Categoria

Destinos

O Carnaval é a manifestação cultural que melhor representa o espírito dos brasileiros. Toda a alegria, a diversão, os ritmos, as cores e os movimentos se expressam na festa mais popular do país.

Além de curtir os cinco dias de folia, os viajantes têm nesse feriado uma grande oportunidade de explorar novos lugares. Não importa se você quer sambar na avenida ou apenas relaxar na praia ou na montanha, o que vale é aproveitar esses momentos ao máximo.

Já está planejando a sua viagem de Carnaval? Neste artigo vamos mostrar quais são os melhores locais, no Brasil e no exterior, para visitar durante a festa mais alegre do mundo. Aqui você conhecerá os principais atrativos de cada destino, tanto para quem quer cair na festa quanto para quem deseja fugir dela. Boa diversão!

O que devo saber antes de viajar durante o Carnaval?

Em 2019, o feriado de Carnaval começa de forma oficial no dia 1º de março (sexta-feira) e vai até a quarta-feira de cinzas (6/3). Como se trata de um período de muita procura por passagens e hospedagens, essa data é considerada alta temporada.

Isso quer dizer que os valores dos serviços de turismo tendem a aumentar, sendo necessário fazer as reservas com antecedência. Faça as pesquisas pelos voos o mais cedo possível, já que os clientes podem conseguir bons descontos reservando os seus assentos com, ao menos, dois meses antes do embarque. Vale o mesmo quando o assunto é hospedagem e outros serviços oferecidos nas cidades turísticas, como passeios, aluguel de automóveis e atividades de lazer.

Antecipe os traslados

Como essa é uma época de muito movimento nos aeroportos, o recomendado é sair mais cedo de casa no dia da viagem. O maior fluxo de pessoas pode gerar filas nos balcões de check-in e nos postos de segurança antes do embarque.

Em geral, as companhias recomendam chegar ao terminal com duas horas de antecedência para voos nacionais. Quando se tratar de uma viagem internacional, o indicado é se apresentar no aeroporto de três a quatro horas antes de voar. Esse tempo extra garante tranquilidade para os passageiros, que ficam com boas margens para superar eventuais problemas durante o traslado.

Quais são os melhores destinos para curtir o Carnaval no Brasil?

Cada cidade brasileira tem as suas peculiaridades na hora de celebrar o Carnaval. Locais como Salvador, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo têm extensas programações, que envolvem desde desfiles de escolas de samba até bailes privados, passando por blocos de rua. Para saber mais sobre esses destinos tradicionais, veja este outro conteúdo que preparamos.

Contudo, o Brasil é um país continental, e o Carnaval pode ser muito bem aproveitado em outras capitais. No Nordeste, por exemplo, se destaca o litoral de praias paradisíacas, localizadas em cidades com ótima infraestrutura para receber os turistas. As festas ocorrem dia e noite, por isso o viajante tem a possibilidade de desfrutar das atrações naturais sem perder a folia.

O Sudeste é muito mais do que o eixo Rio-SP. Desde as montanhas de Minas Gerais à orla do Espírito Santo, o viajante terá uma porção de destinos incríveis para curtir o Carnaval. Afinal, essa grande expressão da cultura brasileira é celebrada em todos os cantos do território nacional.

A seguir, vamos contar quais são as melhores cidades do Brasil para pular o Carnaval.

Fortaleza (CE)

A capital do encantador Ceará tem 15 ótimas praias urbanas, que fazem um cenário perfeito com a modernidade e a quantidade de atrações da cidade. O ponto mais conhecido é a avenida Beira-Mar, onde ficam os melhores hotéis, restaurantes e bares. Um dos principais passeios é visitar a feirinha de artesanato dessa região, bem como apreciar a deliciosa gastronomia local nos quiosques de frente para o mar.

Entre o sábado (2) e a terça (5) de Carnaval, a cidade tem uma grande programação de desfiles na avenida Domingos Olímpio. Entre escolas de samba, maracatus, blocos, cordões e afoxés, são mais de 40 apresentações para os turistas caírem na festa.

Veja outros locais para visitar quando for passar o Carnaval em Fortaleza:

  • praia de Iracema;
  • praia do Futuro;
  • Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura;
  • Mercado Central de Fortaleza;
  • Parque Ecológico do Rio Cocó;
  • Ponte dos Ingleses;
  • Catedral Metropolitana de Fortaleza;
  • praça dos Mártires;
  • praia do Mucuripe;
  • Jardim Japonês.

Brasília (DF)

A Capital Federal, ao contrário do que muita gente pensa, tem uma intensa programação de Carnaval. A folia ocorre nas ruas, com os desfiles de dezenas de blocos no Plano Piloto.

Entre as festas privadas, o grande destaque tem sido o Carnaval no Parque, que reúne milhares de pessoas no Parque da Cidade. As atrações são shows de artistas famosos em todo o país.

Brasília também guarda muitas atrações turísticas interessantes para conhecer, como as construções concebidas pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Nos dias mais quentes, ficar às margens do Lago Paranoá é uma boa pedida para aproveitar a natureza no Planalto Central.

Pontos legais para visitar em Brasília:

  • Catedral de Brasília;
  • Praça dos Três Poderes;
  • Parque Nacional de Brasília;
  • Torre de TV de Brasília;
  • Memorial JK;
  • Jardim Botânico de Brasília;
  • Centro Cultural Banco do Brasil;
  • Planetário de Brasília.

Natal (RN)

Na maior cidade do Rio Grande do Norte, o Carnaval tem a presença de centenas de bloquinhos, que saem de diversos pontos de Natal atraindo os foliões. Na praia de Ponta Negra, a mais conhecida da capital potiguar, é a concentração de muitos blocos, como o Folias de Estandarte.

Entre um desfile e outro, é possível curtir a cidade, que oferece praias gostosas para banhos de mar e práticas de esportes aquáticos, como mergulho, windsurf e kitesurf. Em Genipabu, o grande destaque são as dunas, que formam o cenário perfeito para se aventurar a bordo de um buggy.

Outro destaque da cidade é a culinária, que tem como base ingredientes como os frutos do mar, a macaxeira, o feijão-de-corda, a farofa d’água, a carne de sol e a manteiga de garrafa. Existem centenas de restaurantes deliciosos, que oferecem pratos bem servidos a preços honestos.

Aproveite a sua visita e conheça também estes outros pontos turísticos:

  • Morro do Careca;
  • Parque Estadual Dunas de Natal;
  • Forte dos Reis Magos;
  • praia dos Artistas;
  • lagoa de Pitangui;
  • Museu Câmara Cascudo;
  • Cidade da Criança;
  • Catedral Metropolitana de Natal;
  • Aquário Natal.

Florianópolis (SC)

A “Ilha da Magia”, como é conhecida a principal cidade de Santa Catarina, tem uma natureza exuberante, mas com todas as facilidades de uma metrópole. Entre as suas praias, destaca-se a Joaquina com suas dunas, onde os mais corajosos podem se aventurar morro abaixo a bordo de pranchas.

A Lagoa da Conceição é outra importante atração de Floripa, que reúne muitos restaurantes e bares, além de ser um dos palcos preferidos dos locais para praticar esportes. Um passeio delicioso é subir no mirante da lagoa para apreciar o pôr do sol, que é um dos mais bonitos do sul do Brasil.

Durante os dias do Carnaval, os desfiles das escolas de samba rolam na passarela Nego Quirido, que é a sede oficial da festa há 30 anos. Em todas as regiões da cidade ocorrem as apresentações de blocos, que tomam as ruas de Florianópolis com muita alegria.

Esses são os pontos turísticos que merecem a sua visita em Floripa:

  • praia Mole;
  • Ilha do Campeche;
  • praia do Santinho;
  • Ponte Hercílio Luz;
  • praia de Naufragados;
  • Palácio Cruz e Sousa;
  • Museu de Arte de Santa Catarina;
  • Jurerê Internacional;
  • Mercado Público de Florianópolis.

Maceió (AL)

Com as praias urbanas mais belas do Brasil, a capital de Alagoas é um paraíso natural no Nordeste. As formações de corais no litoral de Maceió, conhecidas como galés, atraem turistas para a prática do mergulho. A vida marinha que habita essa região pode ser apreciada bem de perto, graças às águas cristalinas do mar.

O Carnaval é comemorado tanto nas ruas quanto em clubes, com grupos organizando desfiles de blocos animados, apresentação de espetáculos folclóricos e palcos com bandas. As atividades estão espalhadas por diversos bairros de Maceió, com destaque para as festividades na praia de Pajuçara, como desfiles de escolas de samba, grupos de bumba meu boi e bandas de afoxé.

Veja quais são as melhores atrações da cidade:

  • praia do Gunga;
  • Feirinha de Artesanato da Pajuçara;
  • Mirante São Gonçalo;
  • praia do Saco;
  • Pontal da Barra;
  • Museu Palácio Floriano Peixoto;
  • Igreja de Nosso Senhor Bom Jesus dos Martírios;
  • Museu de Arte Pierre Chalita;
  • letreiro “Eu Amo Maceió”.

Belém (PA)

A histórica Belém do Pará tem um Carnaval animado e bastante disputado, com três grupos de escolas de samba, que desfilam na avenida Marechal Hermes, no bairro do Umarizal. Além da festa tradicional das agremiações, existem muitos blocos de rua, que garantem a diversão dos turistas.

Os clubes da cidade, como a unidade da rede Sesc, promovem bailes de Carnaval para as crianças, os adultos e o pessoal mais velho.

Quando os visitantes quiserem dar um tempo na folia, podem conhecer os principais pontos turísticos de Belém, como o popular Mercado Ver-o-Peso. Entre as construções seculares, o destaque é para a bela Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré, que começou a ser erguida em 1909.

Outros pontos interessantes em Belém do Pará:

  • Museu Histórico do Estado do Pará;
  • praia do Chapéu Virado;
  • Mangal das Garças;
  • Museu Goeldi;
  • Forte do Castelo de Belém;
  • Estação das Docas;
  • Parque Estadual do Utinga.

Foz do Iguaçu (PR)

Localizada na tríplice fronteira entre o Brasil, o Paraguai e a Argentina, a bela Foz do Iguaçu é o lar das maravilhosas Cataratas do Iguaçu, uma formação de quedas d’água que impressionam pelas suas enormes vazões. A atração fica no Parque Nacional do Iguaçu, uma unidade de proteção ambiental com grande variedade de espécimes da fauna e da flora.

Quem visita Foz também pode conhecer os países vizinhos, que são ligados ao território nacional por meio da Ponte da Amizade (Paraguai) e da Ponte Tancredo Neves (Argentina). Nessas regiões existem zonas de livre comércio, onde os turistas encontram produtos eletrônicos, cosméticos, bebidas e roupas a preços mais em conta.

Aproveite a visita e conheça as seguintes atrações:

  • Parque das Aves;
  • Templo Budista de Foz do Iguaçu;
  • Ecomuseu de Itaipu;
  • Marco das Três Fronteiras;
  • Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho;
  • Itaipu Binacional;
  • Memorial Cabeza de Vaca.

Quais são os melhores destinos internacionais para fugir do Carnaval?

Tudo bem que o Carnaval é uma festa espetacular, mas há quem prefira passar os dias de folia numa outra “vibe”. Como se trata de um feriado nacional, uma boa saída é explorar destinos no exterior.

Serão de 5 a 6 dias de folga no início de março. Então, o ideal é escolher viagens mais curtas, que não demandem conexões e longos períodos de espera nos aeroportos. Afinal, ninguém quer passar a maior parte do período do Carnaval no traslado. Quando embarcamos numa jornada dessas, tudo o que queremos é chegar logo e curtir as atrações daquele país.

Enquanto o verão estará no fim aqui na América do Sul, o hemisfério norte tem os seus últimos dias de inverno. Isso quer dizer que o turista deve programar os seus passeios conforme o clima, que costuma variar bastante nessa época de mudança de estação. Mesmo assim, os visitantes podem encontrar temperaturas agradáveis, excelentes para atividades ao ar livre.

A seguir, vamos mostrar alguns dos melhores destinos internacionais para aproveitar o Carnaval longe da agitação brasileira.

Nova York

A cidade mais charmosa dos Estados Unidos tem voos diretos partindo do Brasil. É possível fazer um roteiro incrível em Nova York com o tempo disponível no feriado de Carnaval.

Como estamos falando da cidade com uma das maiores diversidades do mundo, a “Big Apple” oferece um extenso cardápio de atrações culturais e de lazer. Os amantes da gastronomia têm restaurantes dos mais requintados aos icônicos food trucks, mas que servem comida deliciosa das culinárias de todos os cantos do mundo.

O visitante pode curtir um espetáculo na famosa Broadway, uma região no centro de Manhattan na qual estão localizados mais de 40 teatros. Como estamos falando da cidade que nunca dorme, todos os dias são apresentadas peças, musicais, performances e shows dos melhores artistas da atualidade. Entre os preferidos do público, estão as montagens de “Rei Leão”, “Frozen” e do bruxinho “Harry Potter”.

Os ingressos para as apresentações dos maiores sucessos da Broadway são muito concorridos. O indicado é garantir os bilhetes com bastante antecedência, já que alguns espetáculos costumam estar esgotados bastante tempo antes da data. No entanto, como a quantidade de opções de entretenimento é bem grande, ainda é possível assistir a outros shows menos concorridos comprando os ingressos minutos antes do início.

Quem é fã dos esportes americanos pode assistir a uma partida da NBA, a liga profissional de basquete. Nessa época também ocorrem em Nova York as partidas da NHL, que é o campeonato de hóquei no gelo dos EUA. Assim como nos eventos culturais, as entradas para os jogos devem ser compradas antes da viagem, para garantir o passeio.

Os museus, institutos e galerias dedicadas às artes são uma atração à parte da cidade, já que os acervos desses locais contam com obras dos maiores artistas da nossa história, como Van Gogh, Picasso, Matisse, Basquiat, Andy Warhol e muitos outros. Uma instituição que vale a visita é o MoMA (Museu de Arte Moderna), onde estão expostos trabalhos de nomes conhecidos, entre eles, do chinês Ai Weiwei e da sérvia Marina Abramović.

Esses são alguns dos melhores pontos turísticos para visitar em Nova York.

