DestinosInternacional

Paraísos escondidos

27 de fevereiro de 2014 0 comentário

Eu fico aqui dando dicas de como organizar sua bagagem da maneira mais eficiente, como aproveitar a internet durante o vôo, como se alimentar em um destino inusitado… Dicas muito úteis por sinal! Mas acaba que o filé mignon, a cereja do sundae, o crème de la creme (porque todas essas analogias fazem referência à comida? Ou sou eu que estou com fome ao redigir esse texto? Enfim…) fica de fora. São as dicas de viagem. Destinos, roteiros, passeios… O foco principal de todo e qualquer viajante ou turista.

 

Essa coluna de hoje serve para tentar equilibrar esse saldo. Mas claro que não vou listar aqui evidentes rotas turísticas que você encontra em qualquer revista de viagem com Orlando ou Buenos Aires na capa. Vou tentar cavar fundo na memória (do iPhone) e falar sobre três destinos mais incríveis e ao mesmo tempo inusitados que já conheci.

 

1-    Sidi Bou Said, Tunísia

Quem se encanta com Mykonos, Ibiza ou outras cidades mediterrâneas com certeza não inclui Sidi Bou Said no mapa. Essa cidade toda branca e azul banhada pelo mar no norte da África tem todos os encantos e charme de suas co-irmãs européias, mas sem a badalação. Em 2011, a Primavera Árabe derrubou o presidente e estabeleceu as primeiras eleições democráticas no país. Lugar calmo, tranqüilo e inspirador.

 sdb (1)

2-    Abkhazia, Rússia (foto da capa)

A Abkhazia se auto-proclamou independente, mas ainda hoje é palco da disputa de influências entre Geórgia e Rússia. O balneário é banhado pelo Mar Negro e tem águas claras, praias de pedrinha, já foi o local preferido de veraneio da elite soviética. Hoje está meio abandonado, mas ainda conserva o glamour e a beleza natural de outros tempos. Vale muito o passeio e ainda é muito freqüentada pelo povo da região curtindo as férias.

3-    Stanley, Ilhas Malvinas (Falklands)

A pacata cidade de pouco mais de 2 mil habitantes e foco da polêmica disputa entre Inglaterra e Argentina é um das mais isoladas, pacatas e geladas cidadezinhas da América do Sul. A influência britânica a torna única e particularmente charmosa. O contato com a natureza é direto e o feeling de estar em um vilarejo campestre inglês em plena Patagônia é especial. Ah, e ainda rolam pingüins, leões marinhos, focas…

mlvns (1)

 

André Fran é um dos apresentadores do programa “Não Conta lá em Casa” cuja temporada em Israel e Palestina vai ao ar toda 5a feira às 21h30 no canal Multishow.

Veja Também