Apoios e PatrocíniosCulturaisDestinosNacionais

Zeca Pagodinho, o Musical conta a trajetória do herói suburbano

18 de outubro de 2017 0 comentário

Cosme e Damião dão início à narrativa e convidam à todos a embarcarem no trem do samba com destino à “Estação Sucesso”. Assim, começa Zeca Pagodinho, o Musical – Uma História de Amor ao Samba.

Zeca Pagodinho, o Musical

O espetáculo é envolvente, leve e irreverente e recorre ao gênero Teatro de Revista para ilustrar a trajetória desse grande ídolo popular brasileiro. Os quadros temáticos são brilhantemente representados por estações de trem.

Na peça, a saga do herói suburbano é contada em dois atos por um grupo de partideiros. Instrumentos musicais viram adereços e compõem a cenografia em harmonia com números de canto, dança, atuação e humor.

Enredo

A história começa com o nascimento de Jessé Gomes da Silva Filho, em Irajá, o quarto de cinco filhos de Seu Jessé e Dona Irinéa. Passa por sua vida em Del Castilho e o seu envolvimento prematuro com o samba. Retrata seus vários meios de ganhar a vida antes da fama, sua alma boêmia e suas grandes amizades. Conta como foi o início de sua carreira até alcançar o seu sucesso. Não esquece de mencionar a família formada pelo cantor e compositor, e Xerém, afinal, foi Zeca que fez o lugar ser conhecido nacionalmente.

Atores e Criativos

“Este musical é sobre um homem do povo e para o povo! E, também, é uma ótima oportunidade para se enaltecer a arte popular do nosso chão”, essas são as palavras de Gustavo Gasparini. Ele é responsável pelo texto e pela direção do espetáculo. Se não bastasse, Gasparini ainda é o interprete de Zeca em sua fase adulta. Todas as funções são cumpridas com maestria.

Peter Brandão leva seu encanto ao Jessé quando jovem. Vale destacar também as atuações de Lu Vieira, Ana Velloso e Beatriz Rabello. Zeca faz aparições como o fantasma que fala com seus representantes em cena. Spoiler: se você der sorte dele estar na plateia, vai ouvir uma canja ao final do espetáculo.

Inspirações e Parcerias

Durante suas andanças pelas rodas de samba, partidos-altos, pelo Cacique de Ramos e até mesmo dentro de sua família, Zeca encontrou grandes inspirações e fez importantes amizades. A primeira delas foi seu tio-avô Thybau, a quem tomou como referência musical e de vida. Grandes sambistas parceiros também estão retratados no musical, como: Monarco, Beto sem Braço, Almir Guineto, Neoci de Bonsucesso, Mauro Diniz, Arlindo Cruz, Dudu Nobre, Bira Presidente, Bete Carvalho, Elaine Machado, Jovelina Pérola Negra, Pedrinho da Flor, Rildo Hora e Paulão Sete Cordas.

Músicas

Preparado para ficar com vontade de dançar, bater na palma da mão, cantar e se emocionar? As canções cuidadosamente escolhidas para compor o musical despertam essas sensações no público. Entre os destaques estão: “Lua de Ogum”, “SPC”, “Camarão que Dorme a Onda Leva”, “Bagaço da Laranja”, “Pisa como eu Pisei”, “Judia de Mim”, “Faixa Amarela”, “Brincadeira tem Hora”, “Lama nas Ruas”, “Deixa a Vida me Levar” e “Vai Vadiar.

Serviço

  • Local: Theatro Net Rio
  • Endereço: Rua Siqueira Campos, 143, Copacabana – Rio de Janeiro / RJ
  • Temporada: de 22 de setembro a 29 de outubro
  • Horários: quintas e sextas às 21h, sábados às 17h30 e 21h e domingos às 20h
  • Vendas: Ingresso Rápido
  • Preços: a partir de R$ 25,00
  • Duração: 120 minutos (com 15 min de intervalo)
  • Classificação etária: 14 anos

 

Confira as Agendas Culturais com dicas de peças, shows, musicais e exposições!

Não é do Rio? Confira as ofertas de passagem para a cidade maravilhosa!

Veja Também