Tag

co-piloto

Novidades

Feliz dia Internacional da Mulher!

8 de março de 2013 6 Comentários

Nós da Avianca, parabenizamos todas as mulheres pelo seu dia, 8 de março, dia Internacional da Mulher!

E como forma de homenagea-las, nada melhor do que agradecer e parabenizar nossa co-piloto Jaqueline Guglielmi Ramos, uma das excelentes profissionais que fazem parte do time Avianca!

Confira a seguir, a entrevista que fizemos com a Jaqueline, e descubra como é o dia-a-dia e quais os desafios que uma mulher tem que enfrentar para se tornar uma co-piloto.

Foto co-pilotoQuando criança, já sonhava em trabalhar no ramo da aviação?

J.R: Sim, desde pequena acompanhava os voos com meu pai, que também é aviador.

Qual foi a reação dos pais quando souberam de sua escolha?

J.R: Ficaram felizes e sempre me deram muito apoio.

Qual o caminho para entrar no ramo?

J.R: É possível fazer o curso teórico e prático em escolas credenciadas pela ANAC. Outro caminho pode ser a formação em faculdades de Ciências Aeronáuticas que congregam a teoria e a prática de voos dentro de uma formação superior.

Como é a rotina?

J.R: O trabalho se inicia com a apresentação no aeroporto pelo menos com 1 hora de antecedência da decolagem. Recebemos toda a documentação pertinente à etapa a ser realizada para os procedimentos operacionais da aeronave. A viagem pode conter varias escalas e durar de 1 a 6 dias com repousos intermediários após cada jornada.

Como é o relacionamento com a família?

J.R: É preciso construir um modo de vida flexível para cumprir as exigências do trabalho sem prejudicar a vida familiar.

Qual sua relação com pilotos homens?

J.R: Profissional, um bom clima de trabalho e espírito de equipe na cabine resulta em segurança de voo.

Como vê o mercado para as mulheres?

J.R: Atualmente as mulheres estão encontrando seu espaço nas profissões ditas masculinas no passado. A aviação e uma área que oferece grandes oportunidades de realização profissional e satisfação pessoal.

Qual o conselho para uma mulher que queira seguir carreira nesta área?

J.R: É preciso ter muita disciplina, foco e persistência. O constante aprimoramento é indispensável.

 

Parabéns mulheres, não só por hoje, mas por todos os dias. Afinal vocês merecem ser homenageadas sempre!