  • Metropolitan Museum of Art;
  • American Museum of Natural History;
  • Rockefeller Center;
  • High Line Park;
  • Whitney Museum of American Art;
  • Times Square;
  • 5ª Avenida;
  • Brooklyn Bridge Park;
  • Central Park;
  • Estação Grand Central;
  • One World Trade Center;
  • SoHo;
  • Chelsea Market.

Santiago

A capital do Chile está a apenas algumas horas de voo das principais cidades do Brasil. A curta distância ajuda muito o turista, que pode começar a aproveitar essa bela metrópole no mesmo dia da viagem. Santiago está localizada aos pés da imponente Cordilheira dos Andes, com lindas paisagens que podem ser admiradas de diversos pontos da cidade.

No Sky Costanera, que fica no bairro Providência, os visitantes podem subir os 300 metros de altura do edifício para ter uma vista de 360 graus da cidade. Do mirante mais alto da América Latina, é possível apreciar um pôr do sol maravilhoso.

No período do Carnaval, o país andino estará no fim do verão, então é possível curtir dias agradáveis de calor. Os habitantes de Santiago têm o hábito de ocupar as ruas, parques e praças. No fim da tarde, é comum ver o pessoal praticando esportes, passeando com a família ou apenas tomando um sorvete sentado em um banco ao ar livre.

O melhor lugar para curtir as áreas verdes é o Parque Florestal, que ocupa uma grande espaço na região central, próximo do metrô Baquedano. Esse belo parque é muito bem-cuidado, repleto de árvores, flores e gramados bem-aparados, ótimos para fazer um piquenique.

Quando estiver passeando por ali, faça uma visita ao Museu Nacional de Bellas Artes, que conta com um excelente acervo de pinturas, esculturas, instalações, vídeos e até documentação histórica. A entrada do museu é grátis.

Próximo do parque fica o boêmio bairro Bellavista, onde estão instalados centenas de bares, cafés, restaurantes, lojas e serviços. Nessa parte de Santiago, o turista pode saborear as delícias da gastronomia chilena, como as empanadas, o ceviche (peixe marinado no limão com especiarias e hortaliças), os frutos do mar e o famoso vinho, um dos principais produtos de exportação do Chile.

Confira outros locais interessantes para conhecer em Santiago.

  • Cerro San Cristóbal;
  • Palácio de La Moneda;
  • Plaza de Armas;
  • Cerro Santa Lucía;
  • Parque Metropolitano de Santiago;
  • Valle Nevado;
  • Cajón del Maipo;
  • La Chascona (casa do poeta Pablo Neruda);
  • rua José Victorino Lastarria;
  • Parque Quinta Normal;
  • Pueblito de Los Dominicos;
  • Catedral Metropolitana de Santiago;
  • Centro Cultural Gabriela Mistral;
  • Vinícola Concha y Toro.

Miami

A sempre ensolarada Flórida, nos Estados Unidos, é um dos destinos preferidos dos brasileiros. O clima agradável, com temperaturas na casa dos 24 graus, as belas praias e a agitação de uma grande cidade fazem de Miami uma ótima opção para passear durante o Carnaval.

Como a folga terá entre 5 e 6 dias, dependendo do calendário e da disponibilidade de cada viajante, o importante é fazer um roteiro compacto, com as visitas às atrações ordenadas por proximidade. Quando a aventura é feita por um grupo, o ideal é alugar um carro e ter mobilidade para conhecer as praias mais distantes do centro de Miami, como Fort Lauderdale, que vale muito o passeio.

O dia da chegada é sempre puxado, então aproveite a região de South Beach, que fica na área mais movimentada da cidade. Caminhe pelo calçadão admirando o oceano, que tem uma cor incrível. Nessa parte, que fica em Miami Beach, uma ilha na baía de Biscayne, existem várias lojas de marcas famosas, bem como bares, baladas, restaurantes, cafés, cervejarias, docerias, serviços e muito entretenimento.

Entre os prédios da Ocean Drive e a faixa de areia da praia, fica o Parque Lummus, uma área verde cheia de coqueiros onde os cidadãos andam de bicicleta, praticam exercícios e passeiam admirando a paisagem. A sombra das árvores sobre o gramado é um convite a se sentar e passar algum tempo sem fazer nada, apenas sentindo a brisa do mar.

Não é só de centros de compras que vive a cidade. Miami tem diversos museus, galerias de arte e um bairro construído em art déco. As ruas do cool Wynwood, na parte continental, abriga centenas de obras de arte ao ar livre, além de uma extensa programação artística. É comum encontrar apresentações de dança e música, em meio a um comércio agitado e muitas opções de alimentação.

Veja outros postos turísticos interessantes em Miami:

  • Aquário de Miami;
  • Villa Vizcaya;
  • Bayside Marketplace;
  • Bill Baggs Cape Florida State Park;
  • Venetian Pool;
  • Bayfront Park;
  • Museu de Arte de Miami;
  • Haulover Park;
  • Virginia Key;
  • Miami Children’s Museum;
  • Matheson Hammock Park;
  • Wolfsonian-FIU;
  • History Miami Museum;
  • Historic Virginia Key Beach Park;
  • Miami Beach Architectural District.

E aí, encontrou o seu destino perfeito para o Carnaval? Não importa se o seu perfil de turista é festeiro ou sossegado, sempre existe uma opção incrível para conhecer.

Gostou deste conteúdo? Deixe o seu comentário no post e conte para a gente como você vai curtir esse feriadão no início de março de 2019!

Entrar em contato com a natureza é uma excelente estratégia para fugir um pouco da rotina, renovar as energias e se conectar consigo. E o melhor: há inúmeros locais para fazer isso, inclusive se você deseja viajar sozinho no Brasil.

As opções são diversas, afinal, o país conta com uma grande biodiversidade e é possível visitar locais próximos ou outros mais distantes.

Quer dicas de destinos para viajar sozinho no Brasil e ficar em contato com a natureza em sua próxima folga? Acompanhe o post e confira a lista que preparamos!

1. Pirenópolis

Localizada a 150 km de Brasília, a cidade tem uma infraestrutura eficiente para receber os turistas e conta com diversos atrativos, incluindo passeios em meio à natureza.

Em 1989, ela foi tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) devido à importância de seu conjunto arquitetônico, paisagístico e histórico.

Entre os atrativos naturais, estão as trilhas e cachoeiras Sonrisal e Garganta do Inferno no Parque Estadual dos Pireneus, a Cachoeira Bonsucesso, a Cachoeira das Araras e o Pico dos Pireneus, com 1.385 metros de altura.

2. Serra do Cipó

Localizada a cerca de 100 km de Belo Horizonte, a região abriga o Parque Nacional da Serra do Cipó e é uma boa sugestão de destino para quem deseja ficar em contato com a natureza.

Por lá você poderá apreciar uma rica biodiversidade, fazer trilhas, ir em cachoeiras e visitar grutas e cavernas com pinturas rupestres. Além disso, o local oferece atividades de aventura, como canoagem, rafting e rapel.

A cidade tem opções diversificadas de hospedagem com campings, hostels, pousadas e hotéis. Para quem pretende viajar sozinho no Brasil, a estadia em hostel ou albergue é uma boa alternativa, pois esses estabelecimentos incentivam a interação entre os hóspedes.

3. Cambará do Sul

A parte sul do país também conta com opções para os amantes da natureza. Uma delas é Cambará do Sul. O pequeno município, a cerca de 180 km de Porto Alegre, guarda inúmeros tesouros como cânions, cachoeiras, rios e florestas de araucárias.

O destino é ótimo para quem deseja contemplar a natureza e praticar turismo ecológico. Ele está em meio a locais como o Parque Nacional de Aparados da Serra e o Parque Nacional da Serra Geral. É possível visitar o Cânion Itaimbezinho e o Cânion Fortaleza, além de fazer passeio de bote e andar a cavalo, entre outras atividades.

4. São Francisco Xavier

São Francisco Xavier é uma boa alternativa para viajar sozinho, se você quiser algo próximo a São Paulo. O município, localizado nas montanhas da Serra da Mantiqueira, fica a cerca de 150 km da capital paulista e apresenta diversas atrações naturais.

Entre as sugestões de passeio, estão: as cachoeiras Pedro Davi, do Pouso Rochedo e do Roncador, o Mirante da Pedra do Porquinho e o Pico do Selado. Com mais de 2 mil metros de altitude, ele oferece uma linda vista do Vale do Paraíba e do Sul de Minas.

5. Formosa

Formosa, a 80 km de Brasília, é mais um bom destino para curtir a natureza na região centro-oeste.

A cidade é conhecida como “Berço das Águas” devido à presença de inúmeras cachoeiras, nascentes e rios que correm para as bacias do Amazonas, São Francisco e Paraná.

Alguns dos atrativos são o Salto do Itiquira, uma cascata de 168 metros de altura, o Buraco das Araras, a Gruta das Andorinhas e a Lagoa Feia — que, ao contrário do nome, apresenta uma bela paisagem e 6 km de extensão.

6. Bonito

Quando se fala em turismo ecológico, um dos principais destinos é Bonito, no Mato Grosso do Sul. A melhor forma de chegar até lá é desembarcar no aeroporto de Campo Grande, a 300 km de distância.

Entre os pontos turísticos, estão o Aquário Natural, a Gruta do Lago Azul e o Parque das Cachoeiras. Além disso, é possível realizar atividades de mergulho, cavalgadas e trilhas.

Esta é uma boa opção para famílias ou grupos, mas também para quem pretende viajar sozinho no Brasil. Como muitos passeios são feitos com agências, o turista terá a oportunidade de conhecer novas pessoas.

7. Foz do Iguaçu

A cidade abriga uma das sete maravilhas da natureza e não poderia ficar de fora desta lista, não é mesmo? E o grande atrativo da região são as Cataratas do Iguaçu, tanto do lado brasileiro quanto do argentino.

O Parque Nacional do Iguaçu recebe inúmeros visitantes, que chegam ao local para apreciar a magnitude das quedas d’água. Além disso, há ainda trilhas para observação de espécies nativas da fauna e flora e passeios de barco.

8. Chapada dos Veadeiros

Quem busca contato com a natureza também pode visitar a Chapada dos Veadeiros, localizada no estado de Goiás. Ela encanta os turistas devido às belas paisagens formadas por paredões rochosos, cachoeiras e uma extensa área verde.

A Chapada abrange vários municípios, mas os principais destinos dos turistas são Alto Paraíso de Goiás (a 230 km de Brasília e a 400 km de Goiânia) e a vizinha São Jorge, onde está a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

O parque é uma reserva ambiental de mais de 65 mil hectares que guarda diversas espécies animais, cachoeiras e trilhas com tamanhos variados, nascentes e cursos d’água.

9. Ilha Grande

Ilha Grande é um bom destino de praia para viajar sozinho no Brasil e passar alguns dias perto da natureza.

A região é repleta de belezas naturais, a exemplo das águas cristalinas das praias e das paisagens formadas pela Mata Atlântica. Para chegar até lá, é necessário pegar embarcações em Mangaratiba, a aproximadamente 100 km do Rio de Janeiro, ou em Angra dos Reis.

Entre as atrações turísticas estão as praias Lopes Mendes e Caxadaço, a Cachoeira da Feiticeira, a Lagoa Verde e a Lagoa Azul, além dos passeios de barco e trilhas.

Acima, listamos bons locais para viajar sozinho no Brasil. Veja qual deles é mais adequado ao seu perfil, orçamento e ao tempo que você terá disponível, e aproveite para começar a organizar o próximo passeio!

E então, já conhecia todos esses destinos? Tem outras dicas de locais para entrar em contato com a natureza? Deixe o seu comentário!

Destinos

Descubra o Sudeste com a Avianca

12 de dezembro de 2018 0 comentário

A vontade de viajar é grande, mas a agenda está apertada e não é possível realizar uma viagem para o exterior? Então, descubra o Sudeste!

A região, composta pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, conta com uma grande diversidade gastronômica, cultural e turística. É uma excelente opção para viagens em feriados ou nas férias. Há passeio em praias, montanhas, cidades históricas, entre outros.

Quer saber mais? Então, continue a leitura e descubra o Sudeste e seus atrativos!

Minas Gerais

Entre as opções de destinos do estado, um ótimo local para visitar é Belo Horizonte. A capital oferece atrativos culturais e históricos, a exemplo do Museu de Minas e Metais, passeios ao ar livre, como a Lagoa da Pampulha e o Mirante Mangabeira, além de outros diferenciais.

Um ponto alto de BH são os botecos e restaurantes. O Mercado Municipal é uma alternativa para o almoço, ou para provar o famoso pão de queijo mineiro. Já no jantar, vale conhecer o Dona Lucinha, de culinária mineira, o Glouton, de cozinha contemporânea, e o Taste-vin, eleito o melhor restaurante de 2018 pelo Encontro Gastrô — que seleciona os estabelecimentos de destaque da cidade.

Se a ideia for aproveitar o período de folga e conhecer mais sobre a história do Brasil, Tiradentes, Mariana, Congonhas ou Ouro Preto (a cerca de 100 km do aeroporto de BH) são bons locais para incluir no roteiro.

Já se o objetivo for descansar e ficar em contato com a natureza, a sugestão é conhecer Lavras Novas. Localizada a 120 km de Belo Horizonte, ela tem pousadas com boa infraestrutura, cachoeiras, trilhas, passeios de quadriciclo, entre outras atividades.

Espírito Santo

O Espírito Santo é mais um dos estados do Sudeste com ótimas atrações para uma viagem de férias ou feriado.

Em Vitória você encontra praias, infraestrutura de turismo e restaurantes para apreciar a rica gastronomia capixaba produzida na panela de barro. Além disso, ela guarda edificações antigas em seu centro histórico.

Colada à capital capixaba, Vila Velha é outro atrativo da região. No município, os turistas podem aproveitar as praias badaladas, como da Costa, Itapoã e Itaparica, além de conhecer o Convento da Penha e o Farol de Santa Luzia.

Seguindo pelo litoral, Guarapari (a cerca de 60 km de Vitória) é outro bom destino para descobrir o Sudeste em uma viagem. A região tem belas praias e é bastante movimentada, especialmente no verão. Entre os destaques estão a Praia dos Padres, que tem mar verde e mata nativa, e as praias Vermelha, Bacutia e Castanheiras.

