Categoria

Nova York

Quando pensamos em férias com os amigos, os parques de diversões não podem ficar de fora. Seja em busca de atrações radicais ou aquáticas, passar alguns dias com pessoas queridas em um espaço totalmente voltado para o entretenimento não tem preço, certo?

Sem dúvidas, o mais famoso complexo de parques de diversões é a Disneyland. Afinal, não há quem não queira conhecer o castelo de Magic Kingdom, as atrações do Universal Studios e também se surpreender com as exibições do SeaWorld.

Mas você sabia que é possível conhecer parques de diversões em muitos outros lugares, incluindo o Brasil e a América Latina? E não são poucas as opções aquáticas e cheias de adrenalina!

Ficou curioso? Então, confira a seguir 7 parques que você precisa conhecer agora mesmo!

1. Thermas dos Laranjais — Olímpia, SP

Quem pensa que para se divertir em um excelente parque aquático precisa viajar para fora do Brasil está enganado. O Thermas dos Laranjais, localizado em Olímpia, a 400 km da capital São Paulo, é o melhor exemplo disso.

Totalmente alimentado por águas termais, o parque ocupa uma área de 260 mil m². Além disso, só em 2017, recebeu mais de 2 milhões de visitantes, o que o levou à colocação de 3º parque aquático mais visitado do mundo.

E não é para menos! O Thermas dos Laranjais oferece uma gama completa de lazer para a família e os amigos, incluindo:

  • toboáguas,
  • tirolesa,
  • piscinas de ondas,
  • quadras esportivas,
  • praça de alimentação,
  • lanchonetes e muito mais.

A principal atração é a Master Blaster, a primeira montanha-russa aquática da América Latina.

2. Hot Park — Rio Quente, GO

Se você quer relaxar durante as férias, não deixe de conhecer o Hot Park — o primeiro do mundo com águas naturalmente aquecidas!

Inaugurado no ano de 1977, o parque está localizado a 30 minutos de Caldas Novas e a 170 km da capital Goiânia. O acesso ao Hot Park é gratuito para os hóspedes do Rio Quente Resorts.

As atrações vão desde piscinas aquecidas, ideais para quem procura relaxamento e descanso, até opções mais radicias, como passeios de caiaque, mergulho com cilindro e toboáguas. Uma das atrações mais recomendadas é a Praia do Cerrado, uma enorme piscina com ondas que estão entre as maiores da América do Sul.

Atualmente, o Hot Park está na lista dos 20 principais parques aquáticos do mundo!

3. Beto Carrero World — Penha, SC

Essa dica é para quem procura ótimas atrações e não abre mão de brinquedos radicais. O Beto Carreiro World, localizado a 126 km do aeroporto de Florianópolis, é considerado o maior parque temático da América Latina e já ocupou a posição de 6º melhor parque de diversões do mundo, na opinião dos frequentadores.

O empreendimento tem mais de 100 atrações, em 9 áreas temáticas:

  • Avenida das Nações,
  • Mundo Animal,
  • Vila Germânica,
  • Velho Oeste,
  • Ilha dos Piratas,
  • Aventura Radical,
  • Madagascar,
  • Natal do Shrek e
  • Terra da Fantasia

Um dos brinquedos mais procurados é a FireWhip, a primeira montanha-russa invertida do Brasil. Além disso, 6 grandes shows são exibidos diariamente.

4. Fantasilandia — Santiago, Chile

Localizado no interior do Parque O’Higgins, o segundo maior parque público do Chile, Fantasilandia recebe mais de 1 milhão de visitantes a cada ano e tem cerca de 40 atrações para todas as idades. É a opção certa para quem procura se divertir com os amigos em Santiago!

Apesar de não ser um parque com muitas opções radicais, as categorias de diversão conseguem agradar a todos. Algumas são: Adrenalina, Jogos Familiares e Dark Rides. A dica é levar algumas peças de roupas extras, já que existem vários brinquedos aquáticos.

