Dicas de ViagemPreparativos

Veja as melhores dicas para viajar de avião com crianças

14 de setembro de 2018 0 comentário

Os procedimentos para viajar de avião com crianças causam dúvidas em muitos pais, principalmente pelo fato de que muitas delas ficam entediadas e irritadas durante o trajeto.

Contudo, não dá para fugir de situações como essa, especialmente se você planeja organizar uma viagem em família para destinos mais distantes e precisa do transporte aéreo.

A boa notícia é que algumas atitudes podem facilitar a organização da viagem, tornando o período mais agradável. Quer saber quais são elas? Confira o texto e veja as nossas dicas sobre o assunto!

Viajar de Avião com Crianças

Conheça as regras para viajar de avião com crianças

O primeiro passo para uma viagem de sucesso é se informar sobre as regras e valores para embarcar com crianças.

Valor das passagens

O preço da passagem depende da política de cada companhia aérea. Geralmente, nos voos nacionais, em classe econômica, é cobrada uma taxa simbólica para crianças com menos de 2 anos, que devem viajar no colo de um adulto.

Já em voos internacionais é cobrada uma porcentagem do valor total da passagem, mais as taxas de embarque e impostos. As passagens para crianças entre 2 e 12 anos, em rotas domésticas, costumam ter 25% de desconto sobre a tarifa do adulto.

Documentação

A documentação varia de acordo com o destino da viagem. Em geral, é necessário levar:

  • certidão de nascimento ou documento de identidade, para voos nacionais;
  • documento de identidade em boas condições, para destinos da América do Sul;
  • passaporte e visto (se necessário), para outros destinos internacionais.

Se a criança tiver menos de 12 anos e for viajar com um adulto sem comprovação de parentesco, é preciso apresentar uma autorização assinada pelos pais, com firma reconhecida.

É possível contratar o serviço de Assistência a Menores Desacompanhados para jovens de 5 a 18 anos incompletos, sendo que para menores de 12 anos o serviço é obrigatório.

Já em voos internacionais, caso o jovem (menor de 18 anos) viaje apenas com um dos pais, com parentes de até 3 º grau ou com pessoas sem parentesco, os responsáveis devem emitir uma autorização.

Embarque e acomodação no voo

Ao viajar de avião com crianças de colo, você terá preferência no embarque, o que é positivo para acomodar as bagagens mais facilmente. No entanto, se conseguir entrar por último é melhor, pois assim você evita que os pequenos fiquem irritados antes mesmo da decolagem.

Outro ponto importante é que a maioria das aeronaves oferece berços para bebês com até 10 kg. Verifique a disponibilidade do serviço, as regras de uso, os assentos específicos e o período de reserva — normalmente, isso é feito em até 24 horas antes do embarque.

Mala de mão

Ao viajar de avião com crianças de até 23 meses é preciso organizar a mala de mão com cuidado e levar os itens necessários para qualquer imprevisto.

A dica é dividir a bagagem. Organize uma mala de bordo para seus pertences e uma mochila ou bolsa com os produtos do bebê, contendo lenços umedecidos, mudas de roupa, fraldas, trocador, mamadeiras, remédios, termômetro digital, alimentos, brinquedos, cobertor etc.

Além da bagagem de mão, você também terá direito a levar, gratuitamente, um bebê conforto ou um carrinho, que poderá ser despachado na porta da aeronave, facilitando o deslocamento dos pequenos por todo o trajeto.

Já as crianças acima de 2 anos têm direito a mala de mão e franquia de bagagens, conforme o serviço contratado.

Alimentos na bagagem de mão

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) esclarece que os alimentos para bebês e líquidos de dietas especiais podem ser transportados em quantidade satisfatória para o período total do voo.

O embarque com líquidos é bastante rígido em voos internacionais, a dica é levar o leite em pó em potes com as medidas exatas para a duração da viagem, ou em uma embalagem lacrada, e solicitar água mineral durante o voo para preparar as mamadeiras.

Checklist: 9 dicas para fazer o tempo voar

Agora que você já conhece os principais procedimentos para viajar de avião com crianças, continue a leitura e veja algumas dicas para tornar esse período mais agradável para os pequenos e para toda a família.

1. Opte por voos noturnos

Se o destino for distante, a melhor alternativa são os voos noturnos e, se possível, sem escalas. Assim, a chance da criança dormir em grande parte do trajeto é maior, minimizando o desconforto com a viagem.

2. Coloque alguns brinquedos na mala de mão

Livros, itens para desenho, brinquedos ou jogos eletrônicos sem som são ideias interessantes para entreter as crianças durante a viagem — e não incomodam os outros passageiros.

3. Utilize o entretenimento de bordo

Algumas companhias aéreas oferecem entretenimento de bordo, inclusive com filmes infantis. Sendo assim, ao viajar de avião com crianças, opte por empresas que ofereçam essa comodidade.

4. Vista as crianças com roupas confortáveis

Opte por vestir as crianças com peças confortáveis e que sejam fáceis de trocar. Assim, se cair algum líquido ou comida na roupa, a substituição será mais simples.

Embora as aeronaves contenham trocadores nos banheiros, a dica é trocar a fralda dos bebês um pouco antes do embarque para reduzir esse processo dentro do avião.

5. Ofereça refeições leves antes da viagem

Comidas leves são a melhor alternativa para não causar mal-estar ou enjoo durante o trajeto. Leve alimentos que as crianças gostem e com os quais estejam acostumadas, como frutas secas, biscoitos, leite em pó e outros itens que não necessitam de refrigeração.

6. Veja se há refeições especiais para crianças

Normalmente, em voos internacionais há comidas específicas para bebês e crianças. Veja se isso se aplica no seu caso e solicite a refeição especial no momento da compra da passagem ou pela central de atendimento.

7. Dê algo para a criança sugar ou mastigar durante a decolagem e o pouso

Os momentos de decolagem e pouso podem causar incômodos no ouvido devido à diferença da pressão atmosférica. Para aliviar a situação, a dica é amamentar o bebê nesse período ou dar algo para que ele possa sugar, como uma chupeta.

8. Separe os medicamentos necessários

Se seu filho faz uso de algum medicamento, separe os itens necessários e a receita médica para acomodar na mala de mão.

Outra recomendação é levar a criança ao médico alguns dias antes da viagem para se informar sobre os medicamentos de primeiros socorros mais adequados para ela, como antitérmico, antialérgico e remédio para enjoo.

9. Procure manter a calma em caso de choro

Se seu filho começar a chorar durante o voo, procure manter a calma. O nervosismo dos pais pode aumentar a irritação das crianças.

O melhor a se fazer em situações como essa é oferecer algo para comer ou um brinquedo para se distrair.

Essas são as principais dicas para viajar de avião com crianças e fazer com que o período seja agradável para todos. Depois dessa etapa, é só aproveitar o destino e os dias de lazer e descanso com a família.

Está em busca de passagens aéreas para sua próxima viagem em família? Entre em contato conosco e conheça nossas rotas.

Veja Também