A cidade de Domingos Martins é mais um dos atrativos do estado. Ela fica a aproximadamente 50 km da capital. Um dos principais pontos turísticos é o Parque Estadual da Pedra Azul, com trilhas, mirantes e piscinas naturais. Outra atividade é o passeio turístico pela Rota do Lagarto, que corta a região da Pedra Azul e conta com restaurantes, cafés e lojas.

Rio de Janeiro

Não dá pra falar do estado do Rio de Janeiro sem citar a capital carioca, não é mesmo? A cidade tem pontos turísticos conhecidos mundialmente, como o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e a Praia de Copacabana. Mas, além desses atrativos, ela ainda tem excelentes opções de lazer, diversão e gastronomia.

Para passeios culturais, vale incluir no roteiro a visita ao Museu de Arte Moderna, no Parque do Flamengo, ao Museu do Amanhã, na região central, e ao Instituto Moreira Salles, na Gávea.

Outro destino interessante no estado, a cerca de 150 km do Rio de Janeiro, é a Região dos Lagos, que abriga cidades como Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. Ótimos locais para curtir praias e lindas paisagens.

Se a ideia for fugir das praias, uma boa alternativa é a região serrana, com clima ameno e vegetação abundante. Por lá encontra-se Petrópolis, conhecida como Cidade Imperial por ter sido destino de férias de Dom Pedro II. O local abriga construções históricas como o Palácio de Cristal, o Museu Imperial e a Catedral de São Pedro.

São Paulo

Um dos destaques do estado é, sem dúvida, a capital. O município é conhecido por seus espaços culturais e pela diversidade de bares, cafés, restaurantes e lojas. Entre os locais que valem a visita, estão a Avenida Paulista (especialmente no domingo, quando fica aberta para os pedestres), o Museu da Imagem e do Som, o MASP e os bairros da Liberdade e da Vila Madalena.

Para quem viaja com crianças, algumas alternativas de passeio são o Museu do Futebol, o Parque do Ibirapuera e o Museu da Imaginação.

São Paulo tem uma gastronomia bastante variada, com cozinha mexicana, japonesa, italiana, árabe, etc. No entanto, engana-se quem pensa que não há pratos típicos. Além do famoso sanduíche de mortadela do Mercado Municipal, um dos itens característicos da cidade é o virado à paulista — prato com arroz, farinha, couve, banana refogada, ovo frito, linguiça e outros ingredientes.

Para aproveitar a diversidade gastronômica em estabelecimentos renomados, algumas sugestões são: Arturito, da chef Paola Carosella, Bar da Dona Onça, no edifício Copan, e o Famiglia Mancini, de culinária italiana.

Quem gosta de praia também encontra bons locais no estado, a exemplo de Ilhabela, Ubatuba e Guarujá, que apresentam lindas paisagens e boa infraestrutura de hospedagem e restaurantes.

Entre os atrativos do interior do estado está a cidade de Socorro, localizada a cerca de 100 km da capital paulista. É recomendada para quem busca contato com a natureza e turismo de aventura, como trilhas, cachoeiras, cavalgada, rafting e tirolesa. Outra dica é Campos de Jordão, famoso destino de inverno na Serra da Mantiqueira, que encanta os turistas ao longo de todo o ano.

Essas foram nossas dicas para essa linda região do Brasil. Além dos atrativos citados no texto, a região ainda conta com inúmeras cidades e atividades de turismo e lazer. Sendo assim, não perca tempo: descubra o Sudeste e aproveite o melhor de cada estado!

Sabia que a Avianca tem rotas para os principais destinos do Sudeste? Entre em contato conosco e veja mais!

Considerada a capital do mundo, a fascinante Nova York nunca sai de moda. Um dos destinos turísticos preferidos dos brasileiros, a cidade tem atrativos para todos os gostos, não importa a época do ano.

Devido à sua enorme diversidade cultural, a mais importante metrópole americana tem um extenso cardápio de espetáculos musicais, shows, peças de teatro, cinemas, museus, galerias, lojas, restaurantes e todo o tipo de entretenimento que alguém possa imaginar. Como diz a canção de Frank Sinatra, o visitante quer “acordar na cidade que nunca dorme”.

Está planejando viajar para Nova York? Neste artigo vamos mostrar quais são as melhores épocas para conhecer o local de acordo com as suas expectativas. Divirta-se!

Melhor época do ano para ver espetáculos da Broadway

Nova York é conhecida como a cidade dos musicais, devido ao grande número de atrações em cartaz o ano inteiro. A Broadway é o sinônimo desse universo cheio de cores, movimentos e música, pois é nessa via, entre as ruas 41 e 54, que ficam os principais estabelecimentos do gênero.

Localizada no centro de Manhattan, bem perto da Times Square, essa região tem mais de 40 teatros, que oferecem shows de variados temas, estilos e preços (a partir de US$ 29). As novidades costumam entrar em cartaz a partir do outono (final de setembro até novembro), embora também existam lançamentos na primavera (março e abril).

Os ingressos para as apresentações aos finais de semana e feriados são muito concorridos, em especial para os maiores sucessos de bilheteria. O recomendado é adquirir as entradas com bastante antecedência, já que alguns musicais têm todos os assentos vendidos de 4 a 6 meses antes da data de espetáculo.

Mesmo com essa grande concorrência pelos bilhetes, ainda assim é possível assistir aos melhores shows do mundo comprando as entradas momentos antes do início.

Veja quais são os espetáculos mais populares de Nova York em 2018:

  • O Fantasma da Ópera;
  • Chicago;
  • Aladdin;
  • O Rei Leão;
  • Hamilton;
  • Frozen;
  • Escola do Rock;
  • Uma Linda Mulher: O Musical;
  • Harry Potter e a Criança Amaldiçoada.

Melhor época do ano para curtir a neve

O inverno no hemisfério norte começa de forma oficial apenas no fim de dezembro, mas há anos em que o frio e a neve já dão as caras em Nova York a partir de novembro. Essa estação mais gelada costuma durar até o final de março.

Nesse período, a cidade fica com aquela cara típica de Natal, como costumamos ver nos filmes de Hollywood: paisagem toda branquinha, áreas de patinação no gelo e muito frio, com temperaturas abaixo de zero.

Como durante o inverno não dá para ficar muito tempo ao ar livre, o recomendado é intercalar os passeios para curtir a neve com atividades em locais fechados, como museus, galerias de arte, centros de compras e afins.

Esses são os melhores locais da “Big Apple” para aproveitar a neve:

  • Rockefeller Center;
  • Central Park (Wollman Rink);
  • Bryant Park;
  • High Line Park;
  • Brooklyn Bridge Park;
  • Times Square;
  • 5ª Avenida;
  • Washington Square Park.

Melhor época do ano para fazer compras

Muita gente aproveita a sua visita a Nova York para renovar o guarda-roupa. A metrópole tem milhares de butiques de grife, centros comerciais, outlets e lojas de departamentos, com uma ampla faixa de preços e estilos.

Em algumas regiões — como na Times Square, na rua 34 e na 5ª Avenida — existem muitas megalojas, como a Apple Store, uma das mais procuradas na cidade. No Soho estão algumas das marcas conhecidas em todo o mundo, como Lacoste, Ralph Lauren, Nike e Adidas.

Em geral, as grandes promoções são realizadas junto com datas comemorativas, como o Natal, o Dia de Ação de Graças e o Dia do Trabalho. Nessas ocasiões, os lojistas queimam seus estoques para a chegada de novas coleções. Então, é possível encontrar ótimos descontos em roupas, calçados, acessórios, eletrônicos e produtos de beleza (perfumes, maquiagens, cosméticos).

Estes são os melhores períodos do ano para fazer compras na “Big Apple”:

  • após Natal e Ano Novo (26 dezembro a 2 de janeiro);
  • Presidents’ Day (3ª segunda-feira de fevereiro);
  • Memorial Day (última segunda-feira de maio);
  • Summer Sale (de 11 a 25 de julho);
  • Dia do Trabalho (1ª segunda-feira de setembro);
  • Columbus Day Sale (2ª segunda-feira de outubro);
  • Black Friday (4ª sexta-feira de novembro, após o Thanksgiving).

Melhor época do ano para aproveitar eventos culturais

Nova York é uma cidade cosmopolita e um destino turístico muito buscado em todas as estações do ano. Sendo assim, o visitante encontra uma extensa agenda de eventos culturais para aproveitar todos os meses.

Além dos espetáculos da Broadway, dos incríveis museus e algumas das melhores baladas do mundo, durante a primavera e o verão (de abril a setembro), a “Big Apple” conta com uma grande variedade de eventos realizados ao ar livre. São shows musicais, desfiles, festivais de cinema e teatro, competições esportivas e festas.

Em abril, por exemplo, o turista pode apreciar um lindo concerto da Orquestra Filarmônica de Nova York. Na 5ª Avenida, ocorre o tradicional Desfile de Páscoa, quando os nova-iorquinos se fantasiam e realizam uma divertida “caça aos ovos”. Nesse período é possível curtir jogos das principais ligas esportivas americanas, como a NBA (basquete), a NFL (futebol americano) e a MLB (beisebol).

No 4 de julho, o feriado mais importante dos Estado Unidos, a cidade tem diversas atividades. Uma delas é a grande queima de fogos da Macy’s, que pode ser vista de diversos locais de Manhattan. Existem empresas que organizam cruzeiros pelo East River durante o evento, de onde é possível ter uma ótima vista para apreciar o show.

A seguir, conheça os principais locais com atividades culturais em Nova York:

  • Metropolitan Museum of Art;
  • Museu de História Natural;
  • MoMA (Museu de Arte Moderna de Nova York);
  • Whole Foods Market;
  • New York City Ballet;
  • Lincoln Center;
  • US Open (competição de tênis);
  • Little Italy (Festival de San Gennaro, em setembro).

Viu que, independentemente da época do ano, existe sempre um roteiro especial esperando por você? Se ficou com vontade de viajar para Nova York e conhecer esse destino incrível, entre em contato com a gente! Nosso time está sempre à disposição para ajudar você a realizar a viagem dos seus sonhos.

Muitos turistas ficam em dúvida sobre como fazer mochilão sozinho e se a experiência será realmente positiva. Isso também acontece com você? Em uma viagem solo, você tem a oportunidade de montar o roteiro de acordo com seu perfil e interesses, conhecer novas pessoas, entre outras vantagens. Assim, a experiência pode ser bastante positiva.

Contudo, é preciso tomar alguns cuidados durante o planejamento para evitar imprevistos no passeio. Quer saber quais são as vantagens de uma viagem desse tipo e como fazer mochilão? Continue a leitura e veja nossas dicas sobre o assunto!

Por que fazer mochilão sozinho?

1. Liberdade para escolher os destinos

Uma das principais vantagens é a liberdade para escolher onde quer ir. Uma viagem nesse estilo envolve mais de uma cidade, muitas vezes em diferentes países, e pode ser difícil conciliar os interesses de todos os acompanhantes para montar o roteiro.

Ao viajar sozinho não haverá esse problema. Você precisará apenas conciliar os destinos com o orçamento e o tempo para o passeio.

2. Flexibilidade para datas

Uma das principais dificuldades ao fazer mochilão com um grupo de amigos é a montagem do roteiro. Isso porque cada pessoa tem rotina e hábitos distintos. Há quem goste de acordar cedo e aproveitar o dia, enquanto outros preferem acordar tarde e curtir a vida noturna, entre outras situações.

Dessa forma, ao fazer uma viagem individual você terá flexibilidade para definir a data de ida e volta, o tempo de permanência em cada destino e os passeios a serem realizados.

3. Melhoria no idioma

Ao viajar acompanhado é natural conversar mais em português. Por outro lado, em um passeio solo para o exterior haverá a necessidade de se comunicar o tempo todo no idioma local ou em inglês.

A experiência será positiva para você desenvolver suas habilidades com o idioma durante conversas com outras pessoas no aeroporto, em restaurantes, nas atrações turísticas etc..

4. Oportunidade de fazer novas amizades

Engana-se quem pensa que viajar sozinho significa passar dias ou até semanas em silêncio. Uma das grandes vantagens dessa experiência é justamente conhecer novas pessoas.

Quem faz um mochilão, geralmente, opta por ficar hospedado em albergues. Além de apresentar um bom custo-benefício para uma viagem longa e com múltiplos destinos, essa forma de hospedagem facilita a interação com outros turistas.

Contudo, se você preferir ficar em um hotel ou em um local mais reservado, também poderá conhecer novas pessoas durante os passeios, em bares, festas, entre outros lugares. Porém é preciso deixar a timidez de lado.

5. Autoconhecimento

Essa é uma ótima oportunidade de se conhecer melhor. Nesse período você conseguirá analisar seus gostos e seus interesses, fazer reflexões sobre a vida e aumentar sua confiança.

Além disso, terá tranquilidade para fazer as atividades escolhidas sem receio de incomodar seu acompanhante. Se você gosta de ficar horas a admirar uma paisagem, de acordar cedo para correr na praia ou passar um longo tempo no museu, por exemplo, não terá problemas com isso em uma viagem solo.

6. Independência

Não há como dividir as responsabilidades ao fazer uma viagem solo. Se por um lado essa situação parece um pouco desconfortável, por outro se torna uma oportunidade de independência. Você precisará fazer suas refeições sozinho, definir as melhores formas de transporte, pedir informação, pagar contas e resolver imprevistos.

7. Mais controle do orçamento disponível

É comum a ida a restaurantes ou passeios que não estavam previstos no orçamento em viagens com os amigos. Sozinho, o controle das contas tende a ser melhor, pois você poderá ir aos locais e restaurantes escolhidos e que estejam dentro de seu planejamento financeiro.

Como organizar a viagem?

Agora que você já sabe as principais vantagens dessa experiência, aprenda como fazer mochilão sozinho. Veja algumas dicas:

  • estabeleça o orçamento da viagem;
  • defina os destinos e os dias de permanência em cada local;
  • providencie a documentação necessária (passaporte, visto, cartão de vacinas etc.);
  • compre as passagens aéreas;
  • reserve as hospedagens;
  • analise as melhores formas de transporte entre os destinos (avião, aluguel de carro, trem);
  • monte um roteiro para a viagem;
  • reserve as atrações turísticas mais concorridas pela internet;
  • faça o câmbio de moedas;
  • faça um seguro viagem;
  • verifique a temperatura em cada destino para levar uma bagagem adequada;
  • se você for usar mais de uma companhia aérea, analise se sua mala ou mochila é compatível com as regras de peso e dimensão de todas elas.

