Relatos

Viajar é uma Aula

4 de julho de 2013 1 Comentário
Andre capa

Cuba

 

Uma vez, durante uma expedição de ajuda humanitária às áreas mais atingidas pelo tsunami do Japão, ouvi do líder de nossa missão: “O ato de doar é uma via de mão dupla. A pessoa que está doando faz o bem ao próximo tanto quanto a si mesmo.” Sim, é gratificante e recomendo. O projeto “Não Conta lá em Casa” surgiu de um binômio bastante oportuno: viajar pelos destinos mais inóspitos do planeta e fazer o bem. É triste constatar que, quase sempre, fazer o bem durante uma passagem de 10 dias por um país arrasado por um terremoto (Haiti), ou em meio a um conflito sanguinário (Iraque) ou ocupado por uma ditadura opressora (Mianmar), não é tarefa das mais fáceis. Fazemos o que dá, mas acaba que grande parte dessa segunda metade da dobradinha viagem/ ajuda tem que ser feita a distância. E foi pensando nisso que criamos o projeto “Não Conta na Aula”.

 

O “Não Conta na Aula” é o circuito de palestras que criamos para prolongar nossas viagens de caráter humanitário. Uma maneira de continuar doando e, se possível, de gerar uma reação em cadeia transformadora. Uma corrente do bem, onde as causas que conhecemos, os valores que percebemos e as lições que aprendemos em nossas viagens sejam compartilhadas e disseminadas indefinidamente. Desde que o projeto foi criado, já foram dezenas de universidades, empresas e escolas visitadas. O foco da palestra pode variar um pouco: às vezes fala-se mais do Oriente Médio, em outras acabamos dedicando mais tempo às zonas de conflito, a questão da sustentabilidade também aparece… E é muito interessante perceber que muito mais eficiente do que enumerar fatos, dados e ensinamentos é exemplificá-los com passagens de nossas viagens. O guia norte-coreano que não conhecia a expressão “rock and roll” ilustra o quão fechado ao mundo exterior é seu país. As ilhas paradisíacas de Tuvalu, onde árvores debaixo d`água mostram o avanço da subida das marés e do aquecimento global. A tensão dos check-points iraquianos mostrando que a “guerra” por lá está longe de terminar. A disciplina japonesa na fila de mantimentos provando que com ordem e respeito é possível se recuperar das maiores tragédias.

André 2

Egito

Foi viajando que nos deparamos com inúmeros outros ensinamentos como esses. Histórias de vida que ilustram e pontuam valores e conceitos que podem (e devem) servir de exemplo para as mais diversas situações. Foi percorrendo destinos à primeira vista nada convidativos onde aprendi as maiores lições que carrego hoje em minha vida. Por isso, recomendo e comprovo: viajar é uma aula!

 

André 4

Bali

 

André Fran é um dos criadores/apresentadores da série de TV “Não Conta lá em Casa” (Multishow), onde quatro amigos encaram os roteiros mais polêmicos do planeta e semanalmente escreve aqui no nosso blog!

Veja Também

1 Comentário

Mayra Salsa Galdino da Silva 4 de julho de 2013 at 16:54

Bacana e inspirador seu blog. Parabéns!!!

Responder