Categoria

São Paulo

DestinosNacionaisSão Paulo

Parabéns São Paulo!

25 de janeiro de 2015 1 Comentário

A Cosmopolita São Paulo completa 461 anos! A cidade que nunca dorme, recebe turistas e novos moradores dos 4 cantos do Brasil e do mundo.E é com essa pluralidade de cultura e crença que ela cresceu e se desenvolveu.

Seja em bairros típicos de colônias – as Italianas Mooca e Braz ou a japonesa Liberdade – , nas diversas opções de cultura, esporte e até mesmo na agitada vida noturna, você sempre vai encontrar uma ótima opção de programa em São Paulo.

Separamos uma lista de alguns lugares que você não pode deixar de conhecer:

Gastronomia

Comer o famoso sanduiche de mortadela no Mercado Municipal

Fazer um jantar a dois no Terraço Itália, apreciando a vista de 360 graus da cidade.

Tomar um chope e petiscar nos famosos barzinhos da Vila Madalena

Cultura

Assistir os cantos Gregorianos no Mosteiro de São Bento

Conhecer o centro histórico de São Paulo

Visitar o MAM

Assistir um musical em cartaz na cidade (Tim Maia, Crazy For You entre outros)

Visitar o MASP e caminhar pela Avenida Paulista

Conhecer a Pinacoteca do Estado de São Paulo

Assistir um concerto Theatro Municipal

Conhecer o Museu da Língua Portuguesa

Lazer

Pedalar pelo Parque do Ibirapuera

Assistir a uma corrida de cavalo no Jockey Club

Conhecer o Museu do Futebol

Compras

Passear pela Oscar Freire e suas lojas de grife

Pechinchar na 25 de março, nos bairros do Bom Retiro e do Braz

Visitar a Feira da Benedito Calixto

 

São tantas opções que fica impossível citar todas! E você, tem alguma para a gente?

 

DestinosNacionaisSão Paulo

Minha Liberdade

30 de agosto de 2014 2 Comentários

IMG-20140805-WA0009

 

O tema de hoje é liberdade,  não essa que vocês estão pensando, estou falando da Liberdade, um dos bairros mais famosos de São Paulo!

Para muitos, uma das melhores opções de lazer para fazer aqui na capital, é ir ao Shopping. Para mim, é com certeza ir para Liberdade.
Tirando a praia, ir à Liberdade é um dos meus programas prediletos! Se pudesse, passaria um dia inteirinho só andando pelas ruas, conhecendo lugares novos, descobrindo lojas e restaurantes incríveis! Mas sempre estou naquela correria de sempre do nosso dia a dia em SP.

Vou dar algumas dicas para vocês que assim como eu, ama descobrir lugares super diferentes para comer e comprar! 😉
A Liberdade é literalmente um outro mundo, um lugar a parte de São Paulo!  Até brinco com as minhas amigas que se você não pode ir à praia, vá à Liberdade mas não fiquei em “SP”!
Devido o trabalho no Marakuthai,  meu restaurante com influência tailandesa,  comecei a pesquisar lugares para comprar, desde louças até comidas mais exóticas.  E foi assim que descobri o pedacinho da Tailândia na Liberdade, a Towa! É lá que eu compro os ingredientes mais loucos e diferentes, e todos importados diretamente a Tailândia,  não da China nem do Japão,  mas sim Tailândia! Pastas de curry, hortaliças frescas, o famoso Nampla que é um molho de peixe maravilhosos, arroz jasmin, brócolis da flor amarela e milhões de outras coisas. A Towa é muita completa e cheia de coisas lindas! Todos os ingredientes que usamos no Marakuthai típicos da Tailândia, são comprados lá. Sem contar no preço,  já comprei shimeji por 3 reais!

Outra loja que compro todas as louças mais lindas do mundo é a Ten Man Ya. Os potinhos, esteirinhas, pratos,  copos, talheres,  enfim, louças no geral, as mais lindas e diferentes, estão lá!

Quando digo que a Liberdade é um mundo à parte, quero dizer principalmente sobre as milhões de pessoas que trabalham lá,  todas japonesas, chinesas,  vietnamitas ou de qualquer lugar da Ásia! Nem todos falam português,  e os que falam, são bem complicados de entender! Por isso é preciso ter um pouco de paciência,  até porque os próprios vendedores não tem paciência nenhuma com ” nosso português “. Mas não se preocupe com isso, vale o programa!