Como manter a segurança durante o passeio?

Fazer mochilão sozinho apresenta inúmeras vantagens, mas pode gerar um certo receio, especialmente em relação à segurança. Contudo, ao seguir algumas dicas você, provavelmente, conseguirá aproveitar o passeio sem grandes preocupações.

Uma das principais recomendações é quanto à escolha dos hotéis. Procure reservar hospedagens bem localizadas. Análise a opinião de outros hóspedes para descobrir se o bairro é seguro e se tem fácil acesso a transportes.

Outra dica é ficar sempre atento aos seus pertences. Como não haverá um acompanhante para tomar conta de sua mala ou mochila em uma ida ao banheiro, por exemplo, é importante manter seus objetos por perto.

O cuidado com o dinheiro é outro ponto fundamental. Procure dividir seus recursos financeiros em mais de uma forma de pagamento, como cédulas e cartão de crédito. Dessa forma, você evita ficar sem dinheiro caso ocorra algum imprevisto. Utilize uma doleira para transportar as notas e seus documentos e mantê-los próximo ao corpo.

Baixar aplicativos de mapas e de transporte no destino é outra atitude significativa, assim, você minimiza os riscos de se perder em regiões mais inseguras. De acordo com a duração da viagem, talvez seja interessante comprar um chip para ter rede de internet no local.

Por fim, uma última dica é compartilhar seu roteiro de viagem com um amigo ou familiar. Inclua as cidades, as datas e os nomes das acomodações. Se houver algum imprevisto, eles conseguirão entrar em contato.

Aproveitar as férias ou um período sabático para realizar uma viagem é uma ótima oportunidade de visitar diversos destinos, fazer novas amizades e se conhecer melhor. Esperamos que este texto tenha esclarecido suas dúvidas sobre como fazer mochilão sozinho e as vantagens dessa experiência.

Tem vontade de fazer uma viagem nesse estilo ou já fez uma? Compartilhe conosco as suas experiências e dúvidas aqui nos comentários!

Muitas pessoas gostam de curtir os dias de folia em destinos badalados, já outras preferem aproveitar o período de folga para conhecer uma cidade nova e ficar distante da festa. Se você está nesse segundo grupo, passar o carnaval no exterior é, sem dúvida, uma boa estratégia.

O feriado prolongado é excelente para visitar locais na América do Sul e em outras regiões. Quer algumas sugestões de destinos interessantes para passar o carnaval no exterior? Acompanhe o texto e veja as dicas que separamos!

Destinos para passar o carnaval no exterior

Independentemente de qual for seu interesse na viagem, há diversas opções de destinos internacionais para visitar no feriado.

Você pode escolher cidades litorâneas, outras com clima mais frio, com vida cultural intensa, locais para fazer um retiro espiritual, entre outros. Veja abaixo algumas sugestões.

Praia

Quem quer curtir praias internacionais nos dias de folga tem duas boas opções: Vina del Mar e Miami.

Vina del Mar fica a menos de 2 horas de Santiago e é um dos principais destinos de verão dos chilenos. Por lá, você poderá descansar em hotéis com boa infraestrutura, aproveitar os dias de sol com a família na praia e em passeios pela região.

O Carnaval de 2019 cairá no início de março. Embora seja inverno nos EUA, Miami apresenta uma temperatura agradável nessa época do ano, em torno dos 20 graus. Por isso, esse também é um bom destino para ir no feriado.

Entre as opções de praias para visitar com a família está a South Pointe Park Beach. Ela fica no extremo sul da South Beach, uma das praias mais famosas e movimentadas de Miami. No entanto, nessa parte o burburinho é menos intenso e ainda conta com água clara e calma para as brincadeiras das crianças.

Outra praia para curtir com a família é a Sunny Isles Beach, na região norte, onde você encontrará opções de resort, mar calmo e cristalino, restaurantes, supermercados etc.

Além de praias, shoppings e outlets, a cidade tem atrações para as crianças, como o Zoo Miami e o Children’s Museum.

Retiro espiritual

Se a ideia for passar o carnaval no exterior e utilizar o período para renovar as energias em um retiro espiritual, Santiago é uma boa sugestão.

Embora a capital chilena seja conhecida pelo centro histórico e as vinícolas em seu entorno, ela também abriga locais para meditar, reduzir o estresse e a ansiedade e fortalecer a fé.

O Centro de Meditação Kadampa Chile é uma das opções para isso. O templo budista oferece aulas de meditação para adultos e crianças, cursos de um ou mais dias de temas diversos, entre outras atividades que podem variar de acordo com a programação.

Outra sugestão é a visita ao Templo Bahá’í. Ele foi inaugurado em 2016, tem uma extensa área verde, uma arquitetura diferenciada e uma bela vista de Santiago.

Bahá’í é uma das mais recentes religiões independentes do mundo e teve sua origem no Irã. Contudo, o templo é aberto para visitantes de todas as crenças, sendo um espaço para contemplação e reflexão. A entrada é gratuita.

Frio

Se você quer fugir do calor do Brasil, Nova York é um bom destino para visitar no carnaval. Ainda será inverno, mas as temperaturas, provavelmente, não estarão tão frias como no auge da estação, o que é positivo para os passeios ao ar livre.

Algumas atrações para incluir no roteiro durante os dias de folga são: passeio pelo Central Park, Bryant Park e Times Square, visita ao Metropolitan Museum e o Empire State Building, musicais da Broadway, entre outras atividades.

Entre uma atração e outra, separe um tempo para visitar os restaurantes e cafeterias da cidade. Além disso, não deixe de provar o bagel, um tipo de pão clássico de Nova York, que pode ser encontrado em diversos locais.

Natureza

Bogotá é uma boa alternativa para quem quer aproveitar o carnaval no exterior em meio à natureza. A cidade conta com diversas opções culturais e gastronômicas, mas, além disso, a região em seu entorno tem ótimas áreas verdes.

A 45 minutos da capital colombiana, por exemplo, há uma reserva natural em que se encontra a La Chorrera, a maior cascata do país e a sexta maior da América do Sul, com quase 600 metros de altura.

O passeio é ótimo para quem gosta de fazer trilha e contemplar a natureza. Também é possível acampar, fazer rapel e andar a cavalo.

O Parque Nacional Natural Chingaza é outra boa opção para o ecoturismo. Ele fica a cerca de 20 km da capital colombiana, sendo um refúgio da fauna e flora dos Andes.

O parque tem seis opções de trilhas com percursos que vão de 1,8 km a 7,5 km. O acesso é limitado a 40 pessoas por dia e é necessário reservar o passeio com antecedência por e-mail.

Como organizar a viagem

Para desfrutar de dias agradáveis durante o feriado de carnaval no exterior, é importante organizar a viagem com uma certa antecedência para encontrar voos com horários adequados e reservar um hotel no perfil da sua família.

Além disso, é fundamental providenciar a documentação necessária para entrar no país. Para viajar aos EUA é preciso passaporte e visto. No Chile e na Colômbia é possível ingressar apenas com o documento de identidade — no caso da Colômbia ainda é obrigatório apresentar o Certificado Internacional de Vacinação contra a febre amarela.

Veja outras dicas para o planejamento da viagem:

Como vimos, há diversas opções de destinos para diferentes perfis de turistas. Então, se você quer aproveitar a folga do carnaval no exterior, analise as dicas listadas acima e comece a organizar sua viagem em família para fugir dos dias de folia.

Já conhece os locais citados no texto? Acha que são opções interessantes para o carnaval no exterior? Deixe sua resposta abaixo!

Sem dúvidas, já faz alguns anos que a Black Friday se firmou como uma das datas mais esperadas do calendário dos brasileiros. E não é para menos. Afinal, não há quem não queira adquirir os produtos mais cobiçados e das melhores marcas com incríveis descontos.

Mas nem só de eletroeletrônicos é feita a Black Friday. Se você curte viajar e está esperando uma boa oportunidade para decidir o seu próximo destino, a hora certa pode ser essa, já que a Avianca vai disponibilizar muitas ofertas imperdíveis.

Ficou interessado? Então, continue a leitura do texto para conferir algumas dicas de como comprar passagens aéreas na Black Friday! A Avianca está preparando ofertas imperdíveis para você!

1. Siga a Avianca nas redes sociais

Quem não perde a oportunidade de viajar, sabe que para conseguir os melhores descontos em passagens aéreas é preciso acompanhar constantemente as ofertas e promoções. E na Black Friday não é diferente.

A cada semana, a Avianca lança um novo post em seus canais na internet, sempre com dicas importantes e anúncios de passagens imperdíveis. E durante o mês de novembro, haverá ainda mais novidades, com posts especiais para todos os seguidores.

Então, para não perder nenhuma oportunidade, siga a Avianca no Facebook, no Instagram e no Twitter. Dessa forma, você acompanha todas as novidades em primeira mão e ainda não perde tempo comparando preços em diferentes canais.

Outra ótima dica é se cadastrar na newsletter que a Avianca preparou especialmente para a época de descontos que todos esperam ansiosamente. Basta inserir os seus dados via desktop ou mobile para receber diretamente em sua caixa de e-mail as melhores ofertas da Black Friday.

2. Acompanhe os preços das passagens internacionais

A Black Friday é o momento que muita gente espera para tirar do papel a tão sonhada viagem internacional, não é mesmo? Se você também quer aproveitar a oportunidade, tenha atenção a alguns detalhes.

Quando se trata de viagem internacional, é muito importante acompanhar o dólar, já que o valor dos bilhetes varia conforme a cotação do dia. Então, tenha atenção a esse ponto para não ser surpreendido de última hora.

Essa dica também vale para reserva de hotéis fora do Brasil, compra de ingressos para parques de diversões e outras atrações.

Outra dica importante ao comprar uma passagem internacional na Black Friday é verificar com atenção o período válido para usufruir do preço promocional. Afinal, em alguns casos, os bilhetes são para datas específicas ou podem ser utilizados em um período determinado de meses.

3. Escolha a melhor forma de pagamento

Ainda que na Black Friday os preços sejam inacreditáveis, é importante se programar bem para quitar todas as despesas de viagem e não se complicar com o passar do tempo.

Por isso, escolha bem a forma de pagamento, sempre levando em conta qual método é o melhor para a sua situação atual e dos próximos meses.

Na Avianca, os voos nacionais podem ser parcelados em até 6 vezes no cartão de crédito. Já os bilhetes para os Estados Unidos podem ser divididos em até 10 vezes. Quem sabe não é o momento de finalmente conhecer Miami, Orlando ou Nova Iorque?

4. Baixe o app da Avianca

Se você vive conectado e não dispensa ferramentas que tornam o seu dia a dia muito mais prático, experimente acompanhar as ofertas da Black Friday pelo app da Avianca.

Durante todo o período de descontos, o usuário receberá alertas das promoções e outras novidades. Além disso, pelo aplicativo é possível comprar os bilhetes aéreos e até mesmo fazer o check-in.

Então, não perca mais tempo e baixe a versão do app para iOS ou Android.

5. Cadastre-se no programa Amigo

Quem não abre mão de viajar com muita economia e desconto não pode deixar de fazer parte de um bom programa de fidelidade. E se você ainda não sabe qual escolher, não deixe de conhecer melhor o programa Amigo.

Voando com a Avianca ou com uma companhia parceira, você acumula ponto e troca por passagens, bem como conta com benefícios exclusivos. Com o programa Amigo, também é possível transferir os pontos do cartão de crédito para aumentar a pontuação de forma ainda mais rápida.

Para fazer parte do programa é muito fácil. Basta fazer o cadastro no site e informar o seu número Amigo em todas as viagens. A partir daí, é só começar a usufruir dos benefícios do clube!

E se você vai comprar uma passagem aérea na Black Friday, não deixe de se cadastrar no programa Amigo. Afinal, todos os bilhetes emitidos no período da promoção serão válidos para o acúmulo de pontos!

6. Tenha flexibilidade de data e destino

Certamente, nem sempre é possível ter flexibilidade na hora de tirar as férias, principalmente quando é preciso conciliar com os outros membros da família ou com o período de recesso escolar.

Mas se você tem a sorte de poder escolher quando será o período do seu merecido descanso ou vai viajar sozinho, abra a mente e busque as melhores passagens sem se apegar a um destino em específico.

Na Black Friday, é possível encontrar tarifas com preços realmente impressionantes, ainda que não seja para um local que você vinha planejando conhecer. Essa pode ser uma boa oportunidade de sair da zona de conforto e aproveitar um destino realmente inesquecível!

Como você viu, comprar passagens aéreas na Black Friday pode ser uma ótima opção para economizar e já garantir a sua próxima viagem.

No entanto, fique atento a alguns detalhes, como tempo de escala, duração total do deslocamento, necessidade de visto e período mínimo de estadia na localidade. Tenha em mente que, ao comprar itens em promoção, as políticas de reagendamento e devolução podem ser diferenciadas.

Também vale a pena pesquisar opções de hospedagens, custo com alimentação e meios de transporte no local de destino. Assim, você economiza em todos os sentidos e realmente aproveita o melhor da Black Friday!

O que achou deste post? Quer ficar por dentro de mais dicas como essas? Então, curta a nossa página no Facebook!

Está em busca de destinos no exterior para viagens em família? O período de férias ou folgas prolongadas são ótimas oportunidades para conhecer um local fora do Brasil.

Países na América do Sul e em outros continentes contam com boa infraestrutura e atividades de lazer para adultos e crianças. Além disso, sua família terá a chance de conhecer novas culturas e costumes, ampliando a experiência da viagem.

Quer algumas dicas para organizar o passeio? Continue a leitura e saiba mais!

Destinos no exterior para viagens em família

1. Valle Nevado

O Valle Nevado é uma estação de esqui que fica na Cordilheira dos Andes, a cerca de 60 km de Santiago. A viagem de carro da capital chilena até o local dura cerca de 1h30min.

Esse destino é conhecido pelas montanhas de neve, o que faz dele uma ótima opção para viagens nas férias de julho. A visita também pode acontecer entre junho e setembro, quando a temporada de neve está aberta.

Além de pista de esqui, o Valle Nevado é um Ski Resort. Sendo assim, sua família poderá ficar hospedada por lá para aproveitar as atrações em mais de um dia.

