Categoria

Goiânia

Com as férias de janeiro se aproximando, certamente as crianças já estão ansiosas para saber o local da próxima viagem em família. Nessas horas, é fundamental pesquisar com bastante atenção as variadas opções de destino, já que nem todo lugar é ideal para passear com os pequenos.

Se você ainda não definiu o seu roteiro para as férias de janeiro, fique tranquilo. A seguir, indicamos alguns destinos surpreendentes e com incrível potencial para diversão. Assim, você aproveita ao máximo o tempo de descanso ao lado de quem mais ama. Acompanhe!

Barra de São Miguel (AL)

Com bastante infraestrutura, Barra de São Miguel é a praia ideal para quem não quer abrir mão de conforto e praticidade. Localizada a 30 km da capital Maceió, a região abriga um dos balneários preferidos pelos locais.

E o grande diferencial é a versatilidade da praia: na maré baixa, fica repleta de piscinas naturais, enquanto na maré alta, aparecem fortes ondas. Estas, inclusive, fazem de São Miguel um lugar bastante procurado por surfistas.

A Praia do Gunga, um dos cartões-postais de Alagoas, também pode ser visitada a partir de Barra de São Miguel em um delicioso passeio de barco, que passa por pequenas ilhas e manguezais. À noite, a boa pedida é procurar uma das diversas tapiocarias que se espalham pelo centro de São Miguel e desfrutar da culinária local.

Bonito (MS)

Em tempo de férias, nada melhor do que renovar as energias e procurar o reequilíbrio físico e mental em meio à natureza. Para conseguir tudo isso e ainda passar um tempo de qualidade com a família em um lugar paradisíaco, a melhor escolha é Bonito.

Ao viajar com crianças de variadas idades para a região, aposte nos balneários. Localizados próximos a rios, esses lugares geralmente oferecem diferentes passeios, tirolesa, mergulho e playground. E você ainda pode desfrutar da presença de vários animais da fauna originária do pantanal, como araras e macacos.

Se as crianças já sabem nadar e têm mais de 5 anos, as opções de passeio ficam ainda mais variadas. São inúmeras as grutas, cachoeiras e trilhas existentes na região.

Caldas Novas (GO)

Muitas pessoas pensam que Caldas Novas é um destino que atrai somente a terceira idade. Mas não se engane! A região é a cara de férias em família e agrada a turistas de todas as idades.

As piscinas termais de Caldas Novas e da cidade vizinha, Rio Quente, são ideais para relaxar e tirar toda a tensão do dia a dia, graças a suas propriedades terapêuticas. No entanto, as opções não param por aí!

Quem curte adrenalina pode se divertir para valer em tirolesas, toboáguas e piscinas de ondas em alguns dos parques aquáticos da região. O mais famoso deles é o Hot Park, que fica dentro do complexo Rio Quente Resorts e oferece uma estrutura completa de lazer, com restaurantes, quiosques e quadras poliesportivas.

O grande diferencial é que o parque é abastecido por águas naturalmente aquecidas. 

Para ampliar ainda mais a experiência, a dica é fazer uma visita ao Parque Estadual da Serra de Caldas Novas. A área de 123 km² fica a 5 km do centro de Caldas Novas e é repleta de muito verde, trilhas e cascatas para um delicioso banho.

Belo Horizonte (MG)

A capital mineira nem sempre foi uma opção óbvia de destino para passar as férias. No entanto, BH conta com uma incrível diversidade de atrações para toda a família, além, é claro, da deliciosa comida mineira!

O Circuito Cultural Praça da Liberdade é um cartão-postal da cidade composto por prédios históricos e variados museus, muitos interativos e com ótimas atividades para os pequenos. Alguns deles são o Espaço do Conhecimento UFMG, o Museu das Minas e do Metal, a Casa Fiat de Cultura e o Centro Cultural Banco do Brasil.

