Tag

Avianca Brasil

Bastidores - Quem Voa, Ama

A Avianca Brasil transformou a experiência de voar com a companhia aérea em um grande musical. Foram muitos dias e madrugadas de trabalho para alcançar o resultado bastante elogiado pelos clientes, colaboradores e especialistas. Veja o que rolou nos bastidores da campanha “Quem voa, ama”.

Concepção da campanha: “Quem voa, ama”

A inspiração da nova campanha surgiu dos clientes Lovers da marca que amam e não poupam elogios para Avianca Brasil nas redes sociais. Além dos passageiros, a ideia era homenagear os funcionários que prestam um serviço com excelência e fazem a experiência positiva de voar acontecer. A criação da campanha é da agência Grey.

Gravação e Cenário

O plano de filmagem durou quatro dias. No primeiro, a produção gravou dentro de uma aeronave no Aeroporto de Guarulhos. No segundo, os participantes foram filmados na parte externa do antigo Hangar da VASP, onde dançaram em frente ao avião. Os últimos dois dias foram dedicados à gravação na parte interna do hangar, onde foi o cenário principal.

Música

A trilha sonora é uma composição inédita da consagrada Orquestra Voadora. A big band carioca traz um conceito moderno às clássicas fanfarras. O grupo traz uma mistura de diferentes ritmos musicais, como: rock, funk, samba, pop, jazz, frevo e maracatu, às suas canções.

Serviços em Destaque

Durante as cenas, quando os diferenciais da companhia são anunciados: atendimento, conforto, serviço de bordo, entretenimento e aeronaves, o ícone do coração é apresentado.

Personagens

As cenas contavam sempre com 12 figurantes, entre lovers (clientes que amam a Avianca e aceitaram participar do projeto), músicos, atores vestidos de comissários, pilotos e executivos.

Carlos Henrique Almeida e Carolina Salgado são alguns dos lovers que participaram da campanha. Eles foram escolhidos por meio de uma pesquisa nas redes sociais que mediu quem mais interagia com a Avianca.

Canais de Divulgação

No total, além do filme, a campanha será desdobrada para os canais digitais da companhia, sites e portais, e anúncios para mídia impressa. O vídeo Avianca Lovers foi feito para veiculação em TV aberta, a cabo, internet e cinema.

Ainda não assistiu ao vídeo? Confira e deixe as suas impressões nos comentários!

Veja 5 motivos para voar e amar a Avianca Brasil?

A Avianca Brasil acaba de lançar a maior campanha de sua história: “Quem voa, ama”. O conceito nasceu das impressões, sentimentos e empatia compartilhadas pelos clientes da companhia nas redes sociais. Por isso, reunimos os 5 principais motivos eleitos pelos Avianca Lovers para voar e amar a Avianca Brasil. Confira!

#1 Atendimento

O premiado atendimento da companhia engloba qualidade, simpatia e eficiência tanto nas equipes de solo quanto de ar. Os canais de comunicação direta com o cliente, como: call center, site, central de vendas, aplicativo, atendimento online e redes sociais também são bastante elogiados.

#2 Serviço de Bordo

Nas rotas nacionais, a Avianca Brasil serve deliciosos lanches quentes e frios ou salgados. Além de frutas ou sobremesas em algumas rotas. Nos voos internacionais de longa duração, há opções de pratos quentes. O serviço é gratuito, inclui bebidas variadas e ainda a companhia faz trocas constantes no cardápio para agradar os passageiros frequentes.

#3 Entretenimento, WiFi e Conectividade

Filmes, séries de TV, jornais, esportes, documentários, músicas e videoclipes estão disponíveis para os passageiros em um moderno sistema de entretenimento individual (com exceção das aeronaves A318). As crianças também têm vez, há uma programação preparada especialmente para elas! Sem falar na premiada publicação de bordo: Avianca em Revista.

