DestinosNacionalRio de Janeiro

Um Carioca de Férias no Rio

9 de janeiro de 2014 3 Comentários

Época de férias e um monte de gente me liga, manda e-mail, inbox, tuíta,… Perguntando: pra onde eu vou viajar. Muitos querem dicas, sugestões inesperadas, roteiros fora do padrão, destinos inexplorados… E quase todos acabam se decepcionando com a resposta. A grande verdade é que, para alguém que viaja como profissão, a última coisa que quero fazer quando tenho um tempinho para dedicar aos amigos e família é viajar.

Não me entendam mal, eu amo o que faço! Acho que viajar é a maior aula que a vida pode oferecer e não perco a oportunidade de desbravar praias virgens na Grécia, curtir as delícias culturais da Europa ou me divertir nos brinquedos novos da Disney. Mas a questão é que, esse período de recesso e férias coletivas é quando posso estar junto dos meus amigos e familiares. Portanto, não faz sentido se aventurar solitário, em casal ou com um grupo específico de companheiros quando posso ficar na minha “hometown” e dedicar uma enormidade de dias, eventos e programações a meu (felizmente) imenso grupo de amigos do peito.

Minha cidade Natal, no caso, é o Rio de Janeiro. Consequentemente, existe uma boa quantidade de roteiros que já percorri por aqui com amigos locais e visitantes. Sendo assim, o que não faltam são roteiros diferenciados. Do Turistão Básico ao Viajante Tradicional passando pelo Explorador Alternativo. Deixarei aqui, então, alguns dos points mais deliciosos de minha amada e exaustivamente explorada cidade natal do Rio de Janeiro. Locais que podem agradar a todos os gostos e que nem sempre são encontrados nos Guias mais comuns.

Segue, roteiro do Fran de um dia na Cidade Maravilhosa:

 1- Café da manhã no Forte de Copacabana: OK, talvez este seja mais comum, mas a dica aqui é chegar cedo. Antes das 10h, o horário mais fácil de achar vaga na área, é quando o Forte abre as portas para os visitantes. Assim você consegue garantir uma mesa na Confeitaria Colombo e provar a Torrada Petrópolis com Vaca Preta (Sorvete de Creme com Coca-Cola).

 2- SUP em Copa: Stand Up Paddle é a modalidade de esporte que contagiou o Rio e a melhor maneira de praticar um esporte leve e prazeroso logo pela manhã. Parece mais difícil do que é. Em alguns segundos qualquer um consegue se equilibrar em pé na prancha e passear a remadas pelo canto da praia de Copacabana e observar sua beleza do melhor ângulo: o de dentro da água. Tombos são refrescantes, divertidos e parte da experiência.

 3- Almoço em Santa Teresa: o Aprazível é o lugar! Ambiente agradável e uma vista deslumbrante (desta vez, do alto). E a comida é excelente! Você consegue até vistas melhores, mas sem esforço e acompanhada de uma caipirinha e um prato de filé de tilápia com arroz de coco, só aqui mesmo.

 4- Trilha do Morro Dois Irmãos: O café foi light, o esforço do SUP não foi quase nada e o almoço foi leve e tranqüilo. Há espaço para fazer uma trilha até o alto do Morro Dois Irmãos. São apenas 40 minutinhos e não têm escaladas ou trechos radicais como a da Pedra da Gávea ou cachoeira do Horto. Lá do alto você tem uma das vistas mais lindas da Lagoa Rodrigo de Freitas, o único ângulo em que ele forma a imagem de um coração.

 5- Chopp na Mureta da Urca: Para fechar o dia com chave de ouro! E chopp gelado! E mais uma vista deslumbrante da cidade mais linda do mundo! 😉

 

 

André Fran é um dos apresentadores do programa “Não Conta lá em Casa” cuja temporada em Israel e Palestina vai ao ar toda 5a feira às 21h30 no canal Multishow.

Veja Também

3 Comentários

Simone Chaves 13 de janeiro de 2014 at 12:56

Anotando tudo!

Responder
Marcelo Ferreira 13 de janeiro de 2014 at 19:28

Excelentes dicas Fran. Mas diz ai qual a boa de Bali para quem vai casar e viajar em Lua de Mel por lá. Já conheço a Tailândia e Camboja, mas não surfo e quero desbravar BALI!!!

Responder
André Fran 16 de janeiro de 2014 at 11:13

Lugar lindo, agradável e com preços ótimos (o que possibilita ficar em um hotel mais chique com a nova patroa). A boa é alugar uma scooter, colocar a esposa na garupa e desbravar templos, praias…!

Responder