Tag

Hotel

Lagosta Camurim Grande

Está chegando o 4º Festival Gastronômico da Lagosta de Maragogi e Japaratinga, e nós da Avianca fomos com os principais jornalistas e blogueiros de São Paulo conferir as atrações do festival.

Embarque com a gente e descubra todas as delicias que te esperam!

O festival, que vai dos dias 09 a 17 de novembro, oferece um roteiro gastronômico com 14 paradas obrigatórias. Todas as informações sobre pratos, endereços e horários você encontra aqui

Começamos a nossa viagem com um incrível passeio de catamarã pela costa. É impressionante a cor verde e a temperatura do mar, fica impossível resistir a um mergulho!

Maragogi3

Fim do passeio pelo mar, hora de conhecer as belezas da costa alagoana com um passeio de buggy. Fomos passando por vários hotéis e restaurantes que farão parte do festival, e claro experimentamos algumas das delícias que vocês encontrarão por aqui.

Nossa primeira parada foi na Estalagem Caiuia em Japaratinga. Lá experimentamos Lagosta com redução de vinho branco, acompanhado de suflê de palmito e queijo. Difícil dizer o que estava melhor. Destaque também para a vista do restaurante, que é pé na areia!

Estalagem Caiuia - Lagosta Divina

Continuamos o nosso passeio e fomos conhecer a produção de um dos doces mais famosos da região, o Bolo de Goma. Fomos à casa da Tia Marlene e ficamos impressionados com a simpatia e a simplicidade do lugar. Marlene é uma referência na região e sua produção familiar é responsável por abastecer até comércios de outros estados do nordeste. Vale a pena ir conferir!

Voltando às lagostas, chegou a hora do jantar. Nossa parada foi na Pousada Camurim Grande, em Maragogi. Lá, a chef Maranei Cardoso nos serviu Lagosta defumada com molho roquefort  acompanhado com arroz negro e batata rosti. É de comer ajoelhado!

Jantar Maragogi

Passamos ainda por diversas pousadas e restaurantes que fazem parte do festival e que você não pode perder! Confira o vídeo que o nosso parceiro de viagem Marcio, da Janela Laranja, fez sobre o nosso tour gastronômico.

Aliás, você sabia que agora nós estamos com voo direto de São Paulo para Maceió?  Confira aqui do lado e garanta já a sua passagem para curtir o 4º Festival da Lagosta!

 

Confira aqui mais fotos da nossa viagem!

Cidade

Nesse fim de semana, acompanhados dos blogs:  A Janela Laranja, 360 Meridianos, Jeguiando, Pé na Estrada, Meus Roteiros de ViagemRapha no Mundo, Viaje na Viagem e do Mercado e Eventos, fomos conhecer Balneário Camboriú.

Nossa primeira parada foi no simpático e diferente Restaurante Porto Cabral. Com um cardápio variado e garçons muito gentis, o restaurante é a pedida certa para quem quer ter uma experiência diferente, comer bem e ainda ter uma vista privilegiada da orla de Balneário Camboriú. Eu digo diferente pois o restaurante é flutuante, fica ancorado na parte sul da praia de Balneário!

Porto Cabral

Passado o almoço, fomos conhecer um pouco da cidade. A estrutura, segurança e limpeza impressionam. Foi muito legal perceber o quanto a cidade está preparada para receber todos os tipos de turistas. Na Avenida Atlântica, a principal da cidade, existem diversos restaurantes, bares, baladas e lojas que certamente agradarão a todos os turistas.

Turma 2

Outro ponto alto é o teleférico, que te leva da Praia Central até a Praia de Laranjeiras e te proporciona uma vista privilegiada e única das praias da cidade. Para os mais radicais, existe também o ZipRider, uma espécie de tirolesa de240 metros de altura que te leva a 60 km/h do alto do morro até a Praia de Laranjeiras em menos de 1 minuto. http://www.unipraias.com.br

Existem também diversos passeios de barcos e escunas que te levam até a Ilha das Cabras, considerada uma das mais belas ilhas do litoral catarinense. O passeio dura em média 1 hora e meia e permite que você tenha uma visão diferente de toda a cidade.

Barco

Cidade 2

Fomos então, para o nosso hotel. Isolado da cidade por dois morros que preservam a vegetação nativa, o Infinity Blue é a pedida certa para quem quer conforto e sofisticação. Ele oferece uma estrutura completa para os hóspedes dos seus 122 quartos que tem à disposição: piscinas (coberta e descoberta), spa, bistrô, tenda de massagem no meio da mata,  quadra poliesportiva, sala de ginástica e muito mais.

hotel2

Piscina

A praia na frente do hotel é praticamente exclusiva para os hóspedes, é praticamente impossível não passar algumas horas por lá, aproveitando a vista e petiscando as boas opções que o cardápio do hotel oferece.

Praia Hotel 2

Praia Hotel

A parte gastronômica do hotel é um capítulo a parte. Você sempre fará a escolha certa independente de onde você escolha comer, e olha que opções não faltam! Menções honrosas ao Bistrô, ao restaurante do SPA e claro, ao café da manhã.