Para quem precisa se manter conectado, a Avianca Brasil tem internet a bordo! A companhia foi a primeira empresa aérea da América do Sul a oferecer o serviço. Outro diferencial interessante, é disponibilizar tomadas e entradas USB aos passageiros na grande maioria das suas aeronaves.

#4 Conforto e Frota Moderna

Para muitos Avianca Lovers, a companhia é sinônimo de maior espaço entre poltronas. O mais legal é que o conforto está presente em todos os aviões. A Avianca é a única no país a ter todas as fileiras de assentos de todas as aeronaves classificadas com o selo “A” da ANAC. A experiência é ainda mais completa e sofisticada na Classe Executiva, com Assentos reclináveis em até 180 graus, na posição fully-flat.

A empresa opera a frota mais jovem da América Latina com 49 aviões da Airbus e foi uma das pioneiras na operação latino-americana do ultramoderno A320neo. Atualmente, opera rotas internacionais entre São Paulo e Miami com seus novíssimos A330.

#5 Aliança Internacional

A Avianca Brasil é membro da maior aliança global de companhias aéreas, a Star Alliance. Sendo assim, a empresa conecta passageiros a mais de 1.300 aeroportos em todo o mundo, por meio de voos de 27 parceiras internacionais. O programa de fidelidade da companhia, o Programa Amigo, permite que seus clientes acumulem pontos voando também com as suas parceiras.

É um AviancaLover? Sabe de mais motivos para voar e amar a Avianca Brasil? Conta para gente nos comentários!

Saiba mais sobre a nova campanha da Avianca Brasil: “Quem voa, ama” e assista ao vídeo.

Faremos o transporte dos profissionais do escritório brasileiro da Médicos Sem Fronteiras através de nova parceria

AviaoMedicos

Anunciamos uma parceria com a organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF).  Será feito o transporte dos profissionais do escritório brasileiro da entidade. O contrato envolve a cessão de passagens aéreas para os destinos domésticos contemplados na malha da empresa, que opera cerca de 220 voos diários em 22 cidades do país.

Os profissionais da MSF utilizarão este apoio para participar de reuniões sobre temas humanitários e outros eventos. Como exposições para sensibilizar o público brasileiro sobre as crises enfrentadas pelas populações atendidas pela organização. Também divulgaremos na revista de bordo e no sistema de áudio e vídeo das aeronaves. Informando sobre como os passageiros podem colaborar no esforço de ajuda.

Sobre a parceria

“É a primeira vez que a Avianca Brasil abraça uma causa com amplitude global, o que faz todo sentido neste momento da companhia, que se internacionalizou com a entrada na Star Alliance. Colaborar para que esses profissionais viajem pelo Brasil para realizar atividades de apoio ao trabalho da organização é apenas uma pequena ação, se comparada ao gesto desses grandes exemplos de altruísmo. Divulgaremos o trabalho deles em nossos canais de comunicação, como fazemos com todos os projetos sociais e culturais que apoiamos”. Destacou Flavia Zülzke, gerente geral de Marketing da Avianca Brasil.

“Estamos muito felizes com o apoio da Avianca Brasil. Esta parceria possibilitará que mais recursos sejam direcionados para nossa missão social: salvar vidas. Isso demonstra que essa é uma empresa que valoriza a ajuda humanitária”. disse Flavia Tenenbaum, diretora de Captação de Recursos de Médicos Sem Fronteiras-Brasil.

Médicos Sem Fronteiras chegou ao Brasil em 1991, para combater uma epidemia de cólera na Amazônia. Nos anos 2000, deu início a atividades que incluem o recrutamento de profissionais brasileiros. Além da captação de recursos financeiros para apoiar os projetos da organização. Atualmente, cerca de 160 profissionais brasileiros, de várias especialidades, participam regularmente dos projetos de assistência médica da MSF em cerca de 70 países.

