Relatos

We Love – Patrícia da Silva

26 de março de 2013 2 Comentários

Morar no mundo e passar de vez em quando em casa. Estar longe dos problemas da terra. Sonhar mais alto. Conhecer novas culturas, lugares e pessoas. Acordar no Sul e dormir no Nordeste. Voar sempre mais alto! Sair dessa rotina! Ter estado ontem em Porto Alegre , estar hoje em Fortaleza , Amanhã em São Paulo , depois de amanhã em casa e sentir saudade daquelas poltronas lotadas de gente, daquelas turbulências onde tudo para e os olhares arregalados só focam os seus movimentos.

Ter bom senso, confiança. Ser equilibrado, sério e gentil ao mesmo tempo. Ser médico, psicólogo , pai, neto, amigo, central de informações. Saber separar a razão do coração na hora de uma emergência. Sorrir quando se tem vontade de chorar. Poder chegar ao final de um voo e receber de volta o sorriso de cada pessoa durante a despedida no desembarque.

Deixar do lado de fora do avião as nossas particularidades. Fazer de tudo para prestar o melhor atendimento. Nunca se esquecer do seu papel fundamental em representar a empresa, pois é o comissário quem passa a maior parte do tempo com o principal elemento da aviação comercial, o passageiro.

Ter amor ao que se faz, não saber quando voltar pra casa e lidar com o imprevisto. Sorrir paro o passageiro na pior das turbulências.

Ter um eterno amante: O céu.

 Contudo posso resumir que esta definição condiz com a minha vida profissional e parte da pessoal. 

E é com grande satisfação que publico que ver a felicidade de alguém não tem preço, uma vez que trabalho a 11 anos na aviação sendo 10 anos na Avianca, e somente agora acompanhei meus avós paternos para Juazeiro, sendo o 1º vôo deles. Ver um sorriso por um momento que se torna simples para nós, profissionais da aviação, e para eles uma realização é  algo gratificante. Obrigada Avianca por me proporcionar momentos inesquecíveis.

Comissária

 

Nós que agradecemos Patrícia!!

Veja Também

2 Comentários

Eliana 27 de março de 2013 at 17:10

é muito gratificante quando viajamos por alguns dias com a nossa família isto faz parte .

Responder
João Lucena 1 de abril de 2013 at 21:20

Primeiro, parabéns pelo texto tão bem excrito e inspirador para quem almeja uma prossição. Seja ela na aviação ou em qualquer outro setor. Segundo por poder proporcionar essa experiência aos seus avôs. E tercero, é sempre bom entrar em uma avião para aquele voo inesquecível, quando você têm um bom serviço de bordo. Parabéns!

Responder