Relatos

Turista Virtual

1 de maio de 2014 0 comentário

 

Quando a gente acha que não há mais como aparecer novidades no mundo do turismo, aparece algo genial. Da bagagem ao hotel, do aeroporto ao carro alugado, do restaurante ao passeio; sempre há uma maneira de modernizar, evoluir ou revolucionar. Ainda mais se considerarmos os adventos de tecnologia que temos hoje em dia, quando a revolução da internet móvel obrigo a estarmos todos o tempo todo conectados e que as novidades e inovações estejam ao alcance de um deslizar de dedos na telinha.

Viajante por gosto e profissão, e nerd por prazer e ideologia; estou sempre antenado para as evoluções que aplicativos, sites e gadgets podem trazer para minhas viagens. Tenho os apps principais, estou cadastrado nos sites mais eficientes, faço check-in por celular e confiro o mapa no iPad. Por isso, eu não imaginava que ainda fosse me surpreender com alguma iniciativa no binômio viagem-internet. Até que uns caras de Melbourne surgiram com o “Turista por Controle Remoto”.

Melbourne é uma cidade complicada para o turismo, apesar de encantadora ela não tem grandes pontos ou marcos atrativos, seu charme reside justamente nas centenas de pequenas iniciativas e acontecimentos culturais, restaurantes, bares, shows etc. Isso complica para qualquer guia ou mapa turístico. Os caras criaram uma forma de integrar as principais redes sociais (Instagram, Foursquare, YouTube, Facebook, Twitter…) e proporcionar uma experiência de turismo virtual. Com mapa (Google Maps) roteiros assinalados, vídeos e dicas! A pessoa vai a Melbourne antes de ir!

Com câmeras acopladas uma equipe foi seguindo as sugestões online e realizando e conhecendo a cidade através de dicas via Facebook e Twitter. Tipo um Guia Turistico colaborativo. Ou crowd source, como tá na moda.

A ideia é fantástica e o resultado você pode ver aqui: http://remotecontroltourist.com. O melhor de tudo é que qualquer um pode replicar em sua cidade, basta mobilizar uma galera online e sair por aí!

Veja Também