5. Parque Nacional do Café — Quindio, Colômbia

Muitos viajantes procuram aliar em seus passeios diversão e cultura. Se esse é o seu caso, ao visitar a Colômbia, não deixe de conhecer o Parque Nacional do Café, situado a aproximadamente 300 km de Bogotá.

Trata-se de um lugar com muito verde e dedicado à cultura cafeeira do país. Por isso, grande parte das atrações abordam esse tema, a exemplo do Museu Interativo do Café e dos shows e atrações musicais exibidos regularmente.

Mas a diversão não para por aí! No Parque Nacional do Café os visitantes também encontram teleférico, montanha-russa, rodas-gigantes e outros brinquedos.​

6. Legoland — Winter Haven, Flórida

Nem só de Disneyland vive a Flórida. Se você vai viajar pelo estado americano ou fazer compras em Miami, precisa fazer um passeio na Legoland — um parque temático inteiramente dedicado aos famosos brinquedos de montar!

São várias as atrações e diferenciais do parque. Na LEGO City, as crianças representam papéis de adultos e podem pilotar barcos. Na LEGO Pirates Cove é possível encontrar piradas construídos em LEGO. Na Miniland, os visitantes conhecem pontos turísticos de diversas partes do mundo também construídos em LEGO, como Manhattan, São Francisco e Paris.

7. Six Flags — New Jersey, NY

A maior corporação de parques de diversão do mundo, com várias unidades no México, Estados Unidos e Canadá, conta com parques temáticos, parques aquáticos e vários centros de entretenimento para todas as idades. Somente em 2009, os empreendimentos da Six Flags receberam quase 24 milhões de visitantes!

A unidade de New Jersey, o Six Flags Great Adventure, é o maior parque de diversões do mundo especializado em montanhas-russas. Se o que você procura é adrenalina, ao visitar Nova York, não deixe de reservar um dia para conhecer o parque, que fica a apenas 1 hora e 30 minutos de Manhattan, na cidade de Jackson, em New Jersey.

Ao todo, são mais de 50 montanhas-russas e outros brinquedos. A atração mais procurada (e temida) é a Kingda Ka. Nesse brinquedo, com altura de um prédio de 40 andares, a velocidade chega a 200 km por hora, e a descida tem uma inclinação de aproximadamente 90º! Essa é a montanha-russa mais alta, rápida e inesquecível da América do Norte!

E então? O que acha de conhecer parques de diversões ao redor do mundo? Aproveite e compartilhe este conteúdo em suas redes sociais. Quem sabe você consegue novas companhias para a sua próxima viagem?

Você não precisa passar a véspera e o dia do Natal em Nova York para sentir o clima dessa época mágica na cidade. A decoração e os eventos natalinos começam no final de Novembro, logo depois do dia de Ação de Graças, e vão até a primeira semana de janeiro. Enjoy!

Natal em Nova York

Decoração de Natal

Difícil não se encantar com as decorações natalinas espalhadas por diferentes pontos da cidade. Lojas, edifícios, bancos, praças, hotéis e residências capricham nas luzes e nos adereços e deixam turistas e locais boquiabertos. No Rockefeller Center fica a árvore de Natal mais disputada para as selfies. Ela é realmente muito bonita, mas não deixe de visitar sua concorrente na Winter Village, no Bryant Park. As vitrines da Fifth Avenue são um espetáculo a parte, explore também outras avenidas da região. Você vai se surpreender! Quer ver casas decoradas? Vá ao Dyker Heights, no Brooklyn.

Atrações Musicais

O espetáculo de Natal mais disputado é sem dúvida o The Radio City Rockettes. A casa de shows que abriga o musical é gigante, tem várias sessões diárias disponíveis e mesmo assim está sempre cheia. Não é para menos, a apresentação reúne dança, música, atuação, efeitos de luzes e projeções em 3D. Tudo com aquele toque mágico do Natal! Igrejas de diferentes religiões fazem apresentações de corais, tipo aqueles dos filmes, uma sugestão é ir ao Tabernacle, no Brooklyn!