Outro passeio imperdível é a visita à Igreja São Francisco de Assis, projetada por Oscar Niemeyer e com painéis externos de Candido Portinari. A construção faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha.

Se a família quiser continuar desfrutando de um roteiro histórico e cultural, a grande pedida é se deslocar para a cidade de Brumadinho, a 60 km de BH, para conhecer Inhotim, que abriga um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do país e é considerado o maior museu a céu aberto da América Latina.

Os jardins, inspirados na obra de Roberto Burle Marx, são de tirar o fôlego!

Quer mais opções de arte? Próximas à capital também estão as cidades de:

  • Sabará,
  • Ouro Preto,
  • Mariana,
  • Tiradentes e
  • Diamantina

Elas são importantíssimas para a preservação do que foi o período Barroco no Brasil. Visite as deslumbrantes igrejas, passeie pelas ruas históricas e escolha um bom restaurante para provar a autêntica culinária mineira!

Morro de São Paulo (BA)

Geralmente, quando pensamos em Morro de São Paulo, logo vem à cabeça muita festa e badalação. Mas o que muita gente não sabe é que o destino, localizado a 2 horas e 30 minutos de Salvador, também pode ser uma incrível opção para as férias de janeiro com a família.

Isso porque Morro de São Paulo é um verdadeiro paraíso natural, com suas incríveis praias e piscinas naturais. Para quem quer descanso e convivência, o clima de sossego em meio à natureza pode render ótimas férias.

Essa também é uma oportunidade de conhecer parte da história do Brasil e alguns monumentos históricos. A Fortaleza de Tapirandú, tombada pelo Patrimônio Histórico desde 1938, por exemplo, é um dos melhores lugares para apreciar o pôr do sol. A Fonte Grande, a Igreja de Nossa Senhora da Luz e o Farol do Morro de São Paulo são outras ótimas opções para uma visita.

Como você viu, todos esses locais contam com incríveis sugestões de passeio para toda a família. Independentemente das preferências da sua turma, com certeza há um lugar ideal para vocês curtirem bons momentos e retornarem para casa com as energias renovadas. Então, está esperando o que para definir o roteiro das suas férias de janeiro?

Para continuar sua pesquisa sobre os melhores destinos para visitar com a família, acesse nosso guia completo sobre a Bahia!

Quando pensamos em férias com os amigos, os parques de diversões não podem ficar de fora. Seja em busca de atrações radicais ou aquáticas, passar alguns dias com pessoas queridas em um espaço totalmente voltado para o entretenimento não tem preço, certo?

Sem dúvidas, o mais famoso complexo de parques de diversões é a Disneyland. Afinal, não há quem não queira conhecer o castelo de Magic Kingdom, as atrações do Universal Studios e também se surpreender com as exibições do SeaWorld.

Mas você sabia que é possível conhecer parques de diversões em muitos outros lugares, incluindo o Brasil e a América Latina? E não são poucas as opções aquáticas e cheias de adrenalina!

Ficou curioso? Então, confira a seguir 7 parques que você precisa conhecer agora mesmo!

1. Thermas dos Laranjais — Olímpia, SP

Quem pensa que para se divertir em um excelente parque aquático precisa viajar para fora do Brasil está enganado. O Thermas dos Laranjais, localizado em Olímpia, a 400 km da capital São Paulo, é o melhor exemplo disso.

Totalmente alimentado por águas termais, o parque ocupa uma área de 260 mil m². Além disso, só em 2017, recebeu mais de 2 milhões de visitantes, o que o levou à colocação de 3º parque aquático mais visitado do mundo.

E não é para menos! O Thermas dos Laranjais oferece uma gama completa de lazer para a família e os amigos, incluindo:

  • toboáguas,
  • tirolesa,
  • piscinas de ondas,
  • quadras esportivas,
  • praça de alimentação,
  • lanchonetes e muito mais.

A principal atração é a Master Blaster, a primeira montanha-russa aquática da América Latina.