Novidades

AVIANCA BRASIL SE UNE À REDE STAR ALLIANCE

22 de julho de 2015 0 comentário

0323b-MdVFZ-NCI-O6-Creative-Image-for-Reference

Em uma cerimônia realizada hoje, as companhias membros da Star Alliance deram as boas vindas ao seu mais novo membro, a Avianca Brasil.

“Adicionar a Avianca Brasil à nossa rede é um passo importante no aprimoramento da nossa proposta junto aos clientes da América Latina. O Brasil é o mais importante mercado de aviação no continente e nós estamos satisfeitos porque, a partir de hoje, nós podemos mais uma vez oferecer conexões domésticas no Brasil”, disse Mark Schwab, CEO da Star Alliance.

“Temos orgulho em fazer parte do maior grupo de alianças de companhias aéreas do mundo. Foram dois anos dedicados a este desafio. Alteramos nossa plataforma tecnológica, treinamos os profissionais e aperfeiçoamos os processos internos para garantir os melhores serviços para os nossos clientes. Estamos entusiasmados e prontos para colocar o Brasil de volta no mapa da Star Alliance”, disse Jose Efromovich, presidente da Avianca Brasil.

A Avianca Brasil é a companhia área que mais cresce no país. De 2010 a 2014, aumentou sua participação de mercado de 2,6% para 8,4%. Até maio de 2015, a companhia aérea manteve esta tendência, atingindo 9% de participação de mercado brasileiro. A expectativa é manter um crescimento contínuo, já que a Avianca Brasil e as demais empresas da Star Alliance, que prestam serviços no país, conectarão mais passageiros por meio dos principais hubs.

No total são 13 companhias-membro (Air Canada, Air China, Avianca, Avianca  Brasil, Copa Airlines, Ethiopian Airlines, Lufthansa, Singapore Airlines, South African Airways, SWISS, TAP, Turkish Airlines e United) que agora servem o Brasil, o que reforça ainda mais a posição da Star Alliance como a aliança com o maior número de companhias aéreas neste mercado. A Avianca Brasil adiciona 15 novos destinos no país aos 12 existentes que as companhias-membro da Star Alliance já atendem, elevando o total para 27.

Pela rede doméstica da Avianca Brasil, os clientes podem embarcar internacionalmente em 88 voos semanais em 12 aeroportos no Brasil, para destinos da América do Norte e do Sul, da Europa, Ásia e África. Ao conectarem-se por meio dos hubs da Star Alliance nestas regiões, os passageiros conquistam acesso à rede mundial fornecida pelas 28 companhias aéreas membro, oferecendo mais de 1.500 voos diários para 1.330 aeroportos em 192 países.

Os mais de 2,7 milhões de participantes do programa de fidelidade Amigo, agora podem fazer uso de todos os benefícios do FFP (Frequent Flyer Program) da Star Alliance. Eles poderão acumular e resgatar milhas em todos os voos das companhias aéreas parceiras. Os classificados na categoria Amigo Ouro ou Diamante podem acessar mais de 1.000 lounges ao redor do globo, utilizar os benefícios de bagagem (extra ou prioritária), balcões de check-in exclusivos e prioridade de embarque. O mesmo é válido para os clientes das companhias parceiras ao viajarem pela Avianca Brasil.

Todos os voos da empresa, sob o código IATA “O6”, agora serão parte dos produtos tarifários da Star Alliance. O mais popular é a tarifa Volta ao Mundo, que permite aos clientes dar a volta ao redor do globo usando qualquer combinação das 28 companhias-membro. Além disso, a Avianca Brasil também participará dos produtos empresariais, como Star Alliance Corporate Plus.

A fim de apoiar a união da Avianca Brasil, a Star Alliance lançou uma campanha especial de marketing, criada em torno do slogan “AVIANCA BRASIL CONECTA COM O MUNDO”. Ela usa a metáfora visual da bandeira brasileira formada a partir de prédios icônicos em 3D ao redor do globo.