DestinosNacionaisSão Paulo

40 horas de São Paulo

1 de agosto de 2013 0 comentário

SÃO PAULO Hotel Unique - Fotogra¦üfo Nelson Kon (49)

O relatório 2012 BRICS Wealth Book divulgou, no final do ano passado, o ranking das dez cidades com o maior número de multimilionários entre os países do BRIC (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Para a pesquisa, multimilionário é quem tem mais de US$ 30 milhões. São Paulo ficou em segundo lugar, atrás apenas de Pequim, com 1310 multimilionários. Se considerarmos “apenas” os milionários, outra pesquisa mostra que são mais de 60 mil. Não à toa a capital paulista reserva tantos programas mais caros do que outras cidades brasileiras.

 

Mas não é preciso ter uma fortuna para curtir um final de semana que passeia pelo universo paulistano. Do boho ao chic, é possível passar de uma feirinha de rua que reúne “quinquilharias” a um brunch de domingo preguiçoso no hotel-boutique Emiliano, no coração da rua Oscar Freire. Descobrimos o que faz sucesso há anos, além das novidades recém-inauguradas e que são a febre do momento. Acompanhe nosso roteiro de 40 horas intensas por São Paulo.

 

SEXTA-FEIRA

21h: Restaurante SPOT

A primeira parada – para já entrar no clima da metrópole – é no SPOT, restaurante com jeitinho nova-iorquino e ambiente cool para ver e ser visto. A menos de um quarteirão da paulista, a fachada é toda de vidro e fica no meio de uma praça com fonte iluminada cercada por arranha-céus modernos. Desde que inaugurou, em 1994, sempre reuniu celebridades, formadores de opinião e turminhas de famosos. Nesses 19 anos, nunca decepcionou e continua no auge. Até o estilista Calvin Klein já passou por lá. Entre o time de garçons, já estiveram a cantora Céu e  o apresentador Marcos Mion. Ou seja, espere ser atendido por alguém interessante. Combine as delícias da cozinha contemporânea com os clássicos drinks que vão do Cosmopolitan ao Dry Martini. Com 33 mesas, prepare-se para a fila de espera, mas isso faz parte do espírito deste programa. O restaurante abre para almoço e janta, fechando a 1h da madrugada. O estacionamento próprio não é cobrado.

Alameda Ministro Rocha Azevedo, 72 | restaurantespot.com.br

 

SÃO PAULO Spot - Fachada - foto Tadeu Brunelli (1)-edit

 

SÁBADO

9h30: Oscar Freire e Jardins

O dia já começa na rua de luxo mais famosa de São Paulo. A região é gostosa para passear entre as mais de 200 vitrines – todas lindas – das marcas mais famosas do mundo, como Bvlgari, Diesel e Calvin Klein. Se antigamente apenas a Oscar Freire concentrava as lojas, hoje todas as ruas ao redor já fazem parte desse shopping a céu aberto. Passeie sem pressa pelas calçadas arborizadas, descubra os cafés, e perceba que o bairro não vive apenas de luxo. Marcas como Havaianas também têm seu espaço, mas claro que sempre com um diferencial em relação às outras lojas do mesmo grupo. Você vai perceber que muitas pessoas não estãopage ali para comprar, mas curtem um típico programa de final de semana.

 

11h30: Boulangerie Quartier du Pain

Depois de conhecer o que é Oscar Freire e Jardins, siga a pé para um pit stop na nova boulangerie do bairro. Inaugurada em outubro de 2012, a casa oferece 400 pães de marca própria inspirados em receitas de todo o mundo, opções de frios, bolos, lanches e menu de almoço, café da tarde, happy hour e brunch aos domingos com Chandon à vontade (fica a dica). Uma boa pedida é o croissant de chocolate com a típica receita francesa ou os itens especiais do empório para levar de volta para casa. O ambiente é elegante e traz um pouco da tradição europeia para São Paulo.

Alameda Lorena, 2019 | quartierdupain.com.br

 SÃO PAULO Quartier du Pain (2)

12h30: Feira da Benedito Calixto

Quem tiver disposição pode continuar o passeio a pé. Mais precisamente a 1,7 km da boulangerie, e com um clima totalmente diferente, acontece a feirinha da Benedito – como é conhecida – com seu charme de brechó e antiquário. Todos os sábados, 320 expositores começam cedo a montar as barraquinhas com seus pertences a venda, sejam eles artesanatos novinhos em folha, obras de arte ou LP’s raros, móveis restaurados, armações de óculos de época e tantas outras peças vintages e inusitadas. Praticamente um mercado de pulgas. Todos os objetos possíveis misturam-se com todos os tipos de públicos.

