Categoria

Belo Horizonte

Com as férias de janeiro se aproximando, certamente as crianças já estão ansiosas para saber o local da próxima viagem em família. Nessas horas, é fundamental pesquisar com bastante atenção as variadas opções de destino, já que nem todo lugar é ideal para passear com os pequenos.

Se você ainda não definiu o seu roteiro para as férias de janeiro, fique tranquilo. A seguir, indicamos alguns destinos surpreendentes e com incrível potencial para diversão. Assim, você aproveita ao máximo o tempo de descanso ao lado de quem mais ama. Acompanhe!

Barra de São Miguel (AL)

Com bastante infraestrutura, Barra de São Miguel é a praia ideal para quem não quer abrir mão de conforto e praticidade. Localizada a 30 km da capital Maceió, a região abriga um dos balneários preferidos pelos locais.

E o grande diferencial é a versatilidade da praia: na maré baixa, fica repleta de piscinas naturais, enquanto na maré alta, aparecem fortes ondas. Estas, inclusive, fazem de São Miguel um lugar bastante procurado por surfistas.

A Praia do Gunga, um dos cartões-postais de Alagoas, também pode ser visitada a partir de Barra de São Miguel em um delicioso passeio de barco, que passa por pequenas ilhas e manguezais. À noite, a boa pedida é procurar uma das diversas tapiocarias que se espalham pelo centro de São Miguel e desfrutar da culinária local.

Bonito (MS)

Em tempo de férias, nada melhor do que renovar as energias e procurar o reequilíbrio físico e mental em meio à natureza. Para conseguir tudo isso e ainda passar um tempo de qualidade com a família em um lugar paradisíaco, a melhor escolha é Bonito.

Ao viajar com crianças de variadas idades para a região, aposte nos balneários. Localizados próximos a rios, esses lugares geralmente oferecem diferentes passeios, tirolesa, mergulho e playground. E você ainda pode desfrutar da presença de vários animais da fauna originária do pantanal, como araras e macacos.

Se as crianças já sabem nadar e têm mais de 5 anos, as opções de passeio ficam ainda mais variadas. São inúmeras as grutas, cachoeiras e trilhas existentes na região.

Caldas Novas (GO)

Muitas pessoas pensam que Caldas Novas é um destino que atrai somente a terceira idade. Mas não se engane! A região é a cara de férias em família e agrada a turistas de todas as idades.

As piscinas termais de Caldas Novas e da cidade vizinha, Rio Quente, são ideais para relaxar e tirar toda a tensão do dia a dia, graças a suas propriedades terapêuticas. No entanto, as opções não param por aí!

Quem curte adrenalina pode se divertir para valer em tirolesas, toboáguas e piscinas de ondas em alguns dos parques aquáticos da região. O mais famoso deles é o Hot Park, que fica dentro do complexo Rio Quente Resorts e oferece uma estrutura completa de lazer, com restaurantes, quiosques e quadras poliesportivas.

O grande diferencial é que o parque é abastecido por águas naturalmente aquecidas. 

Para ampliar ainda mais a experiência, a dica é fazer uma visita ao Parque Estadual da Serra de Caldas Novas. A área de 123 km² fica a 5 km do centro de Caldas Novas e é repleta de muito verde, trilhas e cascatas para um delicioso banho.

Belo Horizonte (MG)

A capital mineira nem sempre foi uma opção óbvia de destino para passar as férias. No entanto, BH conta com uma incrível diversidade de atrações para toda a família, além, é claro, da deliciosa comida mineira!

O Circuito Cultural Praça da Liberdade é um cartão-postal da cidade composto por prédios históricos e variados museus, muitos interativos e com ótimas atividades para os pequenos. Alguns deles são o Espaço do Conhecimento UFMG, o Museu das Minas e do Metal, a Casa Fiat de Cultura e o Centro Cultural Banco do Brasil.

Outro passeio imperdível é a visita à Igreja São Francisco de Assis, projetada por Oscar Niemeyer e com painéis externos de Candido Portinari. A construção faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha.

Se a família quiser continuar desfrutando de um roteiro histórico e cultural, a grande pedida é se deslocar para a cidade de Brumadinho, a 60 km de BH, para conhecer Inhotim, que abriga um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do país e é considerado o maior museu a céu aberto da América Latina.

Os jardins, inspirados na obra de Roberto Burle Marx, são de tirar o fôlego!