Fotos do evento estarão disponíveis em: http://www.xturnover.dk/staralliance/aviancainbrazilevent/

Gastronomia

Rio Burger Tour

26 de junho de 2015 0 comentário

RBT2 (1)

Depois da onda das temakerias, das iogurterias e, mais recentemente, das gelatterias (sorveterias metidas a chique) parece que o queridinho dos chefs é o bom e velho hamburger! A moda agora no Rio e no Brasil são as hamburguerias!

Sendo assim, eu e mais uma confraria de amigos glutões nos reunimos com o objetivo de fazer análises divertidas e criteriosas desses grandes expoentes burgerísticos de nossa cidade. Na verdade, o objetivo é se empanturrar de hamburger, mas tudo bem. O resultado acabou virando o Instagram @RioBurgerTour, onde depositamos belas fotos e nossas críticas sinceras, por vezes duras ,mas sempre bem-humoradas!

RBT1 (1)

Para vocês terem uma noção desse árduo trabalho, segue nosso Top 3 até o momento!

Meating Homemade Burgers (Gávea)
O hamburger, ponto central do tipo de sanduba em questão, deixa um pouco a desejar. A suculência orgásmica está lá, mas meio aguado e de sabor pouco marcante (retrogosto fraco). O pão é saboroso na medida certa, não ofuscando a harmonia do “prato” e contribui muito para o sabor geral da refeição. Amarelo, gostoso e fofo como um filhote de labrador. O queijo, apesar de ser um esnobe Ementhal, poderia ter mais personalidade, parece um mero acompanhamento obrigatório. O bacon caramelado e curado no whisky Jack Daniels é delicioso e eleva a nota geral, mas poderia contribuir ainda mais se tivesse presença mais generosa e não uma mísera tirinha depressivamente solitária. O molho é interessante e bem servido. O tamanho não é grande de assustar mas é suficiente para deixar o comensal satisfeito. Ah, apesar de não entrar na avaliação, os milk-shakes de “pumpkin” (a boa e velha abóbora) e “cheesecake” nos fizeram gemer de prazer tão alto que fomos expulsos da casa por atentado violento ao pudor.
Nota: 7,1

– Puro Restaurante (Jardim Botânico)
Nossa renomada equipe de especialistas foi conhecer hoje o Puro, no JB (RJ). Sei que nossa missão é exclusivamente focar e destrinchar os mistérios dos burgers cariocas, mas é impossível não mencionar a decoração, atendimento e, principalmente, a apresentação dos pratos. É tudo tão bem pensado e perfeito que a própria cozinha do estabelecimento fica à mostra. E uma casa tem que se garantir muito pra exibir sua cozinha. Porque todo mundo sabe, né? Cozinha de restaurante é que nem passado de mulher: se você conhece, acaba não comendo. Mas vamos às burguesas.
O Puro Burger é bem servido, o pão é macio e saboroso, o tomate vem cozido e temperadinho, as cebolas são caramelizadas, a carne é bem alta e vem no ponto certo, até o queijo mineiro, que poderia ser simples, tem sabor especial. Única observação talvez seja a ausência de um molho especial para dar uma graça.
Um burger correto tem que ter uma presença maior (tamanho x-large! Não regulem miséria, burger chefs!) e um gourmet burger precisa ter uma graça a mais (#ficaadica).
Nota: 7,7

– Hellish Pub (Tijuca)
Tamanho que impressiona e sabor do hamburger digno de um churrasco nos pampas! O pão é generoso mas podia puxar um pouco mais no sabor (mtas hamburgerias consideram o pão um mero invólucruo do sanduíche-iche-iche). O queijo é derretido no ponto e vem em quantidade, um charme especial para esse ingrediente fundamental do clássico x-burgui. Tem que ser aquela lava amarela derretendo-se para fora, tal e qual nos anúncios de burger americanos. Os acompanhamentos variados e bem feitos (com direito a Onio Rings do tamanho do pneu de um pequeno veículo automotor) tornam esse espécime de burger um verdadeiro caso de amor!
Nota: 8,0