Praça Benedito Calixto, 112 – Pinheiros | pracabeneditocalixto.com.br

 

15h30: Galeria Vermelho

Da arte de rua da Benedito para um dos principais pontos de criação e divulgação da arte contemporânea no Brasil. Em 2002, três arquitetos restauraram três pequenas casas da vila número 350 da rua Minas Gerais. Características do local foram incorporadas à obra e o terreno que separa as casas hoje forma uma grande praça aberta sobre o fundo de 120m2 da fachada da galeria. Confira o calendário de eventos e exposições antes de ir. Sempre tem alguma coisa acontecendo para dar aquela mexida na nossa visão do mundo. Nesse mesmo espaço fica o Restaurante Sal, que inclusive é destaque da seção de gastronomia desta edição. Aproveite o almoço com calma, pois a digestão já está garantida durante a caminhada pela Avenida Paulista, que está ali pertinho.

Rua Minas Gerais, 350 – Higienópolis | galeriavermelho.com.br

 

19h: Chez Lorena

De volta ao burburinho do bairro descolado-chique Jardins, e a uma quadra da rua Oscar Freire, o restaurante Chez Lorena (antigo Lorena 1989) tem clima de balada no jantar. É apenas para começar a aquecer e já dar a dica do que está reservado para mais tarde. Inaugurado em junho de 2010, a casa é uma das preferidas pelo paulistanos “modernetes” e vive lotada. E olha que são cem lugares, a mercê do chef Leo botto no comando da cozinha. A decoração é rústica e elegante, e cativou clientes assim como os outros estabelecimentos do mesmo grupo: Chez MIS, Casa Nero e Bar Secreto. E depois é hora de correr para o hotel para renovar as energias para o round noturno.

 

22h30: Bar Menys

Tapas e bons drinks. Mas chegue de táxi para curtir a noite à vontade. Do idioma catalão, menys significa menos. A filosofia dos proprietários é essa: “menos é mais”. O ambiente é discreto, acolhedor e aconchegante. A inspiração veio do bairro gótico de Barcelona, com mosaicos coloridos nas paredes e clima de taberna. Inaugurado em junho de 2012, é mais uma novidade de São Paulo que já conquistou sua clientela e entrou na lista dos lugares mais queridos. Para quem continua o roteiro e vai cair na balada, peça o Carajillos de saideira: mistura de nespresso ristretto e licor 43, bebida tradicional espanhola que os soldados bebiam para ter energia para as batalhas.

Rua Cunha Gago, 864 – Pinheiros | menys.com.br

 

DOMINGO

1h: Provocateur

SÃO PAULO geral pista 3

A balada mais exclusiva de Nova York abriu as portas em São Paulo em agosto de 2012. Quem já passou pelo clube nova-iorquino vai reconhecer o logo em forma de coração, o par de asas presas na parede e as escadas invertidas – de ponta-cabeça mesmo – no teto. House é o estilo musical que bomba a pista e o som é de altíssima qualidade. Um dos bares serve exclusivamente tequila Jose Cuervo, provavelmente para estimular ainda mais o clima de paquera. É fácil encontrar um rosto conhecido circulando por lá.

Rua Jerônimo da Veiga, 163 – Itaim Bibi | provocateurclubsp.com.br

 

SÃO PAULO EMILIANO_TBF837212h: Brunch no Emiliano

Depois de uma balada com ares nova-iorquinos, pode pular o café da manhã do hotel sem dó porque o dia vai ser no delicioso brunch (a mistura de café da manhã e almoço tão famosa em NYC) do hotel-boutique Emiliano. A perdição gastronômica começa ao meio dia e vai até as 16h. Com preço fixo por pessoa, assim que você senta já chega uma taça de espumante, que pode ser repetida infinitas vezes. O couvert vai de muffins de gorgonzola e damasco a ceviche de atum com gengibre marinado em água de coco. Depois disso vem a hora do menu à la carte, mas que também está incluído no pacote. Há muitas opções tentadoras, mas os ovos beneditinos, os famosos eggs benedict, não podem ficar de fora. Aí vem a sobremesa, o café, ou seja, curta a preguiça de domingo e seja feliz.

Rua Oscar Freire, 384 – Jardins | emiliano.com.br

 

 

Onde dormir

 

Hotel Unique

Referência em design moderno e original. Projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake,  o Unique é umas das obras primas da arquitetura paulistana. O bar e restaurante Skye, no terraço do hotel, é um atrativo à parte.

Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4700 | hotelunique.com.br

 

Fasano

Além da tradição, o hotel oferece luxo e sofisticação. A tradição da família Fasano, que se consolidou com os restaurantes, migrou para a rede hoteleira de forma impressionante. Acolhedor e charmoso.

Rua Vitório Fasano, 88 – Jardins | fasano.com.br

 

Emiliano

Com localização privilegiada, no coração da rua Oscar Freire, o Emiliano traduz o conceito de hospitalidade de luxo. Ambiente contemporâneo, cozinha excelente e detalhes sofisticados.

Rua Oscar Freire, 384 – Jardins | emiliano.com.br

 

 

Venha descobrir a sua São Paulo!

Eu falo para todo mundo que sou caiçara, mais vou contar um segredo… é mentira. Eu nasci em São Paulo (de fato sou paulistana) mas com apenas 1 ano de vida meus pais tiveram a brilhante idéia de fazer uma loucura e ir morar em Ilhabela. E foi lá que eu passei os meus primeiros 20 anos, tendo um juventude extremamente livre e caiçara, longe de qualquer medo, sistema e futilidade. Por isso, me considero 100% praiana, minhas raízes são de lá, minha história, minha vida…

Há 4 anos cai aqui na selva de pedras, (tudo pela minha profissão) já tinha o Marakuthai há 4 anos na Ilha e sentia, que lá estava pequeno para mim. Queria ver gente, aprender, conhecer restaurantes, ter concorrentes… queria crescer!

A vontade era tanta, que até investidor conseguimos e nos mudamos de mala e cuia para a capital. Os primeiros meses tive um arrependimento medonho, foi muito difícil… a crítica, o trabalho pesado e mais tudo aquilo que a cidade pode oferecer de ruim,  principalmente o medo da violência e o  transito caótico.

parede bucthers market

Acordar e não ver o mar como vi durante vinte anos, doeu muito para mim. Até eu perceber que São Paulo poderia ser muito bom, demorei. E eu digo que quem me salvou aqui foram os restaurantes, rs…. como sempre a comida. Descobri uma grande paixão, achar novos lugares para comer, comer e comer. Como eu sempre tenho a hora do  almoço livre e alguns começos da semana , aproveito para descobrir gastronomicamente São Paulo inteiro,  por isso, hoje eu posso dizer, eu amo São Paulo, ou melhor, eu amo a comida de São Paulo.

Já viajei bastante, ano passado foram 6 destinos internacionais só atrás de comida, mas para mim nada se compara com aqui, temos um grande tesouro nas mãos.

La Vie en Douce (3)

É por isso que nesse post resolvi falar do que eu mais amo comer em São Paulo meus pratos prediletos da atualidade.

No final de semana

O clássico francês Moules et Frites ( mexilhões com fritas ) do minúsculo e bombástico Le Jazz. Eles só servem esse prato no final de semana. É maraaavilhoso!

121212

Gordurinhas

O sorvete de pistache do Baccio di Latte é um vício para mim.

O quadrado de Nutella do Le Vie en Dulce , é o meu mini doce preferido, gosto tanto que nem reclamo de pagar R$ 9,00 por um quadradinho.

Panqueca de doce de leite argentino do restô 348. É de se jogar dentro e pedir mais.

O cremé brulé do Le Vin , devia ser proibido, um absurdo.

GUIA

Junk Food

 Nesse quesito sou dividida entre duas paixões, o Dinner 210 do chef Benny Novack e o super descolado Butcher´s Market . Os melhores hamburgers da cidade para mim.

Se você for no Dinner não deixe de provar o cookies quentinho de chocolate na sobremesa. É para enfiar o pé na jaca mesmo.

Meu predileto

 Agora o meu prato predileto é um bem feito Steak Tartare , no mínimo uma vez por semana saio para comer , amo, amo , amo! Já provei o do Le Jazz, do Ici Bistro, do Le Vin, Tavares, Tartar & Co, Miya, sou viciada, mais estranhamente o que eu mais gosto não é de nem um restô francês, e sim do moderninho Lorena, é ma ra vi lho so! Fora que já virei tão cliente que agora eles trocam as fritas por uma batata doce da chapa, é bom dar uma variada

steak-tartare-1064652-flash

Finos

 Agora, se for para gastar um pouco mais e ser tratado que nem rei… ai tem vários! Seguem os restos  que eu mais amo! Sorry, não sei escolher um prato de cada, tem que ir lá e provar tudo, rs

Maní

Epice

Attimo

Carlota

Due Cuocchi

Brasil a Gosto

Jam

Nagayama

Ici Bistro