Destinos

Como fazer mochilão: 7 motivos para viajar sozinho

3 de dezembro de 2018 0 comentário

Muitos turistas ficam em dúvida sobre como fazer mochilão sozinho e se a experiência será realmente positiva. Isso também acontece com você? Em uma viagem solo, você tem a oportunidade de montar o roteiro de acordo com seu perfil e interesses, conhecer novas pessoas, entre outras vantagens. Assim, a experiência pode ser bastante positiva.

Contudo, é preciso tomar alguns cuidados durante o planejamento para evitar imprevistos no passeio. Quer saber quais são as vantagens de uma viagem desse tipo e como fazer mochilão? Continue a leitura e veja nossas dicas sobre o assunto!

Por que fazer mochilão sozinho?

1. Liberdade para escolher os destinos

Uma das principais vantagens é a liberdade para escolher onde quer ir. Uma viagem nesse estilo envolve mais de uma cidade, muitas vezes em diferentes países, e pode ser difícil conciliar os interesses de todos os acompanhantes para montar o roteiro.

Ao viajar sozinho não haverá esse problema. Você precisará apenas conciliar os destinos com o orçamento e o tempo para o passeio.

2. Flexibilidade para datas

Uma das principais dificuldades ao fazer mochilão com um grupo de amigos é a montagem do roteiro. Isso porque cada pessoa tem rotina e hábitos distintos. Há quem goste de acordar cedo e aproveitar o dia, enquanto outros preferem acordar tarde e curtir a vida noturna, entre outras situações.

Dessa forma, ao fazer uma viagem individual você terá flexibilidade para definir a data de ida e volta, o tempo de permanência em cada destino e os passeios a serem realizados.

3. Melhoria no idioma

Ao viajar acompanhado é natural conversar mais em português. Por outro lado, em um passeio solo para o exterior haverá a necessidade de se comunicar o tempo todo no idioma local ou em inglês.

A experiência será positiva para você desenvolver suas habilidades com o idioma durante conversas com outras pessoas no aeroporto, em restaurantes, nas atrações turísticas etc..

4. Oportunidade de fazer novas amizades

Engana-se quem pensa que viajar sozinho significa passar dias ou até semanas em silêncio. Uma das grandes vantagens dessa experiência é justamente conhecer novas pessoas.

Quem faz um mochilão, geralmente, opta por ficar hospedado em albergues. Além de apresentar um bom custo-benefício para uma viagem longa e com múltiplos destinos, essa forma de hospedagem facilita a interação com outros turistas.

Contudo, se você preferir ficar em um hotel ou em um local mais reservado, também poderá conhecer novas pessoas durante os passeios, em bares, festas, entre outros lugares. Porém é preciso deixar a timidez de lado.

5. Autoconhecimento

Essa é uma ótima oportunidade de se conhecer melhor. Nesse período você conseguirá analisar seus gostos e seus interesses, fazer reflexões sobre a vida e aumentar sua confiança.

Além disso, terá tranquilidade para fazer as atividades escolhidas sem receio de incomodar seu acompanhante. Se você gosta de ficar horas a admirar uma paisagem, de acordar cedo para correr na praia ou passar um longo tempo no museu, por exemplo, não terá problemas com isso em uma viagem solo.

6. Independência

Não há como dividir as responsabilidades ao fazer uma viagem solo. Se por um lado essa situação parece um pouco desconfortável, por outro se torna uma oportunidade de independência. Você precisará fazer suas refeições sozinho, definir as melhores formas de transporte, pedir informação, pagar contas e resolver imprevistos.

7. Mais controle do orçamento disponível

É comum a ida a restaurantes ou passeios que não estavam previstos no orçamento em viagens com os amigos. Sozinho, o controle das contas tende a ser melhor, pois você poderá ir aos locais e restaurantes escolhidos e que estejam dentro de seu planejamento financeiro.

Como organizar a viagem?

Agora que você já sabe as principais vantagens dessa experiência, aprenda como fazer mochilão sozinho. Veja algumas dicas:

  • estabeleça o orçamento da viagem;
  • defina os destinos e os dias de permanência em cada local;
  • providencie a documentação necessária (passaporte, visto, cartão de vacinas etc.);
  • compre as passagens aéreas;
  • reserve as hospedagens;
  • analise as melhores formas de transporte entre os destinos (avião, aluguel de carro, trem);
  • monte um roteiro para a viagem;
  • reserve as atrações turísticas mais concorridas pela internet;
  • faça o câmbio de moedas;
  • faça um seguro viagem;
  • verifique a temperatura em cada destino para levar uma bagagem adequada;
  • se você for usar mais de uma companhia aérea, analise se sua mala ou mochila é compatível com as regras de peso e dimensão de todas elas.

Como manter a segurança durante o passeio?

Fazer mochilão sozinho apresenta inúmeras vantagens, mas pode gerar um certo receio, especialmente em relação à segurança. Contudo, ao seguir algumas dicas você, provavelmente, conseguirá aproveitar o passeio sem grandes preocupações.

Uma das principais recomendações é quanto à escolha dos hotéis. Procure reservar hospedagens bem localizadas. Análise a opinião de outros hóspedes para descobrir se o bairro é seguro e se tem fácil acesso a transportes.

Outra dica é ficar sempre atento aos seus pertences. Como não haverá um acompanhante para tomar conta de sua mala ou mochila em uma ida ao banheiro, por exemplo, é importante manter seus objetos por perto.

O cuidado com o dinheiro é outro ponto fundamental. Procure dividir seus recursos financeiros em mais de uma forma de pagamento, como cédulas e cartão de crédito. Dessa forma, você evita ficar sem dinheiro caso ocorra algum imprevisto. Utilize uma doleira para transportar as notas e seus documentos e mantê-los próximo ao corpo.

Baixar aplicativos de mapas e de transporte no destino é outra atitude significativa, assim, você minimiza os riscos de se perder em regiões mais inseguras. De acordo com a duração da viagem, talvez seja interessante comprar um chip para ter rede de internet no local.

Por fim, uma última dica é compartilhar seu roteiro de viagem com um amigo ou familiar. Inclua as cidades, as datas e os nomes das acomodações. Se houver algum imprevisto, eles conseguirão entrar em contato.

Aproveitar as férias ou um período sabático para realizar uma viagem é uma ótima oportunidade de visitar diversos destinos, fazer novas amizades e se conhecer melhor. Esperamos que este texto tenha esclarecido suas dúvidas sobre como fazer mochilão sozinho e as vantagens dessa experiência.

Tem vontade de fazer uma viagem nesse estilo ou já fez uma? Compartilhe conosco as suas experiências e dúvidas aqui nos comentários!

Veja Também