– Hamburger do Kabeça: esse é só para convidados. Em se tratando de hamburger não poderia deixar de mencionar o cheeseburger do meu amigo Ricardinho Cabeça. Economista metido a chef, ele recebe um seleto grupo de amigos em sua piscina e prepara na churrasqueira um hambúrguer que leva gema de ovo, cebola, molho inglês e queijo ementhal entre outros ingredientes secretos. O tamanho é grosseiro (não cabe na boca) e o sabor é incomparável! Mas, como eu disse, é só para VIPs: vocês vão ter que confiar na minha palavra. 😉

Nota: 10!

Se quiser conferir mais dicas, fotos e reviews divertidíssimos: @RioBurgerTour! 😉

 

Destinos

As cidades mais espertas do mundo.

12 de fevereiro de 2015 0 comentário

rio

 

Um site que analisa desenvolvimento social de cidades e países, o ICF (Inteligence Comunitty Forum) fez um levantamento recentemente das cidades mais espertas (smart) do mundo. O que qualifica uma cidade como esperta, você deve ter se perguntado como eu me perguntei. Indo mais a fundo descobri que esse grupo de analistas com sede em Nova Iorque analisa aspectos sócio-economicos, políticos, segurança, liberdade online, atrações turísticas… etc.

Os vencedores mais recentes foram Estocolmo, na Suécia, e a cidade escocesa de Glasgow e, pela primeira vez, uma cidade brasileira entrou na lista anual do grupo: o Rio de Janeiro, abocanhando um honroso sexto lugar. O vencedor dessa edição foi a cidade de Arlington, na Virginia (EUA). O que a alçou a essa posição foi principalmente a sua vocação para tecnologia, participação popular e diálogo com o terceiro setor. Outras cidades de destaque na lista e o motivo que as colocaram lá são…

 

Columbus, Ohio (EUA)- ficou em segundo lugar na lista devido a sua vocação para atrair recém-formados de qualidade e por abrigar o maior número de empresas Fortune 1000 do que qualquer outra cidade americana.

Ipswich (Austrália)- o foco da cidade é o digital. Um planejamento que já antevê ações com 20 anos de antecedência promete tornar a cidade ainda mais conectada e um hub para empresas e profissionais da área. Tudo isso entrelaçado com o desejo de ser a comunidade mais sustentável da Austrália.

Mitchel (EUA)- o foco aqui é a agricultura aliada a avanços de telecomunicação e digital. Mitchell mostra que comunidades agrícolas também podem ser modernas e conectadas com o futuro.

New Taipei (Taiwan)- a cidade foi criada em formato de rosca ou pneu, como preferirem. O acesso rápido a qualquer ponto, as estradas sem transito e que facilitam a circulação de pessoas e mercadorias é a base para que essa jovem cidade (fundada em 2010) esteja despontando na região.

Rio de Janeiro (Brasil!!!)- O Rio entra na lista na esteira do sucesso como sede da Copa do Mundo de Futebol em 2014 que já precede uma Olimpíada ano que vem. As obras que pretendem solucionar o problema de transporte na cidade e diversas e criativas inovações sociais ligando favela e asfalto foram os fatores que levaram a cidade a figurar na lista.

Dicas de ViagemNo Aeroporto

No more FILAS!