2. Hot Park — Rio Quente, GO

Se você quer relaxar durante as férias, não deixe de conhecer o Hot Park — o primeiro do mundo com águas naturalmente aquecidas!

Inaugurado no ano de 1977, o parque está localizado a 30 minutos de Caldas Novas e a 170 km da capital Goiânia. O acesso ao Hot Park é gratuito para os hóspedes do Rio Quente Resorts.

As atrações vão desde piscinas aquecidas, ideais para quem procura relaxamento e descanso, até opções mais radicias, como passeios de caiaque, mergulho com cilindro e toboáguas. Uma das atrações mais recomendadas é a Praia do Cerrado, uma enorme piscina com ondas que estão entre as maiores da América do Sul.

Atualmente, o Hot Park está na lista dos 20 principais parques aquáticos do mundo!

3. Beto Carrero World — Penha, SC

Essa dica é para quem procura ótimas atrações e não abre mão de brinquedos radicais. O Beto Carreiro World, localizado a 126 km do aeroporto de Florianópolis, é considerado o maior parque temático da América Latina e já ocupou a posição de 6º melhor parque de diversões do mundo, na opinião dos frequentadores.

O empreendimento tem mais de 100 atrações, em 9 áreas temáticas:

  • Avenida das Nações,
  • Mundo Animal,
  • Vila Germânica,
  • Velho Oeste,
  • Ilha dos Piratas,
  • Aventura Radical,
  • Madagascar,
  • Natal do Shrek e
  • Terra da Fantasia

Um dos brinquedos mais procurados é a FireWhip, a primeira montanha-russa invertida do Brasil. Além disso, 6 grandes shows são exibidos diariamente.

4. Fantasilandia — Santiago, Chile

Localizado no interior do Parque O’Higgins, o segundo maior parque público do Chile, Fantasilandia recebe mais de 1 milhão de visitantes a cada ano e tem cerca de 40 atrações para todas as idades. É a opção certa para quem procura se divertir com os amigos em Santiago!

Apesar de não ser um parque com muitas opções radicais, as categorias de diversão conseguem agradar a todos. Algumas são: Adrenalina, Jogos Familiares e Dark Rides. A dica é levar algumas peças de roupas extras, já que existem vários brinquedos aquáticos.

5. Parque Nacional do Café — Quindio, Colômbia

Muitos viajantes procuram aliar em seus passeios diversão e cultura. Se esse é o seu caso, ao visitar a Colômbia, não deixe de conhecer o Parque Nacional do Café, situado a aproximadamente 300 km de Bogotá.

Trata-se de um lugar com muito verde e dedicado à cultura cafeeira do país. Por isso, grande parte das atrações abordam esse tema, a exemplo do Museu Interativo do Café e dos shows e atrações musicais exibidos regularmente.

Mas a diversão não para por aí! No Parque Nacional do Café os visitantes também encontram teleférico, montanha-russa, rodas-gigantes e outros brinquedos.​

6. Legoland — Winter Haven, Flórida

Nem só de Disneyland vive a Flórida. Se você vai viajar pelo estado americano ou fazer compras em Miami, precisa fazer um passeio na Legoland — um parque temático inteiramente dedicado aos famosos brinquedos de montar!

São várias as atrações e diferenciais do parque. Na LEGO City, as crianças representam papéis de adultos e podem pilotar barcos. Na LEGO Pirates Cove é possível encontrar piradas construídos em LEGO. Na Miniland, os visitantes conhecem pontos turísticos de diversas partes do mundo também construídos em LEGO, como Manhattan, São Francisco e Paris.

7. Six Flags — New Jersey, NY

A maior corporação de parques de diversão do mundo, com várias unidades no México, Estados Unidos e Canadá, conta com parques temáticos, parques aquáticos e vários centros de entretenimento para todas as idades. Somente em 2009, os empreendimentos da Six Flags receberam quase 24 milhões de visitantes!