O espaço conta com aulas de esqui, aluguel de roupas e equipamentos de neve, teleférico, bares, restaurantes etc.

2. Santiago

Esse é outro bom destino no exterior para viagens em família. Você pode dividir a viagem entre o Valle Nevado e Santiago ou optar por conhecer os atrativos da capital chilena e regiões.

A visita pode ser feita em qualquer época do ano, mas, para quem não gosta de temperaturas muito frias, a primavera e o verão serão as melhores opções.

Entre os locais que valem a visita estão o centro histórico, a Catedral Metropolitana, o Mercado Central, o Centro Cultural La Moneda e o Museo Interactivo Mirador (museu de ciências e experiências lúdicas para crianças e adolescentes).

Para conhecer a cidade do alto, e aproveitar para tirar belas fotos, a dica é ir ao Cerro Santa Lúcia, que tem uma das melhores vistas panorâmicas da região. Contudo, se você for viajar com bebê de colo, a subida por escadas pode ser bastante cansativa.

Outra opção de mirante é o Cerro San Cristóbal, que pode ser acessado com o funicular, uma espécie de bondinho. Por lá, também fica o Zoológico Nacional, ótima atração para a garotada.

Para os adultos, a dica é fazer os passeios às vinícolas, que ficam em regiões próximas a Santiago, como a Concha y Toro e a Undurraga.

3. Nova York

Visitar Nova York é o desejo de muitas pessoas, que sonham em conhecer pontos turísticos famosos mundialmente, como o Central Park, a Estátua da Liberdade e a Times Square.

A cidade é conhecida pela diversidade de pessoas, culturas e estilos, o que pode ser percebido nos bairros, opções gastronômicas, manifestações artísticas etc.

A programação é diversificada, e você encontra atividades para adultos e crianças. Por isso, o local está na nossa lista de destinos no exterior para viagens em família.

Entre as opções turísticas, estão o Empire State Building para ver a cidade do alto, o passeio de barco ao redor de Manhattan e o Museu de Cera, além de inúmeras lojas.

As crianças podem se divertir nos parques da cidade, nas pistas de patinação (que acontecem durante o final do outono e no inverno), no Museu da Criança em ManhattanMuseu de História Natural e Central Park Zoo.

4. Miami

Miami é conhecida por ter sol quase o ano todo e pela mistura da cultura americana e latina, além de ser um destino perfeito para compras, devido às inúmeras lojas, shoppings e outlets da região.

Além de aproveitar os dias de sol e as praias, como South Beach e Haulover Park Beach, você pode incluir no roteiro a visita ao Wynwood Art District. O local abriga painéis de grafite e galerias de arte e ao Jardim Botânico Fairchild.

Uma atração interessante para crianças é o Jungle Island, que tem um zoológico com animais de diversas partes do mundo, parque aquático e atividades de aventura.

5. Bogotá

Bogotá é um destino pouco conhecido dos brasileiros, mas pode ser uma excelente opção de viagem para férias curtas ou feriados prolongados.

O local tem rede hoteleira e gastronomia variada. Os parques das cidades são boas alternativas para entreter as crianças e passar algumas horas em meio ao verde e ao ar livre.

Entre os atrativos turísticos, estão: Museu do Ouro, com uma imponente coleção sobre o tema, e o Parque de Sal Zipaquirá, que abriga uma Catedral de Sal, muro de escalada, entre outras atividades.

Dicas para planejar uma viagem ao exterior com a família

O planejamento de uma viagem ao exterior deve ser feito com atenção, já que envolve documentação específica e outras particularidades. Confira algumas dicas para se planejar corretamente:

  • veja a documentação necessária: países da América do Sul podem ser visitados com o documento de identidade, já para viagens aos EUA é preciso passaporte e visto;
  • escolha a hospedagem: os destinos no exterior para viagens em família listados acima têm uma rede hoteleira bastante variada. Por isso, analise a infraestrutura e localização dos hotéis antes de escolher a melhor opção;
  • reserve as passagens: para destinos mais longos e em viagens com crianças, dê preferência aos voos noturnos e diretos. Assim, o deslocamento será menos cansativo;
  • defina a forma de pagamento na viagem: além do cartão de crédito ou débito internacional, é importante levar dinheiro em espécie. Faça um levantamento do custo diário para saber quanto você precisará levar;
  • faça um seguro viagem: os custos com tratamentos médicos e emergenciais podem ser bastante altos fora do Brasil. Por isso, a recomendação é fazer um seguro viagem para toda a família;
  • monte um roteiro do passeio: pesquise as atrações com antecedência e monte um roteiro para os dias de viagem, incluindo atividades para adultos e crianças.

Esses são alguns destinos no exterior para viagens em família. Sem dúvida, você e seus acompanhantes passarão bons momentos nesses locais! Para escolher o destino perfeito, avalie o perfil da família, o orçamento e o período do passeio.

Já imaginou passar a data mais mágica do ano em Nova York? Veja nosso próximo texto e conheça as principais atrações da cidade no Natal.

Quem tem um animal de estimação precisa ficar atento na hora de montar o roteiro dos passeios, a fim de escolher locais pet friendly.

Muitas pessoas se enquadram nesse perfil, e o resultado disso é um crescimento do mercado pet no país nos últimos anos. Aproveitando essa onda, diversos estabelecimentos comerciais e hotéis já passaram a aceitar a presença dos bichinhos.

Quem mora ou está de passagem pela capital paulista encontra uma boa oferta de lugares desse tipo. Porém, ainda assim, é preciso organizar bem o passeio antes de sair de casa, já que alguns estabelecimentos não aceitam a presença de animais.

Quer dicas de locais pet friendly para ir em São Paulo? Continue a leitura e confira o conteúdo que preparamos sobre o assunto!

1. Urbe Café Bar

O Urbe Café Bar é uma cafeteria pequena com estilo moderno que funciona ao longo de todo o dia. O cardápio inclui cafés especiais, brunch, pratos leves e petiscos.

Quem visita o local acompanhado do pet deve ficar nas mesas do lado de fora e pode solicitar uma vasilha com água para que ele fique hidratado.

O estabelecimento fica na Rua Antônio Carlos, 404, Cerqueira César. Horário de funcionamento: segunda, das 12h às 00h; terça a domingo, das 10h às 00h.

2. Tea Connection Brasil

O Tea Connection pode ser definido como uma casa de chá, já que conta com uma boa variedade da bebida. Contudo, o cardápio ainda inclui comida natural, sopas, salgados e doces.

O espaço tem dois andares e uma área externa que recebe bem quem está com animais de estimação. Por isso, esse é mais um dos locais pet friendly para ir em São Paulo.

O Tea Connection fica na Alameda Lorena, 1271, Jardins. Horário de funcionamento: segunda, das 8h às 23h; terça a sexta, das 8h às 00h; sábado, das 9h às 00h.

3. Jacarandá

O Jacarandá é um misto de restaurante, armazém e bar. O cardápio do restaurante tem influência latino-americana, e ainda conta com sucos orgânicos, bolos caseiros, chá, entre outros itens. Já no armazém você pode encontrar produtos regionais, como queijo, mel e doce de leite.

O local conta com uma área confortável e um jardim ao ar livre, ótimo para quem deseja passear com o pet.

O estabelecimento fica na rua Alves Guimarães, 153, em Pinheiros. Horário de funcionamento do restaurante: segunda a quinta, das 12h às 00h; sexta e sábado, das 12h à 1h; domingo e feriados, das 12h às 00h.

4. Alto da Harmonia

Quem deseja visitar o bairro Vila Madalena com o amigo de quatro patas também encontra bons espaços por lá. Um deles é o Alto da Harmonia, um bar e restaurante que apresenta cardápio variado com opções de pratos e petiscos.

Cães de pequeno, médio e grande porte são bem-vindos na casa, que conta com uma área exclusiva e um menu especial para eles.

O restaurante está localizada na Rua Harmonia, 271, na Vila Madalena. Horário de funcionamento: terça a sábado, das 12h à 1h; domingo e feriados, das 12h às 22h.

5. Le Botteghe Di Leonardo

Quer aproveitar os dias de calor para ir a uma sorveteria e ainda levar seu pet? Na Le Botteghe Di Leonardo isso é possível! A casa é tão pet friendly que conta até com gelatos para pets.

A elaboração da receita do sorvete foi feita com a avaliação de veterinários, para garantir um produto adequado aos bichinhos. O picolé, nomeado de Peppino, é feito com iogurte branco natural e mel, além de frutas ou legumes da estação.

O estabelecimento tem quatro unidades: no Jardins, Higienópolis, Itaim bibi e Alphaville. Consulte o site para conferir os endereços e horários de cada loja.

6. Castro Burger

O Castro Burger é uma opção para quem busca uma hamburgueria pet friendly para ir em São Paulo.

O espaço tem uma boa área externa e recebe cachorros de pequeno a grande porte, ideal para ir em dias sem chuva.

O estabelecimento fica na Rua Joaquim Távora, 1517, na Vila Mariana. Horários de funcionamento: terça a quinta, das 18h às 00h; sexta, das 18h às 2h; sábado, das 12h às 2h; domingo, das 12h às 00h.

7. Bráz Pizzaria

Quem não perde a oportunidade de ir a uma pizzaria com amigos e familiares também encontra locais pet friendly para ir em São Paulo nesse segmento.

A Bráz Pizzaria conta com 6 unidades espalhadas pela cidade, porém, somente as filiais de Pinheiros e Perdizes aceitam animais de estimação. As unidades funcionam de domingo a quinta, das 18h30 às 00h, e de sexta e sábado, das 18h30 à 1h.

8. DogLab

Esse é um espaço para almoço e happy hour no Brooklin, e como o nome já diz ele é dog friendly. O ambiente foi pensado para favorecer o convívio entre pessoas e cachorros, por isso, conta com uma boa área ao ar livre. Os proprietários ainda organizam eventos temáticos, como o Arraiau e o Domingo sem coleira.

O DogLab fica na Rua Texas, 605, no Brooklin. O horário de funcionamento pode variar devido à realização de eventos privados. Consulte as redes sociais do local para conferir a programação atualizada.

9. Matilha Cultural

A Matilha Cultural é um espaço de arte inspirado no amor pelos cães. Ele tem área para exposições e cinema com programação variada, além de café e coffeeshop vegetariano.

A preocupação com os amigos peludos inclui exposições relacionadas ao assunto, feira de adoção — que acontece aos domingos —, entre outras atividades.

O projeto Pra Cachorro, realizado anualmente, apresenta exposição fotográfica e sessão de debate e cinema, com o objetivo de fazer uma homenagem e um alerta quanto à exploração dos animais.

O espaço fica na Rua Rego Freitas, 542, próximo à Praça Roosevelt, na República. Horário de funcionamento da galeria de exposição: de terça a domingo, das 12h às 20h, exceto aos sábados, quando a abertura acontece às 14h.

Como vimos, há diversos locais pet friendly para ir em São Paulo e sair um pouco da rotina. Sendo assim, procure incluir esses estabelecimentos em seu roteiro para passear pela cidade com seu bichinho aos fins de semana, feriados e momentos de folga.

Gosto do texto? Quer outras dicas sobre São Paulo? Então, confira também o nosso post com 10 lugares para visitar no centro da cidade!

As viagens em família são ótimas oportunidades para passar momentos ao lado de quem se ama. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados ao montar um roteiro de viagem com crianças, a fim de que elas aproveitem melhor o período.

A definição do destino e do hotel é uma etapa essencial durante o planejamento, que deve priorizar locais interessantes, seguros e, se possível, com uma boa infraestrutura para a criançada.

Outra dica é estabelecer um roteiro tranquilo, com horário para refeições e períodos maiores dedicados aos passeios, de forma que as atividades não se tornem cansativas.

No texto de hoje, separamos algumas dicas que podem garantir o sucesso de sua viagem em família. Continue a leitura e saiba mais!

Como montar um roteiro de viagem com crianças

Ao estabelecer a programação da viagem com as crianças procure conciliar o interesse dos membros da família para que o período seja agradável a todos.

Além de definir as atrações turísticas, é importante pensar em outros fatores. Veja alguns abaixo.

Considere o tempo de deslocamento

O meio de transporte e o tempo de deslocamento são elementos relevantes em toda viagem, ainda mais com crianças, já que períodos longos podem deixá-las entediadas e irritadas.

Em trajetos de avião, geralmente há entretenimento de bordo. No entanto, uma recomendação é levar itens como jogos e livros para minimizar a espera no embarque e em outros trechos do itinerário.

Além disso, programe a chegada aos compromissos com horário definido e certa antecedência. Assim, se houver algum imprevisto no momento da saída ou durante o trajeto — uma parada para as crianças irem ao banheiro, por exemplo — você evita problemas como atrasos.

Escolha bagagens adequadas

Quem viaja com filhos pequenos carrega muitos itens, não é mesmo? E além de tudo isso, precisa ter as mãos livres para apresentar documentos e cuidar das crianças.

Uma dica significativa é escolher bem as bagagens — malas grandes e pesadas podem se tornar um incômodo durante os deslocamentos. Pensando nisso, procure montar malas práticas e com um tamanho adequado.

Para evitar o excesso de roupas e objetos, analise a temperatura do local, a duração da viagem e leve apenas a quantidade suficiente para esse período.

Outra recomendação é levar uma mochila ou bolsa pequena para armazenar os itens que a família poderá precisar durante as atividades turísticas, como água, boné, lenço de papel, protetor solar etc.

Defina os passeios

Algumas cidades contam com inúmeras atrações e pontos turísticos. Assim, para não haver discussões durante a estadia, a dica é definir o roteiro de viagem antes de embarcar.

Também é importante conversar com as crianças e explicar que haverá períodos específicos para atividades infantis, como passeios em parques e praias, e momentos voltados aos adultos, com visitas a museus, por exemplo.

Procure não incluir muitas atividades ao longo do dia, especialmente para locais mais distantes, pois no fim da tarde a criançada ficará cansada e irritada com o passeio.

Deixar alguns dias livres durante a viagem é outra excelente estratégia. Dessa forma você poderá adaptar o roteiro caso haja imprevistos que atrapalhem a programação, como dias chuvosos.

Estabeleça horários para almoço e jantar

Defina horários para as refeições e verifique as opções de estabelecimento na região. Assim, você não precisará entrar no primeiro restaurante do caminho e correr o risco de ter uma experiência negativa.

