloto comercial da Avianca Brasil – e jogador profissional – integrará uma das equipes. Orientadores de público estarão vestidos com coletes e usarão bastões similares aos utilizados pelos sinalizadores de pátio em aeroportos.

Acompanhe a cobertura completa do encontro das equipes da ADD e NBB pelo perfil oficial da Avianca Brasil no Instagram (@AviancaBrasil) e visualize os vídeos e imagens que serão publicados no Instagram Stories.

Esportes

Renovamos a parceria com a NBB

3 de novembro de 2016 0 comentário

Renovamos nossa parceria com a NBB, sendo a transportadora oficial da Liga Nacional de Basquete!

parceria com a nbb - avianca

O contrato é uma parceria com a Liga Nacional de Basquete (LNB) para apoiar a próxima temporada do NBB (Novo Basquete Brasil). Pela parceria com a NBB, vamos transportar a arbitragem e membros da organização do principal campeonato de basquete do país.

O NBB CAIXA 2016/2017, que ocorre entre os dias 5 de novembro e 17 de junho, contará com 16 equipes e terá aproximadamente 280 jogos. “Estamos bastante contentes em renovar essa parceria com a LNB. Além de transportar esses atletas com mais conforto, já que somos a única empresa aérea brasileira a estampar a categoria ´A´ do Selo Dimensional ANAC em todas as aeronaves e em todas as fileiras de poltronas, também estamos contribuindo com o desenvolvimento do basquete brasileiro”, destacou Flavia Zulzke, gerente geral de Marketing da Avianca Brasil.

Pontualidade, serviço de bordo e entretenimento de bordo são alguns dos nossos diferenciais elogiados pela diretoria da Liga Nacional de Basquete. “Voando com a Avianca Brasil encontramos conforto e um excelente atendimento em solo e no ar, e por isso estamos renovando o nosso acordo para mais uma temporada. Estamos muito felizes com a parceria”, destacou Cássio Roque, presidente da Liga Nacional de Basquete.nbb-avianca

Em contrapartida ao apoio logístico, nossa marca estará durante todos os jogos do campeonato e do Jogo das Estrelas. O logotipo estará estampado no site e em todas as comunicações institucionais da LNB.

Outra ativação que contempla novamente a parceria é o patrocínio de uma das principais jogadas do basquete: a ponte-aérea. Assim como na temporada passada, as “Pontes-Aéreas Avianca” serão divulgadas através de vídeos nas mídias sociais oficiais do NBB. No último campeonato, Larry Taylor e Tyrone Curnell (Mogi das Cruzes), foram a “Ponte-aérea Avianca” mais bonita da competição.

CulturaEsportes

Uma aula de futebol (e de mundo)

3 de julho de 2014 0 comentário

maraca (1)

Um dos aspetos mais legais do futebol, para mim, é esse caráter multicultural. Saber quem são os craques, a formação tática, as chances de vitória de equipes como Camarões, Argélia, Austrália, Croácia, Honduras, Costa do Marfim… Mas o futebol e o lado esportivo acabam servindo como um interessante gancho, e me pego descobrindo algumas características históricas, culturais e geográficas de alguns locais que normalmente não entrariam na minha lista de roteiros a serem pesquisados ou desbravados.

 

Se eu achava que isso era uma curiosidade e interesse particular meu, percebi que, para minha felicidade, essa impressão estava redondamente errada. Adolescentes e crianças de várias nações aprenderam um pouco mais sobre os países que vieram para o Brasil, e sobre o maior evento de futebol do planeta.

 

Trocando figurinhas, pesquisando a origem de jogadores naturalizados por outras seleções, entendendo a rivalidade que as vezes ultrapassa o campo de jogo ou simplesmente engrossando a torcida tão plural de seu país, milhões de pequenos fãs de futebol aprenderam um pouquinho mais daquilo que são obrigados a decorar entre bocejos e resmungos na sala de aula (quando, muito provavelmente, preferiam estar na quadra da escola jogando futebol com os colegas).