A unidade de New Jersey, o Six Flags Great Adventure, é o maior parque de diversões do mundo especializado em montanhas-russas. Se o que você procura é adrenalina, ao visitar Nova York, não deixe de reservar um dia para conhecer o parque, que fica a apenas 1 hora e 30 minutos de Manhattan, na cidade de Jackson, em New Jersey.

Ao todo, são mais de 50 montanhas-russas e outros brinquedos. A atração mais procurada (e temida) é a Kingda Ka. Nesse brinquedo, com altura de um prédio de 40 andares, a velocidade chega a 200 km por hora, e a descida tem uma inclinação de aproximadamente 90º! Essa é a montanha-russa mais alta, rápida e inesquecível da América do Norte!

E então? O que acha de conhecer parques de diversões ao redor do mundo? Aproveite e compartilhe este conteúdo em suas redes sociais. Quem sabe você consegue novas companhias para a sua próxima viagem?

Aproveite as férias de julho para viajar com a família e conhecer destinos incríveis dentro do Brasil. Montanha ou praia? Frio ou calor? Perto ou longe? Basta escolher o lugar que mais combina com vocês!

Férias de Julho

#1 Serra Gaúcha

Frio, boa comida, lindas paisagens, ambiente aconchegante e ótimo atendimento. Assim é a Serra Gaúcha. A região reúne qualidades para quem quer sair da rotina e curtir momentos de tranquilidade. As cidades mais famosas são Gramado e Canela, mas ainda é possível visitar Bento Gonçalves, Garibaldi, Nova Petrópolis, Caxias do Sul e Cambará do Sul. Aproveite parques, fábricas de chocolates, museus, vinícolas e muito mais.

#2 Fortaleza

Quer calor no inverno? Então, bora para Fortaleza! As temperaturas na capital cearense se mantém estáveis durante todo o ano. Sendo assim, você pode curtir as praias e os passeios durante julho sem se preocupar com o frio. Aproveite não só a orla urbana central, mas também outros pontos mais distantes de Fortaleza. Visite Canoa Quebrada, Jericoacoara, Cumbuco e a Praia de Porto das Dunas – onde está localizado o Beach Park.

#3 Belém

Você pode visitar Belém em qualquer época do ano! Mas, em julho, chove um pouco menos na região, o que favorece os passeios turísticos.  Os pontos altos de Belém são a riquíssima culinária, os prédios históricos, as crenças populares e o contato com a Amazônia. Não deixe de visitar a Estação das Docas, a Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré, o Ver-o-Peso, o Mangal das Garças, o Theatro da Paz e a Cidade Velha.

#4 Rio de Janeiro (arredores)

A melhor parte de desbravar as cidades ao redor do Rio de Janeiro é poder escolher entre curtir o friozinho da Serra Fluminense ou as paisagens praianas da Região dos Lagos. Em Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo e Visconde de Mauá há passeios históricos, lindas montanhas, cachoeiras e rios. Na Região dos Lagos, os destaques são as praias e as ilhas de Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo e Saquarema.

#5 Caldas Novas

Muitas famílias preferem ir a Caldas Novas no inverno, pois o clima é mais ameno e seco. Vale lembrar ainda que as piscinas da região possuem águas quentes, o que pode não ser tão agradável nas altíssimas temperaturas do verão.  Há alguns parques famosos na região, como: Hot Park, Acqua Park, Parque das Fontes, Lagoa Termas Parque e o Náutico Praia Clube.

Garanta suas passagens com desconto para esses e outros destinos!

Confira dicas e roteiros de passeios pelo Brasil!

Vai a trabalho, a lazer ou é morador e não sabe o que fazer em Goiânia? Vamos te ajudar a conhecer a capital de Goiás com 10 atrações imperdíveis para quem quer visitar o melhor da cidade.