Feiras de Natal

Há muitas Feiras de Natal espalhadas pela cidade! Nelas você pode encontrar comidas de diferentes partes do mundo, bebidas quentes, artesanato, itens de decoração, acessórios de inverno e até roupas para os pets. A Bryant Park Winter Village é a mais visitada. Vale conhecer também a Grand Central Holiday Fair, a Union Square Holiday Market, a Columbus Circle Holiday Market e a Holiday Market at the Oculus.

Pistas de Patinação no Gelo

As três principais pistas de patinação no gelo são a do Rockefeller Center, a do Central Park – Wollman – e a do Bryant Park. A sensação de patinar à noite pode ser maravilhosa, mas a dica é ir pela manhã que os ringues estão bem mais vazios. A do Bryant Park é a mais divertida, a do Rockefeller tem muita plateia e a do Central Park é a menos disputada. Quando somados entrada, aluguel do patins e guarda-volumes, os valores das três pistas são semelhantes, então, vai da sua preferência mesmo.

Garanta a sua passagem aérea para Nova York e viva esse sonho!

Confira as atrações imperdíveis e um roteiro de dois dias em Nova York!

Já pensou em passar um fim de semana em Nova York? Preparamos um roteiro completo para que você possa aproveitar as principais atrações da cidade em dois dias.

Pegue o voo direto do Aeroporto Internacional de Guarulhos (São Paulo) da sexta-feira no fim da noite e chegue ao JFK, em Nova York, de manhã cedinho. A volta é no domingo às 23h30 com chegada prevista no Brasil às 12h30. Compre agora sua passagem! 

Roteiro de Dois Dias em Nova York

Sábado

#1 Columbus Circle (Café da Manhã)

Comece a visita por Nova York em uma das praças mais movimentadas da cidade, a Columbus Circle. A rotatória possui um monumento em homenagem a Cristóvão Colombo e bons lugares para tomar café da manhã ao seu arredor. Você pode escolher entre o requintado Bouchon Bakery & Café, o  francês Maison Kayser ou as cafeterias instaladas em um mini shopping subterrâneo, o Underground Market.

#2 Central Park

Não importa a época do ano ou quantas vezes você vá a Nova York, o Central Park sempre será um passeio obrigatório. Aproveite para andar pelo parque e se deparar com diferentes atrações, como: a Bethesda Fountain, a Strawberry Field, o Belvedere Castle e o Shakespeare Garden. Aproveite o inverno e o período da manhã, que é mais vazio, para patinar no gelo na Wollman Rink.

#3 Museus

Infelizmente, quando se está sem muito tempo em Nova York, você precisa escolher bem o museu em que deseja visitar. Eles são grandes, bastante interessantes, diferentes entre si e merecem sua total atenção. Próximo ao Central Park temos os três museus mais famosos: o Museu de História Natural, o Metropolitan (MET) e o MoMA.  O primeiro é mais antropológico, o segundo de artes clássicas e o terceiro de arte moderna.

#4 Rockefeller Center (Almoço)

Caminhe até o Rockefeller Center pela quinta avenida e repare nas lindas vitrines das lojas de grifes mundialmente conhecidas. Admire a arquitetura neogótica da Saint Patrick Cathedral e chegue a praça. Mesmo para os adultos, vale entrar na loja da Lego. Almoce no The Sea Grill do ladinho da pista de patinação que é bastante disputada durante todo o inverno.  Não deixe de subir ao topo do prédio, a experiência é sensacional e a vista também!

#5 Bryant Park e Grand Central Station

Se tiver tempo e não gostar muito de compras, caminhe até o Bryant Park. A praça que já bonita, fica ainda mais encantadora no inverno. Aproveite para entrar na Biblioteca Pública de Nova York. Ande mais um pouquinho e chegue a um dos locais que mais servem de cenário para filmes, a estação Grand Central.

#6 Times Square e Broadway (Jantar)

Antes de desbravar a Times Square e seus arredores, vá a TKTS e garanta o seu ingresso para o musical da sua preferência com descontos que variam de 20% a 50%.  As lojas da região ficam abertas até bem tarde, elas fecham por volta da 1h da manhã. Escolha uma hamburgueria para jantar, as principais são: Shack Shack, Five Guys e Schnippers.