 

Porque quando o bicho pega os argentinos implicam tão mais com os chilenos do que com a gente, os brasileiros? Porque os jogos da Alemanha com a Holanda (ou Polônia, que dessa vez não veio para a Copa) são tão polêmicos? EUA versus Irã sempre será uma peleja complicada? Porque o craque francês Benzema se recusa a cantar a Marseillese, o hino de seu país (lembrando que ele é de origem argelina)? E a rivalidade entre a Inglaterra e a Argentina (olha ela aí de novo) que acarreta em partidas lendárias ao longo da história das Copas?

 

Basta olhar com um pouco mais de curiosidade para perceber que além dos 22 caras correndo atrás de uma bola há um mundo de histórias pessoais e multiculturais a serem descobertas. E talvez seja esse o pano de fundo ou o chamariz disfarçado que faça esse evento esportivo ser algo tão grandioso. Todos os corações do mundo, como dizia o filme da Copa de 94 (aquela que o baixinho Romário trouxe pra nós) unidos, competindo entre si, chorando, celebrando e batendo juntos por um mês.

Esportes

Ta chegando a hora!

19 de março de 2014 3 Comentários

Estádio

Estive este último fim de semana visitando a Praia do Forte, que fica na cidade de Mata de São João – BA, a convite da Avianca e do Tivoli Eco Resort. A visita teve um motivo especial, fui conhecer o centro de treinamento que será utilizado pela seleção da Croácia durante o mundial, o hotel em que eles vão ficar hospedados e o estádio da Fonte Nova.

Fui acompanhado por jornalistas da Globo, Record, ESPN, Terra, IG, Correio da Bahia, A Tarde, Lance! e Panrotas. No hotel fomos recebidos pelo prefeito da cidade, pelo arquiteto responsável pela obra, por um representante do governo e pelo Gerente Geral do Tivoli. Eles explicaram detalhes da obra, custos, cronograma, impacto ambiental e o mais importante, o que vai ficar para depois do torneio, o famoso legado, palavra tão na moda nos últimos tempos. A expectativa aqui, é que o CT seja utilizado por times do estado e até de estados do sudeste em suas pré-temporadas.

O lugar que a seleção da Croácia escolheu é fantástico. O Tivoli conta com toda a infraestrutura necessária, com uma paisagem paradisíaca e com uma excelente gastronomia. Eu espero que toda essa comodidade ajude a seleção croata a realizar um excelente torneio e também acredito que eles podem chegar longe. Mas como eles são o primeiro adversário do Brasil, que tenham muita sorte somente depois da primeira partida, pois nessa, nós brasileiros vamos arrebentar! Seremos 200 milhões jogando juntos com a seleção e vamos começar com o pé direito rumo ao hexa, não vai dar para a Croácia.

Depois de conhecer as instalações do hotel, fomos visitar o Centro de Treinamento que fica a menos de 5 minutos de carro. É um local simples como apenas um campo, uma pequena arquibancada para 400 pessoas e vestiários. O desafio aqui é o prazo, os croatas chegam no começo de junho e até lá tudo tem que estar pronto. Ponto positivo para a proximidade do hotel e para o seu entorno totalmente protegido por vegetação natural. Sem dúvida eles terão muito sossego para treinar e se preparar para os jogos.

A visita ao estádio da Fonte Nova surpreendeu a todos. O estádio com capacidade para 55 mil pessoas está impecável! Cadeiras confortáveis, vestiários espaçosos e camarotes exclusivos. O gramado é um show a parte, sorte das seleções que terão o privilégio de jogar por lá! E olha que teremos jogos incríveis como: Alemanha x Portugal, Espanha x Holanda (final de 2010) e França x Suíça. É impossível destacar um ou outro ponto do estádio, tudo aqui está pronto para o maior evento de futebol do planeta!

Que chegue logo o dia 12 de junho!

