Gastronomia

Rio Burger Tour

26 de junho de 2015 0 comentário

RBT2 (1)

Depois da onda das temakerias, das iogurterias e, mais recentemente, das gelatterias (sorveterias metidas a chique) parece que o queridinho dos chefs é o bom e velho hamburger! A moda agora no Rio e no Brasil são as hamburguerias!

Sendo assim, eu e mais uma confraria de amigos glutões nos reunimos com o objetivo de fazer análises divertidas e criteriosas desses grandes expoentes burgerísticos de nossa cidade. Na verdade, o objetivo é se empanturrar de hamburger, mas tudo bem. O resultado acabou virando o Instagram @RioBurgerTour, onde depositamos belas fotos e nossas críticas sinceras, por vezes duras ,mas sempre bem-humoradas!

RBT1 (1)

Para vocês terem uma noção desse árduo trabalho, segue nosso Top 3 até o momento!

Meating Homemade Burgers (Gávea)
O hamburger, ponto central do tipo de sanduba em questão, deixa um pouco a desejar. A suculência orgásmica está lá, mas meio aguado e de sabor pouco marcante (retrogosto fraco). O pão é saboroso na medida certa, não ofuscando a harmonia do “prato” e contribui muito para o sabor geral da refeição. Amarelo, gostoso e fofo como um filhote de labrador. O queijo, apesar de ser um esnobe Ementhal, poderia ter mais personalidade, parece um mero acompanhamento obrigatório. O bacon caramelado e curado no whisky Jack Daniels é delicioso e eleva a nota geral, mas poderia contribuir ainda mais se tivesse presença mais generosa e não uma mísera tirinha depressivamente solitária. O molho é interessante e bem servido. O tamanho não é grande de assustar mas é suficiente para deixar o comensal satisfeito. Ah, apesar de não entrar na avaliação, os milk-shakes de “pumpkin” (a boa e velha abóbora) e “cheesecake” nos fizeram gemer de prazer tão alto que fomos expulsos da casa por atentado violento ao pudor.
Nota: 7,1

– Puro Restaurante (Jardim Botânico)
Nossa renomada equipe de especialistas foi conhecer hoje o Puro, no JB (RJ). Sei que nossa missão é exclusivamente focar e destrinchar os mistérios dos burgers cariocas, mas é impossível não mencionar a decoração, atendimento e, principalmente, a apresentação dos pratos. É tudo tão bem pensado e perfeito que a própria cozinha do estabelecimento fica à mostra. E uma casa tem que se garantir muito pra exibir sua cozinha. Porque todo mundo sabe, né? Cozinha de restaurante é que nem passado de mulher: se você conhece, acaba não comendo. Mas vamos às burguesas.
O Puro Burger é bem servido, o pão é macio e saboroso, o tomate vem cozido e temperadinho, as cebolas são caramelizadas, a carne é bem alta e vem no ponto certo, até o queijo mineiro, que poderia ser simples, tem sabor especial. Única observação talvez seja a ausência de um molho especial para dar uma graça.
Um burger correto tem que ter uma presença maior (tamanho x-large! Não regulem miséria, burger chefs!) e um gourmet burger precisa ter uma graça a mais (#ficaadica).
Nota: 7,7

– Hellish Pub (Tijuca)
Tamanho que impressiona e sabor do hamburger digno de um churrasco nos pampas! O pão é generoso mas podia puxar um pouco mais no sabor (mtas hamburgerias consideram o pão um mero invólucruo do sanduíche-iche-iche). O queijo é derretido no ponto e vem em quantidade, um charme especial para esse ingrediente fundamental do clássico x-burgui. Tem que ser aquela lava amarela derretendo-se para fora, tal e qual nos anúncios de burger americanos. Os acompanhamentos variados e bem feitos (com direito a Onio Rings do tamanho do pneu de um pequeno veículo automotor) tornam esse espécime de burger um verdadeiro caso de amor!
Nota: 8,0

– Hamburger do Kabeça: esse é só para convidados. Em se tratando de hamburger não poderia deixar de mencionar o cheeseburger do meu amigo Ricardinho Cabeça. Economista metido a chef, ele recebe um seleto grupo de amigos em sua piscina e prepara na churrasqueira um hambúrguer que leva gema de ovo, cebola, molho inglês e queijo ementhal entre outros ingredientes secretos. O tamanho é grosseiro (não cabe na boca) e o sabor é incomparável! Mas, como eu disse, é só para VIPs: vocês vão ter que confiar na minha palavra. 😉

Nota: 10!

Se quiser conferir mais dicas, fotos e reviews divertidíssimos: @RioBurgerTour! 😉

 

Veja Também