Domingo

#7 High Line (Brunch)

O High Line é um parque linear suspenso. Ele fica em uma antiga zona industrial e era uma ferrovia. Vale passear por ele e observar de um lado o Chelsea (bairro) e do outro o Rio Hudson. Se você gosta de arte contemporânea e de protesto, aproveite para visitar o Whitney Museum. Domingo é dia de Brunch (café da manhã + almoço), escolha um dos restaurantes próximos: Santina, Bubby´s, Sugar Factory e Wild Son para degustar as delícias locais.

#8 One Trade Tower e Memorial

Pegue o metrô até o One World Observatory e suba até o topo de um dos edifícios mais altos do mundo. O prédio foi construído no lugar das antigas torres gêmeas do World Trade Center. Vá pelo subterrâneo, que abriga uma estação moderna e lojas, em direção ao Memorial do 11 de setembro.  Não tem como não sentir o clima de tristeza e melancolia do local que foi cenário de um dos maiores ataques terroristas da história.

#9 Financial District e Estátua da Liberdade

Seguindo o passeio por Lower Manhattan, chegue ao centro financeiro da cidade. Você pode começar admirando a arquitetura neogótica da Igreja da Trindade e conhecer a antiga Bolsa de Valores da Wall Street. Tire foto com as esculturas do touro, o Charging Bull, e da destemida Fearless Girl.  Caminhe até o Battery Park para admirar a famosa Estátua da Liberdade.

#10 Brooklyn Bridge

Termine o dia, e essa maravilhosa viagem, admirando a Brooklyn Bridge. Se ainda tiver tempo, atravesse-a e aproveite os cafés e os restaurantes do outro lado da ponte. A melhor parte é a vista de Manhattan. Uma despedida de respeito!

Gostou do roteiro? Compre agora sua passagem! 

Vai durante as festas de final de ano? Confira as principais atrações dessa época do ano.

A inauguração de um voo é um momento muito especial para uma companhia aérea. Durante meses, diferentes áreas trabalham para que tudo esteja perfeito na hora de receber os passageiros da nova rota. Não por menos, a Avianca Brasil fez a festa para celebrar seu primeiro voo direto São Paulo-Nova York. ✈️

voo direto São Paulo-Nova York

Welcome Drink

Nos dias 15 e 16 dezembro, os passageiros da classe executiva puderam apreciar logo na chegada ao Aeroporto Internacional de Guarulhos (São Paulo) um coquetel exclusivo de boas-vindas.

A recepção ocorreu em um espaço super VIP, o Villa GRU do Terminal 2. Influencers, convidados especiais, executivos da empresa e imprensa fizeram seu check-in e despacharam as suas bagagens no local. Que facilidade!

Coquetel no portão de embarque

Todos os passageiros do voo O68500, do dia 15 de dezembro, puderam apreciar um coquetel no portão 241.  Foram oferecidas comidinhas doces e salgadas, e bebidas diversas. O DJ deixou o ambiente do embarque ainda mais aconchegante e especial.

Corte da fita

O presidente da Avianca Brasil, Frederico Pereira, o fundador da companhia, José Efromovich, e o Gerente de Controle Operacional do GRU Airport, Wilson de Souza, discursaram, brindaram e desamarraram a fita. Nesse momento, a satisfação dos colaboradores e dos executivos da aérea contagiaram a todos.

Bem-vindos ao voo da Avianca Brasil!

A recepção aos passageiros foi feita pelos sempre simpáticos e atenciosos comissários de bordo com a participação especial dos executivos da companhia.  Todos a bordo! É hora de apreciar os elogiados serviços, entretenimento e conforto do A330-200 da Avianca Brasil.

Festa em Nova York

Para encerrar as comemorações em grande estilo e iniciar mais uma rota de sucesso, colaboradores e convidados se reuniram na festa da Avianca no Edison Ballroom, em Nova York. O mestre de cerimônia foi o jornalista Celso Zucatelli e o show ficou por conta de Tiago Abravanel. Gabriela Pugliese, Erasmo Mahamudra, Duda Nagle, Bruno Chateubriand e Thomas Toisgros se divertiram no evento e ficaram encantados com a alegria e dedicação dos colaboradores da aérea.