5 de fevereiro de 2015 0 comentário

1

“Você deve encher o saco de viajar tanto, né?” É uma das perguntas que mais me fazem quando descobrem que ganho a vida fazendo (entre inúmeras outras coisas –como escrever essa coluna-) um programa de viagens para a TV. E a resposta é sempre a mesma: Não, eu nunca me canso de viajar. Adoro conhecer novos destinos, povos, culturas… Criar novas histórias, experimentar novas comidas, passar perrengues inusitados… Mas, para ser bem sincero, tem uma parte de viajar que não me incomodava tanto mas que, depois de encarar por mais de 5 anos uma rotina que envolve mais de 40 vôos por ano, começa a ficar cada vez mais insuportável. Pouca gente leva em consideração na hora de escolher seu destino de viagem ou seu roteiro de férias, mas a quantidade de horas que você vai passar esperando em Salas de Embarque, aguardando sua bagagem, fazendo hora entre uma escala e outra… se acumulam somando as horas mais desagradáveis de uma viagem.

Se não bastassem esses desagradáveis, porém inevitáveis momentos, ainda tem gente que consegue transformar em um suplício (para quem está atrás dela) detalhes corriqueiros e que poderiam passar despercebidos: as filas de segurança. Sabe aquela filazinha antes de você passar sua bagagem de mão no raio-x e cruzar um simples detector de metais? Pois é, coisa rápida, né? Nem sempre. Tem gente que ignora e rasga todas as regras de bom senso e consideração com o próximo e transforma algo que poderia levar 10 segundos em um procedimento digno de prisioneiros ingressando em Guantánamo. Então, seguem algumas dicas para tornar a sua (e a minha) vida mais fácil.

  • Tenha seus pertences à mão

Nada mais irritante que aquela pessoa que passa 5 minutos na fila olhando pro nada ou falando no celular e deixar para começar a catar carteira, headphone, mochila… na hora de ser atendido!

  • Lembre-se de tirar cinto e sapatos

Se puder ir de chinelo ou sapatos sem cadarço, melhor. Foi-se o tempo que havia um “código de vestuário” para andar de avião. Mas, se não for possível, ao menos desamarre os cadarços e descalce a parte de trás para ganhar tempo. E vai tirando o cinto durante o caminho, amigão. Suas calças não vão cair.

  • Moedas apitam no raio-x

Sim, elas apitam. Esvazie os maldito bolsos. Não passe no raio-x, volte, fique se perguntando o que apitou, busque no casaco, na mochila… É o troco do pão de queijo frio que você comeu uma hora arás e esqueceu no seu bolso!

  • Casaco

Não, não pode passar vestindo casaco. Não deixa para perguntar para a atendente. Se está na dúvida, porque não tire logo meu amado Jesus? Ninguém morre congelado por ficar sem casaco dentro de um aeroporto climatizado por alguns míseros minutos.

  • Líquidos

Shampoo, higienizador bucal, cremes hidratantes… Se você vai passar pouco tempo fora, não precisa mais do que a quantidade permitida. Se vai morar fora, pode comprar quando chegar ao seu destino. Ou seja: levar mais do que o mínimo permitido é um sinal clássico de estupidez!

  • Laptop

Não tente bancar o espertinho e não retirar o laptop da mochila pó preguiça. Ele vai ser identificado, você vai ter que retira-lo da mochila e vai atrasar a fila para todos os seus companheiros de fila. Se é um saco perder tempo com essa mis encene, imagina para o coitado atrás de você que está sem laptop me tem que esperar o dobro do tempo porque um babaca preguiçoso quis ser mais malandro que a malandragem.

  • Afaste-se

Quando você chega ao fim da escada rolante você para pra amarrar os sapatos? Então, porque parar no meio do caminho (e vestir casaco, calçar sapato, botar cinto…) atravancando toda a fila? Afaste-se e faça seus arranjos pessoais em lugar seguro e que não atrapalhe os demais. Bom senso é vital para a vida e sociedade.

Eu garanto que, se você seguir todas essas regras, passará a economizar preciosos minutos durante esse enfadonho processo de segurança. O que, no somatório de um ano viajando, pode equivaler a uma volta em uma Montanha Russa na Disney, uma saideira em um barzinho em Salvador, ou até mesmo o tempo necessário para você não perder seu próximo vôo.