Esportes

Taça Libertadores, o começo do sonho

25 de fevereiro de 2014 0 comentário

Foto Jamelli

O sonho de todo torcedor é ser campeão do Mundo. Para chegar lá é preciso percorrer um longo e difícil caminho que começa com a classificação para a Taça Libertadores da América. Mas se é complicado se classificar é ainda mais difícil superar todas as adversidades que a competições te impõe.
A Libertadores é um torneio diferente de tudo que eu já participei. As viagens são longas, os lugares são de difícil acesso, e ainda temos que enfrentar muitas barreiras culturais e sociais. Apesar de todas essas dificuldades, vivi momentos muito emocionantes e conheci lugares incríveis disputando essa competição. Joguei em grandes capitais como Buenos Aires, Montevidéu, Lima, Santiago, e também estive em cidades menores e exóticas como Mar del Plata, Medellin, Rosário e Santana do Livramento que também têm seus encantos e são destinos interessantes de conhecer. Em Medellin (Colômbia), por exemplo, você não pode deixar de conhecer o “Metrocable” – espécie de bondinho que atravessa a cidade e proporciona uma vista diferenciada e exclusiva. Inaugurado em 2004, foi uma ótima solução para melhorar o sistema de transporte, e hoje é uma dos pontos turísticos mais procurados. Já em Mar Del Plata, na Argentina, o que eu recomendo são as praias de Punta Magote ao sul da cidade. Lá você encontra uma estrutura com mais de 20 resorts prontos para te atender, além de praias maravilhosas.
Na Libertadores, um dos maiores desafios que as equipes brasileiras têm hoje em dia é o de jogar na atitude. Já joguei em La Paz, Ururo e Medelin e realmente não é fácil. A sensação de cansaço, de tentar respirar e parecer que não existe ar é muito incômoda dentro de campo. Além disso a bola fica mais rápida devido a resistência do ar, a pernas ficam pesadas e o cérebro parece que funciona em câmera lenta.

Falando de altitude me lembrei de uma história engraçada que aconteceu quando tivemos que jogar uma partida em um lugar muito alto. Os comentários da imprensa e da comissão técnica nos dias anteriores eram todos sobre altitude. O fato de jogar contra altitude era difícil, falavam até que o melhor jogador da equipe contrária era altitude. Que se não tivesse altitude a partida seria mais fácil e etc… E um jogador do nosso time em um determinado momento chamou o treinador e na frente de todos disse: “Podem ficar tranquilos, me fala o número da camisa desse tal Altitude que eu vou marcar ele,ele não vai pegar na bola, deixa comigo”.  Foi uma risada só no vestiário e até hoje quando nos encontramos lembramos deste fato.
Sorte aos times brasileiros na Libertadores, minha aposta é para uma final verde e amarela. Quem sabe uma final Cruzeiro x Flamengo ? Ou Botafogo  x Atlético Paranaense ? Ou ainda Grêmio x Atlético Mineiro ?

Qual a aposta de vocês?

Grande Abraço

Paulo Jamelli

add_banner_910x338-cadeirante-1-1

Hoje é um dia muito importante para nós, é o dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência. Gostaríamos de parabenizar a todos esses “guerreiros” pela luta diária que enfrentam, seja em suas próprias rotinas, ou até mesmo representando o Brasil em diversas modalidades esportivas.

Em especial, gostaríamos de prestar uma homenagem para os nossos parceiros que tanto nos orgulham com suas conquistas e superações. Parabéns ADD – Associação Desportiva para Deficientes  pelo excelente trabalho que vocês realizam sobre a direção de Steven Dubner. Para quem ainda não conhece o trabalho da ADD e do Steven, acesse aqui ou aqui, temos certeza que você ficará impressionado!

Parabéns também aos nossos parceiros da equipe de natação, que formada por atletas com deficiência física ou mental, representa tão bem a cidade de São Paulo.

É claro que não poderíamos deixar de citar também, os nossos parceiros e multi-campeões Jaciel Paulino e  Carlos Neves de Souza que juntos, vêm conquistando e excelentes resultados tanto no Brasil como ao redor do mundo. Para quem não sabe o Jaciel é tetracampeão da São Silvestre e no mês passado, fez a dobradinha com o Carlos na 25ª 10 Milhas Garoto, em Vila Velha – ES.

1150859_566844693372855_321737238_n

Temos muito orgulho de ter todos vocês como parceiros.

Muito obrigado pela dedicação diária e pelo exemplo de força e determinação, parabéns!