Outra dica é levar frutas, água, suco e biscoitos para que as crianças se alimentem nos intervalos das refeições ou em locais sem muita infraestrutura, como em praias mais afastadas e desertas.

Reserve um tempo para aproveitar as áreas de lazer do hotel

Se o hotel escolhido tiver boa infraestrutura, com piscina, salão de jogos e playground, inevitavelmente seus filhos vão querer aproveitar essas atrações. Portanto, ao montar um roteiro de viagem com crianças, reserve um período do dia para que elas consigam se divertir na hospedagem.

Sugestões de destinos para viagem em família

Há diversos destinos nacionais e internacionais que contam com atrações para adultos e crianças. Confira algumas ótimas opções para viagens em família.

1. Salvador

Salvador tem boa infraestrutura hoteleira e ótimas opções de resorts com atrações para toda a família, entre eles o Catussaba Resort Hotel e o Gran Hotel Stella Maris.

Além disso, a cidade guarda uma parte da história do Brasil, o que faz do destino uma excelente escolha, especialmente para as crianças em idade escolar.

A Praia do Forte, próxima à Salvador, também é uma alternativa para viagens em família, pois tem mar calmo, com água quente e cristalina, e bons hotéis, como o Iberostar.

2. Florianópolis

A capital de Santa Catarina é outro destino interessante para um roteiro de viagem com crianças. A cidade tem praias para diferentes públicos, e as crianças mais aventureiras podem se divertir nas Dunas da Joaquina, um dos cartões-postais da região.

Se a ideia for fazer uma viagem de férias, você pode aproveitar a período mais longo para visitar o parque Beto Carrero World, no município de Penha, que fica a menos de 2 horas do centro de Florianópolis.

3. Gramado

Gramado fica a cerca de 100 km de Porto Alegre e é famosa pelas atrações natalinas durante o fim do ano, mas também é uma boa opção para as férias de julho e feriados.

Entre os atrativos turísticos estão o GramadoZoo, o Museu de Cera Dreamland, o Snowland (parque com pista de patinação no gelo e neve artificial) e o parque de diversões Alpen Park, localizado em Canela, cidade vizinha.

4. Valle Nevado

Uma boa opção para uma viagem internacional em família é o Valle Nevado, que fica a aproximadamente 60 km de Santiago, capital do Chile.

De junho a setembro, a temporada de neve está aberta. Assim, é possível esquiar e se divertir nas montanhas do local, que também conta com opções de hospedagem. Além disso, você e sua família podem aproveitar a estadia para conhecer o centro histórico da capital chilena e outras atrações da região.

Essas foram nossas dicas para montar um roteiro de viagem com crianças. Escolha o destino do passeio e aproveite os dias com a família!

Gostou do texto? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude seus amigos que precisam planejar uma viagem com crianças!

Com as férias de janeiro se aproximando, certamente as crianças já estão ansiosas para saber o local da próxima viagem em família. Nessas horas, é fundamental pesquisar com bastante atenção as variadas opções de destino, já que nem todo lugar é ideal para passear com os pequenos.

Se você ainda não definiu o seu roteiro para as férias de janeiro, fique tranquilo. A seguir, indicamos alguns destinos surpreendentes e com incrível potencial para diversão. Assim, você aproveita ao máximo o tempo de descanso ao lado de quem mais ama. Acompanhe!

Barra de São Miguel (AL)

Com bastante infraestrutura, Barra de São Miguel é a praia ideal para quem não quer abrir mão de conforto e praticidade. Localizada a 30 km da capital Maceió, a região abriga um dos balneários preferidos pelos locais.

E o grande diferencial é a versatilidade da praia: na maré baixa, fica repleta de piscinas naturais, enquanto na maré alta, aparecem fortes ondas. Estas, inclusive, fazem de São Miguel um lugar bastante procurado por surfistas.

A Praia do Gunga, um dos cartões-postais de Alagoas, também pode ser visitada a partir de Barra de São Miguel em um delicioso passeio de barco, que passa por pequenas ilhas e manguezais. À noite, a boa pedida é procurar uma das diversas tapiocarias que se espalham pelo centro de São Miguel e desfrutar da culinária local.

Bonito (MS)

Em tempo de férias, nada melhor do que renovar as energias e procurar o reequilíbrio físico e mental em meio à natureza. Para conseguir tudo isso e ainda passar um tempo de qualidade com a família em um lugar paradisíaco, a melhor escolha é Bonito.

Ao viajar com crianças de variadas idades para a região, aposte nos balneários. Localizados próximos a rios, esses lugares geralmente oferecem diferentes passeios, tirolesa, mergulho e playground. E você ainda pode desfrutar da presença de vários animais da fauna originária do pantanal, como araras e macacos.

Se as crianças já sabem nadar e têm mais de 5 anos, as opções de passeio ficam ainda mais variadas. São inúmeras as grutas, cachoeiras e trilhas existentes na região.

Caldas Novas (GO)

Muitas pessoas pensam que Caldas Novas é um destino que atrai somente a terceira idade. Mas não se engane! A região é a cara de férias em família e agrada a turistas de todas as idades.

As piscinas termais de Caldas Novas e da cidade vizinha, Rio Quente, são ideais para relaxar e tirar toda a tensão do dia a dia, graças a suas propriedades terapêuticas. No entanto, as opções não param por aí!

Quem curte adrenalina pode se divertir para valer em tirolesas, toboáguas e piscinas de ondas em alguns dos parques aquáticos da região. O mais famoso deles é o Hot Park, que fica dentro do complexo Rio Quente Resorts e oferece uma estrutura completa de lazer, com restaurantes, quiosques e quadras poliesportivas.

O grande diferencial é que o parque é abastecido por águas naturalmente aquecidas. 

Para ampliar ainda mais a experiência, a dica é fazer uma visita ao Parque Estadual da Serra de Caldas Novas. A área de 123 km² fica a 5 km do centro de Caldas Novas e é repleta de muito verde, trilhas e cascatas para um delicioso banho.

Belo Horizonte (MG)

A capital mineira nem sempre foi uma opção óbvia de destino para passar as férias. No entanto, BH conta com uma incrível diversidade de atrações para toda a família, além, é claro, da deliciosa comida mineira!

O Circuito Cultural Praça da Liberdade é um cartão-postal da cidade composto por prédios históricos e variados museus, muitos interativos e com ótimas atividades para os pequenos. Alguns deles são o Espaço do Conhecimento UFMG, o Museu das Minas e do Metal, a Casa Fiat de Cultura e o Centro Cultural Banco do Brasil.

Outro passeio imperdível é a visita à Igreja São Francisco de Assis, projetada por Oscar Niemeyer e com painéis externos de Candido Portinari. A construção faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha.

Se a família quiser continuar desfrutando de um roteiro histórico e cultural, a grande pedida é se deslocar para a cidade de Brumadinho, a 60 km de BH, para conhecer Inhotim, que abriga um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do país e é considerado o maior museu a céu aberto da América Latina.

Os jardins, inspirados na obra de Roberto Burle Marx, são de tirar o fôlego!

Quer mais opções de arte? Próximas à capital também estão as cidades de:

  • Sabará,
  • Ouro Preto,
  • Mariana,
  • Tiradentes e
  • Diamantina

Elas são importantíssimas para a preservação do que foi o período Barroco no Brasil. Visite as deslumbrantes igrejas, passeie pelas ruas históricas e escolha um bom restaurante para provar a autêntica culinária mineira!

Morro de São Paulo (BA)

Geralmente, quando pensamos em Morro de São Paulo, logo vem à cabeça muita festa e badalação. Mas o que muita gente não sabe é que o destino, localizado a 2 horas e 30 minutos de Salvador, também pode ser uma incrível opção para as férias de janeiro com a família.

Isso porque Morro de São Paulo é um verdadeiro paraíso natural, com suas incríveis praias e piscinas naturais. Para quem quer descanso e convivência, o clima de sossego em meio à natureza pode render ótimas férias.

Essa também é uma oportunidade de conhecer parte da história do Brasil e alguns monumentos históricos. A Fortaleza de Tapirandú, tombada pelo Patrimônio Histórico desde 1938, por exemplo, é um dos melhores lugares para apreciar o pôr do sol. A Fonte Grande, a Igreja de Nossa Senhora da Luz e o Farol do Morro de São Paulo são outras ótimas opções para uma visita.

Como você viu, todos esses locais contam com incríveis sugestões de passeio para toda a família. Independentemente das preferências da sua turma, com certeza há um lugar ideal para vocês curtirem bons momentos e retornarem para casa com as energias renovadas. Então, está esperando o que para definir o roteiro das suas férias de janeiro?

Para continuar sua pesquisa sobre os melhores destinos para visitar com a família, acesse nosso guia completo sobre a Bahia!

A cidade de Miami é um lugar que muitas pessoas têm vontade de visitar por variados motivos. Relaxar na praia, aproveitar os preços irresistíveis dos outlets, conhecer bons restaurantes e vivenciar a cultura de outro país são algumas das razões que levam uma grande quantidade de turistas brasileiros para essa importante cidade do estado da Flórida todos os anos.

Para ajudar você a planejar uma viagem a Miami, apresentamos neste post um guia completo com as principais dicas. Você vai conferir informações sobre localização, transporte, clima, além de ficar por dentro de quais são os principais pontos turísticos da região.

Também oferecemos dicas do que fazer em Miami, indicamos lojas, apresentamos uma relação dos hotéis mais procurados e abordamos que cuidados você deve ter ao visitar a cidade.

Tudo pronto para começar a preparação da sua viagem aos Estados Unidos e desfrutar o melhor de Miami? Então, continue a leitura!

Conheça Miami

Se você está organizando a sua primeira viagem a Miami, certamente as dúvidas são muitas. Então, vamos partir do básico e explicar tudo que você precisa saber sobre a cidade que é a queridinha dos brasileiros.

Informações gerais

Miami está localizada no estado da Flórida, na região sudeste dos Estados Unidos. Foi fundada em 28 de julho de 1896. O que muita gente não sabe é que Miami faz parte do condado Miami-Dade County, que tem 34 comunidades. Algumas são: Miami Beach, South Beach e Coral Gables.

Miami é a maior cidade do condado, com 26 bairros. Além disso, é a segunda cidade mais populosa do estado, com aproximadamente 716 mil habitantes, ficando atrás apenas de Jacksonville.

Outro dado interessante é que mais de 60% da população de Miami é de origem hispânica. Por esse motivo, tanto o inglês quanto o espanhol são utilizados. Há, inclusive, uma pequena amostra de Cuba na cidade: o bairro Little Havana!

Clima

O clima de Miami é bem atrativo para os turistas. Em dias de sol, nada melhor do que curtir as belas praias ou visitar um dos parques da cidade. Por outro lado, se a chuva aparece, a alternativa é passar algumas horas em um dos outlets da região e colocar as compras em dia.

Outra característica da cidade é o fato de estar localizada bem na rota de furacões. Isso leva à necessidade de respeitar as previsões do tempo e os alertas das autoridades. A notícia boa é que os edifícios em Miami são construídos com muito cuidado, justamente para que a força da natureza não cause tanto impacto.

Economia

Miami é um dos destinos mais procurados por turistas de todo o mundo, incluindo os que partem do Brasil e de outras regiões dos Estados Unidos. Cerca de 12 milhões de pessoas visitam a cidade anualmente, o que movimenta cerca de US$17 bilhões. E não é para menos!

As inúmeras opções de lazer em Miami, como a agitada vida noturna e as belas praias, convidam viajantes dos mais variados perfis a conhecer a região. O fato de o espanhol ser falado na cidade também cria um facilitador para a comunidade latina que não domina a língua inglesa.

Transporte

Se alugar um carro não é uma opção ou se você é o tipo de turista que gosta de curtir a cidade como um morador local, é possível que fique bem satisfeito com o transporte disponível em Miami. Isso porque existem 5 opções de transporte público na cidade para os mais diversos perfis e objetivos. Confira!

Metrorail (metrô)

O metrô de Miami é rápido e eficiente, sobretudo para os moradores locais. A desvantagem é que ele não chega a regiões mais turísticas, como Miami Beach.

Para verificar se o metrô pode ser útil em sua viagem, confira o mapa das estações e o trajeto de cada uma das duas linhas disponíveis: a laranja (Palmetto a Dadeland South) e a verde (Dadeland South to Miami International Airport). As estações que costumam atender melhor os turistas ficam entre Douglas Road (em Coral Gables) e Government Center (em Downtown).

Essa e outras opções de transporte público da cidade podem ser utilizadas por meio do Easy Card, que custa cerca de US$2,00 e é recarregável. Esse cartão pode ser facilmente adquirido nas estações de metrô e em outros pontos da cidade.

Metromover

Esse meio de transporte chega a ser uma atração à parte, já que se trata de um trem suspenso e elétrico. Por ser tão moderno, confere um ar futurístico à cidade, e basicamente liga os bairros Downtown e Brickell — o centro financeiro da cidade.

Apesar de não atender toda a região, é uma ótima opção para turistas, já que é gratuito. Para verificar se essa é uma boa forma de se deslocar em sua viagem, consulte previamente onde ficam as estações do metromover.

Tri-Rail (trem)

Essa opção de trem liga Miami a outras cidades da região, como Boca Raton, West Palm Beach e Fort Lauderdale.

Para utilizar esse transporte, é necessário validar o Easy Card em terminais. O intervalo entre as viagens é de até 1 hora. Por isso, confira no site com antecedência qual é o melhor horário para você.

Metrobus

O metrobus é o sistema de ônibus de Miami. Apesar de ele funcionar no dia a dia, para deslocamento dos moradores locais, a maioria das linhas circula apenas dentro de cada comunidade do condado. Isso leva à necessidade de fazer muitas baldeações para chegar a um ponto mais distante.

Ainda assim, se essa for uma boa opção para você, não deixe de experimentar. Mas atenção: quem não estiver com o Easy Card, precisa pagar a passagem com dinheiro trocado.

Trolleys

Essa é, sem dúvida, a opção mais charmosa de transporte que há em Miami. Os trolleys se parecem com bondinhos antigos, mas são bem mais modernos! Eles fazem trajetos curtos, geralmente em áreas específicas da cidade.

Se a sua viagem for em família, dê uma volta pela cidade e divirta-se com as crianças!

