Dicas de ViagemPreparativos

Aprenda a montar um planejamento financeiro para viagem

7 de novembro de 2018 2 Comentários

Você deseja conhecer um determinado lugar, mas tem a impressão que nunca conseguirá arcar com o passeio? O primeiro passo é fazer um planejamento financeiro para viagem!

Muitas pessoas acreditam que viajar para locais distantes ou destinos internacionais é algo inalcançável. No entanto, com organização e economia é possível realizar a viagem dos sonhos.

Quer saber como fazer isso? Continue a leitura e confira nossas dicas!

Analise sua situação financeira

Um dos primeiros passos ao fazer um planejamento financeiro para viagem é analisar suas contas.

Verifique seus ganhos e despesas fixas e veja o quanto é possível economizar por mês para esse objetivo. Você também pode incluir no cálculo uma parte do seu 13º salário.

Esse processo será positivo para a definição do destino, pois você terá uma ideia do quanto conseguirá investir. Contudo, é fundamental manter o foco e a disciplina para guardar o valor estabelecido todo mês.

Defina o destino

A escolha do destino interfere diretamente no planejamento financeiro. Portanto, antes de defini-lo, analise seu orçamento e o período disponível para juntar a quantia necessária.

Se você deseja fazer uma viagem em poucos meses, destinos no Brasil, como Pernambuco e Bahia, ou na América do Sul, como Chile, podem ser mais atrativos.

No entanto, além dos custos comuns em todo passeio, quem pretende viajar para os EUA, por exemplo, também precisa considerar a cotação da moeda, especialmente em um cenário instável como o atual.

A dica para não extrapolar seu planejamento com a variação do dólar é adquiri-lo aos poucos. Assim você equilibra os valores e não corre o risco de pagar mais caro por isso.

Lembre-se que é necessário tirar o visto para ingressar em território americano. Caso você não o tenha, coloque esse valor no orçamento. Atualmente, a taxa de solicitação do visto de turismo é de US$160.

Estabeleça o período e a duração da viagem

Esses fatores também influenciam no orçamento final da viagem e precisam ser avaliados. Se você tiver flexibilidade para sair de férias, procure viajar em épocas de baixa temporada, a fim de conseguir um melhor custo-benefício em passagens e hospedagem.

Entretanto, é preciso verificar se não há feriados municipais, estaduais ou grandes eventos, que normalmente movimentam o turismo na região e elevam os preços — como acontece, por exemplo, em Blumenau no mês de outubro devido à Oktoberfest.

Pesquise as passagens aéreas

A passagem aérea tem um impacto significativo em um planejamento financeiro para viagem. Por isso, é fundamental pesquisá-la com antecedência, a fim de conseguir tarifas promocionais. Outra estratégia é utilizar um programa de pontos.

Além disso, verifique se o preço pode ser parcelado. Algumas empresas dividem o valor em até 10 vezes para destinos internacionais e em 6 vezes para nacionais, tornando o valor mais acessível.

Faça um levantamento dos custos da viagem

Nessa etapa você deve considerar todos os custos da viagem. Entre eles estão:

  • passagens aéreas;
  • hospedagem;
  • gastos com alimentação e gorjetas;
  • transporte (táxi, transfer, transporte público etc);
  • seguro viagem;
  • ingressos para atrações turísticas;
  • compras.

Pesquise sobre o destino escolhido a fim de saber qual o custo médio diário com refeição e transporte. Verifique também os atrativos turísticos e selecione aqueles que deseja conhecer. Por fim, faça um levantamento de quanto precisará para todo o período.

É importante incluir uma verba extra para compras e despesas não previstas, caso você precise utilizar táxis acima do planejado ou comprar algum remédio, por exemplo.

Corte alguns gastos

Se você fez o levantamento dos custos da viagem e percebeu que será difícil guardar o dinheiro necessário, pode tomar algumas atitudes para adequá-lo ao seu orçamento.

Uma dica é avaliar a hospedagem. A maioria dos destinos conta com uma rede hoteleira variada. Assim, pesquise bastante para encontrar um local com bom custo-benefício.

Optar por transporte público no destino, em vez de táxi ou transfer, também é uma boa alternativa para economizar no passeio. Outra atitude é verificar se os estabelecimentos oferecem descontos para compras online, pagamentos antecipados ou à vista.

Utilize sites e aplicativos ao fazer o planejamento financeiro

A tecnologia facilita o dia a dia das pessoas em inúmeras situações, e também é positiva para o planejamento financeiro da viagem.

Aplicativos de controle de despesas, como o Guiabolso, são úteis para analisar os gastos, acompanhar se sua meta foi alcançada no mês, entre outros benefícios.

Já o site Quanto Custa Viajar auxilia os turistas a elaborar o orçamento da viagem indicando os custos médios com alimentação, transporte, hospedagem e atrativos turísticos em inúmeras regiões do mundo.

Além disso, você pode conferir nossas dicas sobre diversos destinos — entre eles Nova York, Miami, Santiago, Salvador e Fortaleza — para montar um roteiro e definir os custos da viagem.

Economize

Após realizar todas as etapas acima, você terá uma base concreta do planejamento financeiro para viagem. A partir disso, estabeleça uma poupança mensal e o período em que levantará os recursos.

Além de reservar uma parte do seu salário para o passeio, procure reduzir seus gastos visando aumentar o montante acumulado por mês.

Normalmente, há dois tipos de despesas: as fixas — mensalidade de cursos, aluguel e contas da casa — e as variáveis — despesas do dia a dia com alimentação, combustível, entre outros.

Faça uma análise minuciosa de seus gastos e veja o que é possível reduzir. Para isso, coloque em uma planilha ou aplicativo de organização financeira seus gastos em shoppings, restaurantes etc.

Veja abaixo as etapas para economizar em uma viagem:

  • analise sua situação financeira e quite as dívidas (se houver);
  • faça um levantamento da quantia necessária para a viagem;
  • reserve um valor mensal para seu objetivo;
  • reduza gastos desnecessários e economize;
  • coloque a quantia em uma poupança ou outro tipo de investimento;
  • mantenha a disciplina e faça depósitos mensais na data estipulada;
  • não utilize esse dinheiro para outras despesas.

Essas foram nossas dicas de como fazer um bom planejamento financeiro para viagem. Comece a colocar esse plano em prática hoje mesmo e visite seu destino dos sonhos nas suas próximas férias!

Gostou do texto? Quer receber outras dicas sobre viagem? Acompanhe a Avianca no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube, e não deixe de conferir nossas próximas publicações!

Veja Também

2 Comentários

Rafael 9 de outubro de 2018 at 17:45

Utilidade pública. Se organizar direitinho, todo mundo viaja. S2

Responder
Delmar Souza da Silva 16 de outubro de 2018 at 13:12

Achei que seria tipo um plano de viagem em que a gente pudesse ir pagando tipo um consórcio ou fazendo uma espécie de poupança que permitisse usá-la no momento da viagem como pagamento total ou de parte da viagem. Seria ótimo para mim e acredito para milhares de pessoas.
Obrigado pela atenção.
Delmar
delmarsilva@yahoo.com

Responder