O que fazer em Goiânia

#1 Desbravar o Centro da Cidade

Comece o passeio pela Catedral Metropolitana de Goiânia e caminhe até a Praça Cívica. Conheça um pouco da história e da cultura da cidade visitando o Museu Goiano Professor Zoroastro Artiaga e o Palácio das Esmeraldas. Admire os monumentos às Três Raças e do Dr. Pedro Ludovico Teixeira, fundador de Goiânia. Indo em direção ao Bosque dos Buritis, faça uma pausa no Museu do Pedro Ludovico e no Monumento aos Desaparecidos Políticos. No parque, o destaque é o Monumento à Paz Mundial.

#2 Notar as construções em Art Déco

Goiânia é a capital da Art Déco. O estilo foi o escolhido como diretriz para os primeiros prédios construídos na cidade. Há roteiros prontos de tours que contemplam o movimento artístico, mas se você quiser fazer por conta própria visite o Coreto, o Grande Hotel e a Torre do Relógio na Avenida Goiás, os prédios da Praça Cívica, a Estação Ferroviária, a Praça do Trabalhador, o Teatro Goiânia e a Avenida Tocantins no centro. Há ainda edificações no bairro Campinas e no Setor Oeste.

#3 Relaxar ou se exercitar nos Parques

Quer um passeio típico goiano? Compre uma água de coco, sente em uma cadeira com vista para o parque e admire a paisagem que é um contraste da natureza com prédios ao fundo. Os parques mais visitados são o Flamboyant, o Vaca Brava e o Areião. Vale ainda passear pelo Parque Zoológico de Goiânia e pelo Lago das Rosas.

 

#4 Passear no Shopping

Os shoppings de Goiânia são pontos de encontro e de entretenimento para os moradores e agradam os visitantes que buscam bons restaurantes e lojas conhecidas. Os designs de alguns desses centros de comércio também chamam a atenção.  Entre os queridinhos do público estão o Passeio das Águas, o Flamboyant, o Goiânia Shopping e o Buriti.

#5 Comer bem

As comidas típicas goianas são deliciosas e possuem influências indígenas e europeias. Os pratos mais tradicionais são a galinhada, o empadão, a pamonha, o arroz-de-puta-rica e o peixe na telha. A dica para comer bem em Goiânia é ir aos restaurantes Mau Nenhum,       Chão Nativo, Baru e Banana Menina. A cidade ainda abriga restaurantes com culinária de diversas partes do Brasil e do mundo.

Memorial do Cerrado

#6 Viajar no tempo no Memorial do Cerrado

Se existe um passeio obrigatório em Goiânia, é visitar o Memorial do Cerrado. O museu fica dentro do Campus II da PUC Goiás, que por si só já é bem bonito, e reúne cultura, história e natureza. Um lindo lago recepciona os visitantes, o Museu de História Natural leva à história da Terra e do cerrado, a Vila Cenográfica de Santa Luiza é uma volta ao tempo, junto com às réplicas da aldeia indígena Timbira e de um quilombo do cerrado.

#7 Curtir sertanejo e/ou rock

Sim, você leu certo, Goiânia também é terra de rock. Engana-se quem acha que a cidade é somente a capital do sertanejo. Os dois estilos musicais estão presentes em bares, festas e casas noturnas. Gosta de sertanejo? Vá ao Villa Mix, ao Alabama e ao Bahrem. Curte um rock? Conheça o Bolshoi Pub, o Rocket 07, Mönch Bier Pub e o Woodstock Rock Bar.

#8 Fazer compras nas feiras especiais

De terça a domingo feirinhas especiais agitam o comércio popular de Goiânia e fazem da cidade a capital brasileira das feiras. Os produtos vendidos são os mais diversificados, como: alimentos, roupas, acessórios, calçados, artesanato e mais.  As mais famosas são a Feira Hippie, a Feira da Lua, a Feira do Sol e a Feira do Cerrado. Confira a programação completa no site da prefeitura.