Saiba o que visitar na cidade

Agora que já está por dentro de algumas informações importantes de Miami, é hora de passar para a parte mais divertida da pesquisa: pontos turísticos. Conheça agora 5 lugares que você não pode deixar de visitar em sua próxima viagem!

Ocean Drive

Essa é uma das principais vias de Miami Beach e onde toda agitação acontece. Provavelmente, quando você pensa na Miami que é retratada nos filmes e que povoa o imaginário de quem sonha em visitar a cidade, é a imagem dessa região que vem à mente.

É nessa avenida que os turistas se encantam com a arquitetura art déco de South Beach e caminham no famoso calçadão, com bela vista para o mar. Também não é raro se deparar com luxuosos carros conversíveis circulando ao som de ritmos dançantes.

Se você gosta de baladas, a Ocean Drive é imperdível. Desfrute dos vários bares e restaurantes e se prepare para o clima de descontração que toma conta das ruas, principalmente nas tardes dos fins de semana.

Lincoln Road

A Lincoln Road é outra imperdível avenida de Miami, e os motivos são as compras!

A via é como um shopping a céu aberto. É enorme a diversidade de lojas, restaurantes, bares e cafés no local, e o movimento é constante dia e noite. A grande vantagem é que algumas das marcas mais importantes do mundo podem ser encontradas facilmente em um só lugar. MAC, Armani, Zara, Apple e H&M são algumas opções.

Miami Seaquarium

O aquário de Miami é o oceanário há mais tempo em atividade nos Estados Unidos. Com mais de 500 mil visitantes por ano, o local faz a alegria dos turistas, principalmente das crianças.

Várias espécies de animais são preservadas no Miami Seaquarium, como tartarugas, peixe-boi, crocodilos e leões-marinhos. O parque também oferece nado com golfinhos e exibe espetáculos com orcas. Mas garanta o seu ingresso com antecedência, pois os shows são muito concorridos!

Little Havana

Esse peculiar bairro de Miami nem parece que está nos Estados Unidos. É como se existisse uma parte de Cuba em território americano!

Aproveite a visita ao local para tomar um típico café cubano, comprar um autêntico charuto e conhecer a Calle Ocho, principal rua do bairro. À noite, a pedida é visitar um bom clube de salsa.

Wynwood

Se você gosta de arte, não pode deixar de visitar Wynwood. A região que já ficou por muito tempo abandonada hoje abriga museus, ateliês, teatros e um grande número de grafites, o que confere ao local uma aparência de verdadeiro museu a céu aberto.

Wynwood Walls é o ponto em que você vai fazer as melhores fotos. Nas paredes estão obras de artistas renomados, como dos brasileiros Os Gêmeos. No segundo sábado de cada mês acontece o Art & Design Walk, um evento com música, food trucks e outras manifestações artísticas.

Checklist: 8 dicas para você aproveitar o melhor de Miami

Se você acredita que em Miami só há praias e baladas está enganado. Também há muita arte, opções de gastronomia e passeios ao ar livre. Descubra agora o que fazer em Miami!

1. Ir à praia

Como explicado, Miami Beach é uma das 34 comunidades que fazem parte do condado Miami-Dade County. Ou seja, a ilha é um município independente de Miami, e fica bem ao leste.

O turista que procura a região encontra spas, resorts, centros de compras, bares e museus. No entanto, o que todo mundo que vai a Miami Beach quer mesmo é relaxar nas deslumbrantes praias. A mais famosa é South Beach, que conta com areia branca e um mar de deslumbrante azul.

2. Assistir a um jogo da NBA

Tem coisa mais americana que assistir a uma partida de basquete da NBA? Então, você não pode deixar de fazer esse programa ao visitar os Estados Unidos!

A NBA é a liga de basquete mais importante do mundo e conta com times dos Estados Unidos e do Canadá. O time da cidade é o Miami Heat, que tem as cores vermelho e branco.

A temporada ocorre de outubro a maio. As partidas são bem animadas, e nos intervalos ocorrem várias interações com o público — tudo transmitido pelo telão! A arena onde ocorrem as partidas fica em Downtown Miami, e é possível comprar os ingressos online.

3. Aproveitar os restaurantes ao ar livre

Em uma cidade com a sofisticação de Miami, não faltam excelentes opções de gastronomia. Confira algumas sugestões de restaurante que permitem desfrutar ainda mais do verão de Miami!

3.1. Juvia, South Beach

O restaurante Juvia fica no topo de um edifício na Lincoln Road e tem uma das vistas mais impressionantes da cidade. A gastronomia é uma fusão de técnicas tradicionais francesas e sabores da Ásia e América Latina.

3.2. Books & Books, Coral Gables

A primeira unidade dessa livraria independente foi aberta em Coral Gables e até hoje conta com um pátio central em estilo espanhol, com mesas charmosas. É a parada perfeita para desfrutar de um café ou brunch na calçada.

Também há unidades da Books & Books na Lincoln Road e no Adrienne Arsht Center, o maior centro de artes cênicas da Flórida, que fica em Downtown Miami.

3.3. Green Street Cafe, Coconut Grove

O bairro de Coconut Grove é o mais histórico de Miami e um verdadeiro paraíso se você gosta de fazer refeições ao ar livre.

No Green Street Cafe, por exemplo, o menu é variado: vai desde opções saudáveis e sofisticadas até os clássicos americanos, como cheeseburgers. A pedida é escolher uma mesa na calçada e desfrutar do ambiente em um dia de sol.

4. Curtir a vida noturna

Miami conta com algumas das melhores baladas do mundo, e você não pode ficar de fora, certo? Confira a seguir alguns dos estabelecimentos que mais fazem sucesso com turistas de todo o mundo.

  • Cameo Nightclub: localizado na Washington Avenue, na região de South Beach, oferece diversão com a mais alta tecnologia. E capriche no look, pois os frequentadores não se descuidam nesse quesito!
  • Sky Bar: a agitada região da Collins Avenue conta com esse pub que faz com que seus visitantes se sintam no céu, como o próprio nome indica. Os DJs são alguns dos melhores do país, e o repertório vai de músicas dos anos 80 a sucessos atuais.
  • Nikki Beach Miami: se balada já é bom, imagina na praia? Nessa casa noturna super exclusiva é possível curtir alguns dos melhores DJs do mundo em vários bares e pistas de dança.
  • Balada LIV Nightclub: essa é considerada por muitos uma das melhores opções noturnas do mundo! Acontece no sofisticado hotel Fontainebleau e costuma receber muitos famosos. Não é exatamente um passeio econômico, mas com certeza vale a pena!

5. Ir às compras

É difícil encontrar alguém que viaja para os Estados Unidos e não deseja aproveitar a oportunidade para fazer compras em Miami, não é mesmo?

Se você não é uma dessas pessoas, confira a seguir quais lugares precisam aparecer no seu roteiro!

  • Sawgrass Mills: o principal ponto de compras em Miami fica em Sunrise, a aproximadamente 40 minutos do centro da cidade. Mas o deslocamento vale a pena, já que são mais de 350 lojas, muitas delas outlet.
  • Miracle Mile: essa rua fica em Coral Gables e é famosa pelas lojas de vestidos de noiva, entre outros itens para casamento. Procure se organizar, já que algumas lojas atendem com hora marcada.
  • Best Buy: a maior loja de eletrônicos do país oferece ótimos preços e conta com uma enorme variedade de produtos. Essa é a chance de adquirir um notebook novo, uma câmera fotográfica, videogames etc.
  • Target: apresenta uma grande variedade de itens de decoração, utilidades domésticas e jogos de cama, mesa e banho. As maquiagens também contam com uma seção especial na loja, e o preço é o melhor possível!
  • Marshalls: essa loja multimarcas de roupas, calçados e acessórios reúne uma grande variedade de produtos em ponta de estoque.
  • CVS e Walgreens: nas maiores redes de farmácias dos Estados Unidos é possível encontrar itens que vão muito além de medicamentos, como snacks, doces, acessórios e, claro, produtos de beleza e maquiagens.
  • Buy Buy Baby: a loja líder no segmento de itens para crianças conta com uma enorme variedade de carrinhos para bebê, babás eletrônicas, cadeirinhas etc.
  • Bal Harbour Shops: esse é o lugar para adquirir peças de grife, como Dolce & Gabbana, Armani, Gucci, Dior, Chanel, Louis Vuitton, Versace, Prada, entre outras.

Para melhorar ainda mais a sua experiência de compras, verifique se em alguns casos é viável fazer o pedido pela internet e retirá-lo na loja ou solicitar que a entrega seja direcionada para o hotel.

6. Provar drinks incríveis

Uma cidade com algumas das melhores baladas do mundo não pode ficar para trás quando o assunto é drinks.

Se você quer provar bebidas personalizadas e conferir algumas das melhores da cidade, não deixe de visitar a sofisticada casa noturna Mynt, localizada na Collins Avenue. Esse é o tipo de bar repleto de gente bonita!

Outro destaque é o Tantra Restaurant and Lounge, que conta com influências do Oriente Médio e da Índia, além de um clima de mistério. Nesse ambiente sensual a pedida é experimentar alguns dos drinks afrodisíacos servidos na casa.

7. Visitar museus e galerias de arte

Nem todo mundo que visita Miami se interessa por conhecer os museus espalhados pela cidade. No entanto, alguns deles têm destaque no cenário internacional e valem a experiência.

7.1. The Museum of Contemporary Art

O MOCA, como é conhecido, tem como objetivo tornar a arte contemporânea acessível a todas as pessoas. Tem foco na revelação de novos artistas e realiza cerca de 10 exposições ao longo do ano.

7.2. Pérez Art Museum Miami

Essa é outra opção de museu com foco em arte moderna e contemporânea. As galerias têm mais de 3 mil metros quadrados, e todo segundo sábado do mês a entrada é gratuita.

7.3. Miami Dade College Museum of Art + Design

Localizado em Downtown Miami, o MDC realiza exposições de artistas emergentes e também de renomados nomes da arte moderna e contemporânea. Esse museu é considerado um dos principais do país e conta com 1.900 obras em sua coleção.

8. Passear com as crianças

Se a sua viagem é em família, não podem faltar opções de diversão para todos os gostos. E tenha sempre uma carta extra na manga, pois quando o tempo não favorece a ida à praia a melhor saída é levar os pequenos para um divertido passeio.

O Miami Museum Of Science and Planetarium, por exemplo, oferece vários projetos interativos, a maioria sobre astronomia. A grande atração é o planetário, que se revela como uma verdadeira réplica do espaço!

O Miami Children’s Museum é outro local interativo e muito educativo. A ideia é apresentar aos pequenos a simulação de uma pequena cidade. Assim, as crianças fazem compras, representam profissões (como médico, bombeiro e professor), vão ao banco, atuam na área da construção etc.

Se a ideia é oferecer diversão ao ar livre, não deixe de visitar o Jungle Island, um parque zoológico em formato de safári, e o Amelia Earhart Park, um parque muito agradável e bem sossegado para um piquenique, já que não faz parte do roteiro turístico tradicional.

Veja os cuidados que você deve ter na cidade

Mesmo quando viajamos para um país de primeiro mundo, é necessário tomar alguns cuidados para evitar imprevistos durante a viagem. Confira algumas dicas:

  • em Miami, o consumo de bebida alcoólica não é permitido para menores de 21 anos;
  • se estiver dirigindo e for parado pela polícia, não saia do carro, pois esse é o procedimento padrão;
  • seja educado e respeite a cultura do país que está visitando;
  • tenha em mente que nem sempre os locais saberão falar espanhol ou português, então, cuidado para não ser rude;
  • não deixe as compras à vista no carro, principalmente em estacionamentos de centros de compras e outlets;
  • quando estiver em Miami, procure não se afastar dos bairros mais conhecidos e da orla;
  • não passeie pela cidade com objetos de valor. Sempre que possível, utilize o cofre do hotel.

Melhores hotéis

Como toda cidade sofisticada e de primeiro mundo, o que não faltam em Miami são opções de hotéis que ganham em conforto e não pesam o orçamento da viagem.

Confira a seguir alguns dos mais bem avaliados pelos viajantes.

Homewood Suites by Hilton Miami Dolphin Mall

Quem busca excelente custo-benefício não pode deixar de considerar o Homewood Suites by Hilton Miami Dolphin Mall para se hospedar. Além de alguns quartos terem cozinha equipada com micro-ondas e geladeira, também é servido diariamente um café da manhã continental. Sem contar a piscina, a academia e o minigolf.

A localização também é perfeita para quem quer ir às compras. O hotel fica a 500m do Dolphin Mall, que conta com alguns dos principais outlets da cidade. O Aeroporto Internacional fica a 10km do Homewood Suites.

Aloft Coral Gables

Esse é um dos hotéis preferidos em Miami, e são várias as razões. O Aloft Coral Gable conta com piscina, academia, lounge, e todos os quartos têm mesa de trabalho, ar-condicionado e TV.

Mas o diferencial do Aloft Coral Gable é a localização, já que está a apenas 500m da Miracle Mile Miami e a 5km do Aeroporto Internacional.

Element Miami Doral

O Element Miami Doral é perfeito para quem vai a Miami em companhia da família.

O serviço de lavagem a seco e a presença de uma loja de conveniências nas dependências do hotel são alguns dos diferenciais. Além disso, as acomodações são equipadas com TV, wi-fi e cozinha com geladeira, micro-ondas e utensílios. Também há secador de cabelo no banheiro privativo.

Está localizado a 5 minutos de carro do Dolphin Mall e de outros outlets.

Hampton Inn & Suites by Hilton Miami Downtown/Brickell

O Hampton Inn fica a 1 minuto da estação Brickell do Metromover. É ideal para quem quer ficar no coração de Miami e curtir o melhor da vida noturna.

Localizado em uma área cercada de ótimos bares e restaurantes, o Hampton Inn também oferece o conforto necessário para repor as energias, além de um café da manhã completo. As acomodações são equipadas com TV de tela plana, cofre e secador de cabelo.

Hotel Beaux Arts

Se o seu principal motivo para ir a Miami são as lindas praias, essa é uma opção que fica a apenas 10 minutos a pé do lindo mar da Flórida! Além da excelente localização, o Hotel Beaux Arts conta com quartos equipados com TV, Apple iPad e até máquina de café expresso.