Quer mais opções de arte? Próximas à capital também estão as cidades de:

  • Sabará,
  • Ouro Preto,
  • Mariana,
  • Tiradentes e
  • Diamantina

Elas são importantíssimas para a preservação do que foi o período Barroco no Brasil. Visite as deslumbrantes igrejas, passeie pelas ruas históricas e escolha um bom restaurante para provar a autêntica culinária mineira!

Morro de São Paulo (BA)

Geralmente, quando pensamos em Morro de São Paulo, logo vem à cabeça muita festa e badalação. Mas o que muita gente não sabe é que o destino, localizado a 2 horas e 30 minutos de Salvador, também pode ser uma incrível opção para as férias de janeiro com a família.

Isso porque Morro de São Paulo é um verdadeiro paraíso natural, com suas incríveis praias e piscinas naturais. Para quem quer descanso e convivência, o clima de sossego em meio à natureza pode render ótimas férias.

Essa também é uma oportunidade de conhecer parte da história do Brasil e alguns monumentos históricos. A Fortaleza de Tapirandú, tombada pelo Patrimônio Histórico desde 1938, por exemplo, é um dos melhores lugares para apreciar o pôr do sol. A Fonte Grande, a Igreja de Nossa Senhora da Luz e o Farol do Morro de São Paulo são outras ótimas opções para uma visita.

Como você viu, todos esses locais contam com incríveis sugestões de passeio para toda a família. Independentemente das preferências da sua turma, com certeza há um lugar ideal para vocês curtirem bons momentos e retornarem para casa com as energias renovadas. Então, está esperando o que para definir o roteiro das suas férias de janeiro?

Para continuar sua pesquisa sobre os melhores destinos para visitar com a família, acesse nosso guia completo sobre a Bahia!

Selecionamos cinco destinos para você viajar no Outono e aproveitar o melhor da estação. Seja pela escassez de chuvas, pelas vegetações típicas afloradas, pelo clima, pela temperatura das águas ou pelos preços mais em conta, a época é perfeita para curtir alguns destinos do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Confira:

Viajar no Outono

#1 Pantanal (MT/MS)

Por que é melhor viajar durante o outono ao Pantanal? Simples! Porque, nessa época, é possível estar mais próximo aos animais que vivem no bioma. Onças, jacarés e aves lindíssimas saem em busca de água nas beiras dos rios, ficando perto dos visitantes.  As estradas estão menos alagadas, possibilitando os passeios a cavalo, a pesca esportiva, as caminhadas e o acesso às fazendas pantaneiras.

Como chegar: o Pantanal está localizado na divisa dos estados de Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. Sendo assim, você pode desembarcar no Aeroporto de Cuiabá ou no de Campo Grande. Das rodoviárias das duas capitais saem ônibus para cidades pantaneiras.

#2 Chapada dos Veadeiros (GO)

O outono é a época perfeita para visitar o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Na estação, as chuvas diminuem, o sol predomina e as belezas naturais ganham ainda mais destaque. As estradas e as trilhas ficam livres das restrições de acesso frequentes nos períodos úmidos. A vegetação do cerrado mostra a sua exuberância e os esportes radicais nos paredões de pedras, cânions, cachoeiras e rios são favorecidos.

Como chegar: apesar de ficas em Goiás, o aeroporto mais próximo da Chapada dos Veadeiros é o Internacional de Brasília. De lá, é preciso alugar um carro ou pegar ônibus.

#3 Caldas Novas (GO)

Quer tranquilidade em Caldas Novas e clima perfeito? Visite o destino no outono. As piscinas estão mais vazias e os restaurantes quase sem filas. Sem falar que o clima é perfeito, não chove muito, mas também não está tão calor como durante o restante do ano. Os valores dos hotéis estão mais em conta por ser baixa temporada. Aproveite!

Como chegar: Caldas Novas está a cerca de 170 km de Goiânia. Para chegar, desça no Aeroporto da capital de Goiás e depois pegue um carro ou um ônibus até o destino final.

#4 Belo Horizonte (MG)

Você pode viajar a BH em qualquer época do ano, mas é entre abril e maio que acontecem dois eventos que agitam a capital mineira: o “Comida di Buteco” e o “Botecar”. As atrações são perfeitas para quem curte bares e bons quitutes. A atmosfera boêmia da cidade ganha ainda mais força com a participação de diversos estabelecimentos nos concursos, alegrando visitantes e locais.