Horários, frequência e duração dos voos GRU-JFK

O voo da Avianca Brasil parte do Aeroporto Internacional de Guarulhos (São Paulo) diariamente às 23h45 – tem duração de cerca de 10 horas – e chega ao Aeroporto Internacional John F. Kennedy às 6h45. No sentido contrário, o avião tem previsão de decolagem às 23h30 e de chegado ao Brasil 12h30. As informações são em horário local.

Ficou com vontade de conhecer o novo voo GRU-JFK? Compre agora sua passagem!

Saiba o que fazer em Nova York!

O que fazer em Nova York? Difícil definir em um único post! Mas tentamos reunir as atrações que mais encantam os visitantes na “Big Apple”.

O que fazer em NYC?

#1 Central Park

Cenário de inúmeros filmes e seriados, o Central Park é um passeio obrigatório em Nova York. O parque é grande e tem muitas atrações dentro dele e nos seus arredores. Reserve um tempo para encontrar tranquilidade na agitada cidade que é conhecida como a “Capital do Mundo”.

#2 Museus

Museus e galerias de arte não faltam em NY! Tem para todos os gostos. A dica é escolher o que mais combina com você. Por exemplo: O Metropolitan Museum of Art, o MET, abriga arte antiga, oriental, pinturas europeias e até armaduras. O Museu Americano de História Natural contém fósseis, obras pré-históricas e que demonstram a evolução de alguns animais.  O Museu de Arte Moderna, o MoMa, tem a sua coleção dedicada à arte moderna com fotografias, esculturas, colagens e mais.

#3 Times Square e seus Arredores

Painéis luminosos, lojas de marcas mundialmente conhecidas, restaurantes, lanchonetes e cafés famosinhos, assim é a Times Square. O local concentra uma grande quantidade de turistas que dividem espaço com artistas de rua. Na região ainda está a Broadway e suas casas de show dedicadas à grandes produções de musicais.

#4 Soho, Village e Chelsea

Os três bairros são ótimos para passear sem roteiro definido, observar a arquitetura e descobrir cantinhos charmosos de Nova York. No Soho há lojas exclusivas, confeitarias, cafés, lofts e galerias de arte. A dica no Village é se encantar com as casinhas, curtir a noite em algum dos clubes de jazz e descansar no Washington Square Park. É no Chelsea que fica o High Line – parque suspenso e o Chelsea Market, aos finais de semana o destaque são as feirinhas gastronômicas espalhadas pelas ruas do bairro.

#5 Lower Manhattan

Na parte baixa de Manhattan ficam o Civic Center e o Financial District. O Civic Center abriga os prédios do Governo. No Financial District está a Wall Street, o Charging Bull, a Fearless Girl, a Igreja da Trindade e o Memorial ao World Trade Center. É também dessa região que saem os passeios rumo à Estátua da Liberdade.

#6 Brooklyn, Bronx e Queens

Vale explorar as regiões mais afastadas do centro de Nova York! O Brooklyn tem áreas queridinhas dos descolados –  Williamsburg é a principal delas -, e vários outros pontos bastante visitados, como: o Prospect Park, o Brooklyn Museum e o Dumbo.  O New York Botanical Gardens, que é um vasto e bonito Jardim Botânico, e o estádio dos Yankees são as atrações do Bronx. No Queens visite o Flushing Meadows Corona Park e o Estádio dos Mets.

#7 NY vista do alto

Os edifícios mais conhecidos para admirar Nova York do alto são o Empire State e o Rockefeller Center. Atualmente, outros locais estão atraindo visitantes dispostos a ver a cidade de pontos diferentes dos tradicionais, como: o One World Observatory, o restaurante Asíate e o bondinho que sai de Manhattan rumo a Roosevelt Island.

Quer conhecer Nova York? Fique atento às promoções de passagem aérea.

Confira outras dicas de destinos internacionais!