Não deixe de conferir também os ótimos restaurantes do hotel. O Bistro Moderne oferece pratos da culinária francesa, e o Met Café and Bar é especializado em cozinha internacional.

EAST, Miami

Essa é a nossa dica para quem busca muito conforto, luxo e sofisticação.

O EAST, Miami fica no Brickell City Centre, que conta com lojas de excelentes marcas, restaurantes, bares, spas, entre outras opções de tirar o fôlego.

Nesse hotel, os hóspedes também podem curtir o sol em 4 piscinas, incluindo uma olímpica e uma de hidromassagem. Como se não bastasse, as modernas e incomparáveis suítes são equipadas com TV 50″. No 40º andar está o rooftop, onde os hóspedes curtem baladas inesquecíveis, apreciando a incomparável vista da cidade.

Como você viu, ao visitar Miami, o turista conta com opções de lazer que vão muito além das belas praias e da variedade de locais para compras.

Montando bem o seu roteiro, você consegue encontrar o hotel ideal para os objetivos da sua viagem. Além disso, pode se deslocar com segurança e ainda aproveitar as inúmeras opções de cultura e gastronomia espalhadas pelas mais diferentes regiões da cidade.

Está esperando o que para arrumar as malas? Não perca mais tempo e conheça essa cidade que também passará a ser um dos seus lugares favoritos no mundo!

Gostou do nosso post? Então compartilhe-o nas redes sociais e convide seus amigos para uma viagem!

Viajar sozinho é algo que divide opiniões! Enquanto algumas pessoas têm bastante receio em fazer uma viagem sem amigos ou familiares, outras sonham em embarcar nessa aventura.

Se você faz parte do primeiro grupo, no post de hoje vamos mostrar que explorar novos destinos em sua própria companhia pode ser uma ótima opção.

Caso você já tenha vontade de se aventurar pelo mundo, mostraremos algumas dicas essenciais, além dos melhores destinos para viajar sozinho.

Gostou da ideia? Então continue a leitura e saiba mais!

Viajar sozinho: uma experiência de autodescoberta

Fazer uma viagem por conta própria é uma experiência única que proporcionará momentos de autoconhecimento, independência e liberdade. A seguir, listamos as 3 principais vantagens de viajar sozinho.

1. Fazer novas amizades

Sozinho, sim. Solitário, nunca! Esse deve ser o lema daqueles que decidem embarcar nessa experiência. Uma das principais vantagens de viajar sozinho é a possibilidade de conhecer novos lugares, culturas e pessoas.

Não são poucos os relatos de viajantes que fizeram grandes amizades durante suas excursões, tanto com moradores locais quanto com outros turistas. Especialmente para quem escolhe se hospedar em hostels, conhecer novas pessoas é quase obrigatório!

2. Traçar seu próprio roteiro

Só quem já viajou com um grande grupo de pessoas conhece as dificuldades de traçar roteiros que agradam a todos os gostos. Viajando sozinho, esse problema simplesmente não existe!

Afinal, é você quem decide quais atrações conhecer, quanto tempo permanecer em cada cidade e quando ficar de bobeira. Essa liberdade é um diferencial importante para fazer da sua viagem uma experiência única e ainda mais prazerosa.

3. Conhecer-se melhor

Conhecer o mundo também pode levar a uma excitante e inesperada viagem para dentro de si. Passar um tempo por conta própria ajuda bastante no autoconhecimento, que é essencial em uma vida mais feliz e plena.

Aproveite a viagem para redescobrir qualidades, experimentar novas coisas e enxergar possibilidades ao redor com a melhor companhia: a sua!

5 destinos para viajar sozinho

Dentro e fora do Brasil, o que não faltam são destinos imperdíveis para quem deseja embarcar em uma viagem por conta própria. Abaixo, listamos algumas das melhores cidades. Confira!

1. Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)

Um dos destinos turísticos mais buscados do país, a cidade maravilhosa abriga o famoso cartão postal do Brasil: o Cristo Redentor. Ao visitar a cidade, conhecer o Corcovado e o bondinho do Pão de Açúcar é praticamente obrigatório para os turistas!

Mas também há muito mais o que explorar: as lindas praias do Rio são uma atração à parte. Durante a tarde, vale a pena alugar uma bicicleta e dar um passeio pela orla, do Leme ao Leblon, conhecer bairros charmosos, como o de Santa Teresa, e o belíssimo Parque Lage.

À noite, uma boa sugestão é curtir um samba de raiz sob os arcos da Lapa, o bairro boêmio da cidade. Para quem gosta de agito, também há muitas opções de shows e casas noturnas badaladas.

2. Belo Horizonte (Minas Gerais)

A capital mineira é perfeita para quem tem espírito boêmio e não dispensa uma boa mesa de bar — a cidade, inclusive, é considerada a capital dos bares! Cervejas artesanais podem ser degustadas nas próprias cervejarias, como é o caso da Vilela, localizada no bairro Santa Efigênia, ou nos bares da região da Savassi, Santa Tereza e no famoso Edifício Maletta.

Mas nem só de vida noturna se faz Belo Horizonte. A cidade também tem pontos turísticos famosos e que valem o passeio, como a igrejinha da Pampulha e a belíssima paisagem vista do alto da Praça do Papa.

Não deixe de dar uma volta pelo Mercado Central para provar o famoso fígado acebolado com jiló e degustar as delícias de Minas, como o queijo canastra e o doce de leite.

Há também opções dentro da cidade, como o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, que conta com exposições de artistas renomados. Para quem se interessa por arte, vale a pena conhecer o Inhotim, o maior museu a céu aberto do mundo, localizado na cidade de Brumadinho, na região metropolitana da capital.

3. Itacaré (Bahia)

Cidade turística localizada na Costa do Cacau, a 70km de Ilhéus, Itacaré é um dos pontos mais procurados no litoral sul da Bahia. A cidade atrai turistas do mundo inteiro por conta de sua natureza exuberante e praias paradisíacas, como Jeribucaçu, Engenhoca, Itacarezinho e Prainha.

Itacaré também é um dos destinos preferidos dos surfistas, recebendo campeonatos a nível mundial. Entre os meses de julho e outubro, é possível ver as baleias jubarte que descem à costa brasileira para se acasalar e ter filhotes nas águas mornas do Nordeste.

Quem busca novidades e aventura poderá aproveitar as aulas de surfe, canoa ou stand up paddle, além de belíssimas trilhas para as praias. À noite, vale a pena curtir um samba na Passarela da Vila ou uma volta pela Pituba, a rua principal da cidade, e desfrutar da autêntica culinária baiana.

A cidade, que é bastante tranquila na baixa temporada e agitada durante o verão, conta com uma ótima estrutura para turistas, com muitas opções de hotéis, pousadas e hostels.

4. Nova York (EUA)

Conhecida como a cidade que nunca dorme, Nova York parece reunir em um só lugar todos os cantos do mundo. Para quem busca uma metrópole completa, multicultural e bastante agitada, esse é o destino certo.

Nova York é uma cidade que habita o imaginário de muitas pessoas por conta dos inúmeros filmes e séries gravados por lá. Quem nunca se imaginou dando uma volta pelo Central Park ou pelos famosos bairros da região, como Brooklyn, Bronx e Queens?

No mês de dezembro, durante o inverno no Hemisfério Norte, a cidade fica ainda mais deslumbrante por conta das atrações de Natal — um verdadeiro cenário de cinema!

5. Santiago (Chile)

Uma das capitais mais visitadas da América Latina, Santiago é uma cidade cheia de charme, mesclando a beleza natural da Cordilheira dos Andes e da arquitetura com ares de modernidade.

A metrópole chilena conta com uma vida cultural agitada, além de um circuito gastronômico de dar água na boca.

Santiago é cercada pelos Lagos Andinos e por estações de esqui, uma ótima opção para quem deseja se aventurar no esporte. Além disso, vale a pena conhecer as vinícolas da região, como a internacionalmente famosa Concha y Toro, e desfrutar de deliciosos vinhos.

E então, curtiu este post? Gostou das nossas sugestões de destinos para viajar sozinho? Aproveite e veja também os lugares para visitar na baixa temporada!

Quando pensamos em férias com os amigos, os parques de diversões não podem ficar de fora. Seja em busca de atrações radicais ou aquáticas, passar alguns dias com pessoas queridas em um espaço totalmente voltado para o entretenimento não tem preço, certo?

Sem dúvidas, o mais famoso complexo de parques de diversões é a Disneyland. Afinal, não há quem não queira conhecer o castelo de Magic Kingdom, as atrações do Universal Studios e também se surpreender com as exibições do SeaWorld.

Mas você sabia que é possível conhecer parques de diversões em muitos outros lugares, incluindo o Brasil e a América Latina? E não são poucas as opções aquáticas e cheias de adrenalina!

Ficou curioso? Então, confira a seguir 7 parques que você precisa conhecer agora mesmo!

1. Thermas dos Laranjais — Olímpia, SP

Quem pensa que para se divertir em um excelente parque aquático precisa viajar para fora do Brasil está enganado. O Thermas dos Laranjais, localizado em Olímpia, a 400 km da capital São Paulo, é o melhor exemplo disso.

Totalmente alimentado por águas termais, o parque ocupa uma área de 260 mil m². Além disso, só em 2017, recebeu mais de 2 milhões de visitantes, o que o levou à colocação de 3º parque aquático mais visitado do mundo.

E não é para menos! O Thermas dos Laranjais oferece uma gama completa de lazer para a família e os amigos, incluindo:

  • toboáguas,
  • tirolesa,
  • piscinas de ondas,
  • quadras esportivas,
  • praça de alimentação,
  • lanchonetes e muito mais.

A principal atração é a Master Blaster, a primeira montanha-russa aquática da América Latina.

2. Hot Park — Rio Quente, GO

Se você quer relaxar durante as férias, não deixe de conhecer o Hot Park — o primeiro do mundo com águas naturalmente aquecidas!

Inaugurado no ano de 1977, o parque está localizado a 30 minutos de Caldas Novas e a 170 km da capital Goiânia. O acesso ao Hot Park é gratuito para os hóspedes do Rio Quente Resorts.

As atrações vão desde piscinas aquecidas, ideais para quem procura relaxamento e descanso, até opções mais radicias, como passeios de caiaque, mergulho com cilindro e toboáguas. Uma das atrações mais recomendadas é a Praia do Cerrado, uma enorme piscina com ondas que estão entre as maiores da América do Sul.

Atualmente, o Hot Park está na lista dos 20 principais parques aquáticos do mundo!

3. Beto Carrero World — Penha, SC

Essa dica é para quem procura ótimas atrações e não abre mão de brinquedos radicais. O Beto Carreiro World, localizado a 126 km do aeroporto de Florianópolis, é considerado o maior parque temático da América Latina e já ocupou a posição de 6º melhor parque de diversões do mundo, na opinião dos frequentadores.

O empreendimento tem mais de 100 atrações, em 9 áreas temáticas:

  • Avenida das Nações,
  • Mundo Animal,
  • Vila Germânica,
  • Velho Oeste,
  • Ilha dos Piratas,
  • Aventura Radical,
  • Madagascar,
  • Natal do Shrek e
  • Terra da Fantasia

Um dos brinquedos mais procurados é a FireWhip, a primeira montanha-russa invertida do Brasil. Além disso, 6 grandes shows são exibidos diariamente.

4. Fantasilandia — Santiago, Chile

Localizado no interior do Parque O’Higgins, o segundo maior parque público do Chile, Fantasilandia recebe mais de 1 milhão de visitantes a cada ano e tem cerca de 40 atrações para todas as idades. É a opção certa para quem procura se divertir com os amigos em Santiago!

Apesar de não ser um parque com muitas opções radicais, as categorias de diversão conseguem agradar a todos. Algumas são: Adrenalina, Jogos Familiares e Dark Rides. A dica é levar algumas peças de roupas extras, já que existem vários brinquedos aquáticos.

5. Parque Nacional do Café — Quindio, Colômbia

Muitos viajantes procuram aliar em seus passeios diversão e cultura. Se esse é o seu caso, ao visitar a Colômbia, não deixe de conhecer o Parque Nacional do Café, situado a aproximadamente 300 km de Bogotá.

Trata-se de um lugar com muito verde e dedicado à cultura cafeeira do país. Por isso, grande parte das atrações abordam esse tema, a exemplo do Museu Interativo do Café e dos shows e atrações musicais exibidos regularmente.

Mas a diversão não para por aí! No Parque Nacional do Café os visitantes também encontram teleférico, montanha-russa, rodas-gigantes e outros brinquedos.​

6. Legoland — Winter Haven, Flórida

Nem só de Disneyland vive a Flórida. Se você vai viajar pelo estado americano ou fazer compras em Miami, precisa fazer um passeio na Legoland — um parque temático inteiramente dedicado aos famosos brinquedos de montar!

São várias as atrações e diferenciais do parque. Na LEGO City, as crianças representam papéis de adultos e podem pilotar barcos. Na LEGO Pirates Cove é possível encontrar piradas construídos em LEGO. Na Miniland, os visitantes conhecem pontos turísticos de diversas partes do mundo também construídos em LEGO, como Manhattan, São Francisco e Paris.

7. Six Flags — New Jersey, NY

A maior corporação de parques de diversão do mundo, com várias unidades no México, Estados Unidos e Canadá, conta com parques temáticos, parques aquáticos e vários centros de entretenimento para todas as idades. Somente em 2009, os empreendimentos da Six Flags receberam quase 24 milhões de visitantes!

A unidade de New Jersey, o Six Flags Great Adventure, é o maior parque de diversões do mundo especializado em montanhas-russas. Se o que você procura é adrenalina, ao visitar Nova York, não deixe de reservar um dia para conhecer o parque, que fica a apenas 1 hora e 30 minutos de Manhattan, na cidade de Jackson, em New Jersey.

Ao todo, são mais de 50 montanhas-russas e outros brinquedos. A atração mais procurada (e temida) é a Kingda Ka. Nesse brinquedo, com altura de um prédio de 40 andares, a velocidade chega a 200 km por hora, e a descida tem uma inclinação de aproximadamente 90º! Essa é a montanha-russa mais alta, rápida e inesquecível da América do Norte!

E então? O que acha de conhecer parques de diversões ao redor do mundo? Aproveite e compartilhe este conteúdo em suas redes sociais. Quem sabe você consegue novas companhias para a sua próxima viagem?