#5 Curitiba (PR)

O clima mais ameno no outono, comparado ao inverno, permite que o visitante aproveite melhor os lindos parques e os pontos turísticos de Curitiba.  Aproveite os cafés e os restaurantes da região que contemplam diferentes culinárias, como: a italiana, a mexicana, a polonesa e a alemã. Vale ainda fazer o passeio de trem até Morretes e visitar o Parque Estadual de Vila Velha.

Garanta sua passagem para os melhores destinos de outono 

Saiba o que fazer em outros destinos dentro do Brasil!

Fim de Semana em Belo Horizonte

Passar um fim de semana em Belo Horizonte é uma ótima opção para quem quer sair da rotina e ficar mais próximo da cultura, das belezas e da culinária mineira. Confira o roteiro especial que preparamos como sugestão para você desbravar a capital de Minas Gerais!

Sexta (noite)

Para já entrar no clima de “Beagá”, comece a viagem relaxando em um dos botecos da cidade. Provavelmente terá um desses estabelecimentos que servem boa comida e bebidas próximo ao hotel em que estiver hospedado.

Se preferir, vá algum dos bairros de Belo Horizonte que são conhecidos pela vida boêmia: Savassi, Prado, Santa Tereza, Sion, São Pedro e Serra.

Bora botecar, mas com moderação, pois no sábado o dia será cheio!

Sábado (dia inteiro)

Manhã

Comece o dia tomando um café coado com pão de queijo. Provavelmente o hotel irá oferecer o desjejum, mas uma sugestão é experimentar essa combinação bem mineira na A Pão de Queijaria. Na verdade, eles oferecem a iguaria em todas as refeições com diferentes combinações e acompanhamentos.

O passeio pela capital mineira começa pelo Circuito Liberdade que reúne diversas instituições culturais, históricas e artísticas.

As atrações ficam ao redor da Praça da Liberdade e os destaques são o Palácio da Liberdade, a Biblioteca Pública, o Memorial Minas Gerais, o Centro de Arte Popular, o Museu das Minas e do Metal e o Centro Cultural Banco do Brasil.

Tarde

Próxima parada: Mercado Central de Belo Horizonte. No local, visitantes e locais se encontram para apreciar a cultura, o artesanato e a gastronomia de Minas Gerais.

Temperos, queijos, doces, cachaças e muito mais sabores mineiros estão reunidos no espaço. Almoce no Mercado Central, o restaurante mais badalado é o Casa Cheia que serve aperitivos, bebidas e pratos.

Para fazer a digestão, passeie pelo Parque Municipal e vá ao Palácio das Artes, um espaço que recebe shows, exposições e apresentações teatrais. Vale olhar a programação e ver se não há uma atração imperdível!

O melhor lugar para curtir o final da tarde é o bairro de Mangabeiras. Passe pela Rua do Amendoim, desligue o carro, tire o pé do freio e tenha a impressão de que o veículo está subindo a ladeira.

Quer curtir o pôr do sol? Escolha entre a Praça do Papa e o Mirante Mangabeiras.

Noite

Você pode escolher jantar em algum dos restaurantes renomados da cidade, como: o Glouton, o Vecchio Sogno e o Taste-Vin, ou fazer uma espécie de pub craw mineiro e passear por vários bares. A Rua Pium-í, no Sion, é o local ideal para essa experiência.

Domingo (manhã e tarde)

Domingo é dia de desbravar o cartão-postal de Belo Horizonte, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Sim, você precisa de praticamente um dia todo para curtir o local.

O complexo carrega o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, dado pela UNESCO, e abriga quatro edifícios projetados por Oscar Niemeyer localizados às margens de uma linda lagoa.

Além das obras de Niemeyer – Igreja de São Francisco de Assis, do Iate Tênis Clube, da Casa do Baile e do Museu de Arte da Pampulha -, o Estádio do Mineirão e do Mineirinho também ficam na região.

Para o almoço, a recomendação é degustar a culinária local no famoso restaurante Xapuri.

Dica de voos para esse roteiro:

A Avianca Brasil tem um voo que sai na sexta-feira às 20h45 de São Paulo (GRU) com chegada prevista às 22h05 em Confins, na Grande Belo Horizonte.

Na hora de voltar, no domingo, aproveite o voo da Avianca que sai às 18h45 de Confins e tem chegada prevista para às 20h04 no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Veja mais dicas de viagens!