#9 Refrescar-se nos clubes

Os goianos costumam se reunir nos clubes da cidade para amenizar o calor, aproveitar as piscinas e aproveitar outras atividades de lazer. Alguns deles não são exclusivos para sócios e permitem que visitantes passem o dia. É preciso pagar taxas de entrada que variam de acordo com o local e o dia da semana. Entre eles estão o Clube Jaó, o Três Ilhas e o Goiânia Park.

#10 Admirar o céu do cerrado

O céu do cerrado merece destaque e atenção de visitantes e locais. Arrume um tempinho na correria do dia a dia somente para observar essa imensidão azul. Quer um espetáculo ainda maior? Então, vá a um ponto alto da cidade para admirar o pôr-do-sol com suas diferentes cores e efeitos.  A dica é o Morro do Além, lá fica o Mirante Bar.

Ficou com vontade de conhecer Goiânia? Compre aqui suas passagens aéreas!

Confira mais dicas de destinos nacionais e internacionais!

DestinosGoiâniaNacionais

Bem-vindo a GYN

29 de dezembro de 2014 1 Comentário

gyn

 

Ela é conhecida como a Capital do Cerrado. É também chamada de a “Cidade da Eterna Primavera”. Vocês Sabem de qual destino, nós aqui do blog vamos falar hoje?

Antes de revelar, vamos dar mais uma dica para vocês…

É o berço do sertanejo no Brasil, e foi responsável por revelar algumas das duplas mais famosas no nosso país. Nomes como: Zé di Camardo e Luciano, Leonardo, Bruno e Marrone, Guilherme e Santiago e muitos outros. Agora ficou fácil né? Claro que estamos falando de Goiânia!

E para não perder o bom costume, separamos para vocês algumas dicas de para aproveitar a cidade ao máximo.

– Vaca Brava: É o mais famoso parque da cidade! Seus 80 mil metros quadrados tem um grande lago, pistas para corrida e caminhada, e claro muito verde para você passar o dia com a família!

– Museu Pedro Ludovico: Um dos museus mais interessantes de Goiânia. Foi residência oficial do Governador Pedro Ludovico (governos de 1930/1945 e 1951/1954) e até hoje mantém um acervo de mais de 1800 peças entre roupas e objetos pessoais, peças de porcelana, mobiliário entre outros.

– Bosque dos Buritis: Famosos pelo seu circuito das águas, o parque tem uma série de cascatas e lagos naturais que terminam em um grande lago habitado por peixes e tartarugas. Se você está à procura de cultura, o bosque também abriga o Museu de Arte de Goiânia!

– Monumento às Três Raças: Considerado um dos símbolos da cidade desde 1968, é um monumento esculpido em bronze e granito pela escultora Neusa Morais. Seus 7 metros de altura e mais de 300Kg representam a miscigenação entre os brancos, negros e índios, que deu origem ao povo goiano.

– Feira do Cerrado: Lugar ideal para conhecer um pouco sobre a cultura e os costumes do povo goiano. Lá você encontra produtos feitos por mais de 160 artistas de todos os ramos, do estado. Ótimo também para comprar um presente ou uma lembrança!

– Bolshoi: Inspirado nos Pubs londrinos, o Bolshoi Pub é o lugar ideal para curtir desde sambas de raiz, as quartas-feiras, a blues jazz e rock aos sábados! Se você está à procura de cervejas e chopes importados, aqui é o lugar!

– Glória: Famoso e simpático botequim que resgata a tradição do povo goiano. Ótima pedida para tomar um chope, petiscar, bater um papo com os amigos e claro, namorar.

– Villa Mix: Se você é dos que curte um bom sertanejo, o Villa Mix é a sua! A cidade é o reduto de Gênero no Brasil e o Villa Mix é a casa do sertanejo em Goiânia!

 

Sentiu falta de alguma dica? Deixe sua sugestão aqui nos comentários!

Ainda não conhece Goiânia? Temos voos diários partindo de São Paulo e Brasília, confira aqui ao lado!