SPA

SPA 2

Café

Dizem que tudo o que é bom dura pouco né? Chegou a nossa hora de voltar pra casa.

Avião 3

Confira nossos voos para Florianópolis aqui ao lado e garanta já a sua passagem!

GastronomiaRelatos

A Melhor Lista de Viagem

25 de abril de 2013 1 Comentário

Comida vegetariana mais deliciosa que comi na vida!

 

(as escolhas revelam as minhas opiniões pessoais e não necessariamente as preferências de meus companheiros de viagem e programa)

Nada melhor para gerar material para uma lista (ou várias) do que viajar com o “Não Conta lá em Casa”. Sempre adorei fazer listas. Dessas de Top 10, tipo do David Letterman. Na adolescência, brincava de fazer Top 10 desde os melhores cafés da manhã da semana até das meninas mais gatinhas da sala. Já listei os tops filmes que já vi na vida, as tops músicas, os tops gols do Botafogo… Com o NCLC, percebi que tinha material não só para uma lista gigante (Top 100), mas para várias! Os melhores países, os piores, melhores hotéis, perrengues… mas preferi juntar tudo e criar o Top do Top (claro que com uma pitada de nonsense).

1. Melhor Hotel

Nunca nos hospedamos em hotéis cinco estrelas. O orçamento e os destinos em questão não permitem. Por isso, o Hotel Konak, em Sarajevo, capital da Bósnia, se destaca entre as opções de baixo custo com qualidade! O destaque pra mim no hotel era a internet projetada na televisão que você controlava da cama através de um teclado sem fio. Obviamente botei um vídeo de pornografia gay para rolar na TV do quarto de meus colegas de viagem e escondi o teclado. J

2. Melhor Refeição

Almoço vegetariano em Berat, na Albânia. O restaurante nem tinha nome. Era a sala da casa do dono, onde ele colocou umas três mesas e deu uma decorada bem charmosa até. Apresentação impecável e sabor delicioso em um cenário de castelo medieval no interior de um dos países mais pobres da Europa. Surreal!

3. Melhor Aeroporto

Não podia ser outro. O Melhor Aeroporto do Mundo, é o de Kuala Lumpur. Principalmente por sua internet WiFi grátis que permitiu navegar no iPhone até mesmo durante as longas viagens em um trenzinho automático que interligava as plataformas. O lugar tem cinema de graça, massagem, lounges, e até showzinhos ao vivo para que estiver esperando longas conexões.

4. Maior Perrengue

Sem dinheiro por três dias na Etiópia. Spray de pimenta na cara durante um treinamento na Itália. 12 horas no aeroporto do Chile pós-terremoto. Ilhado na Nova Zelândia por conta de um tornado. Nada disso chega perto do terror e pânico vivido na Chechênia, quando resolvi encarar o Barco Viking de um amistoso Parque de Diversão. Link para video desse episódio: https://vimeo.com/31937147 – at=0

5. Maior Fome

Ramadã no Iraque. Se não bastasse o Ramadã (só pode comer à noite) ainda rolava a escassez de alimentos pelo estado de guerra em que se encontrava o país ainda em 2009. Teve um jantar que comemos pão com tomate e cebola.

BONUS: Melhor Viagem!

Impossível eleger. Porque aí entram fatores por demais subjetivos. Do ponto de vista da hospitalidade (Irã, Japão, Cáucaso…), beleza natural (Tuvalu, Mianmar…), história (Etiópia, Bálcãs…), comida (Japão, Ossétia do Sul…), diversão (Indonésia, Coréia do Norte…). É legal fazer essas listas até para perceber que nesses anos foram muitas as histórias e momentos inesquecíveis com o “Não Conta lá em Casa”.

 

André Fran é um dos criadores/apresentadores da série de TV “Não Conta lá em Casa” (Multishow), onde quatro amigos encaram os roteiros mais polêmicos do planeta e semanalmente escreve aqui no nosso blog!

DestinosInternacionais

48 Horas em Las Vegas!

16 de abril de 2013 0 comentário

Vegas é a Meca americana onde é permitido tudo o que é proibido em outras cidades. E eles fazem questão de manter e ostentar esse rótulo.

Podemos definir a cidade em três atividades básicas: bons restaurantes, grandes cassinos e excelentes espetáculos. E nós vamos dar as melhores dicas para você não descansar 1 minuto sequer.

Para começar, um lugar que você não pode deixar de conhecer é o Miracle Mile, um shopping que fica dentro do hotel Planet Hollywood. Não deixe de olhar para cima para curtir o teto pintado como céu aberto que tem até chuva artificial!

Depois de fazer boas compras, é hora de aproveitar um show. Com opções que vão de shows com tigres, passando por Celine Dion até Cirque Du Soleil, não tem como não encontrar um espetáculo com a sua cara.

Os cassinos e as baladas são um capítulo à parte. É lá que você vai passar a maior parte do tempo e vai descobrir porque Vegas é o paraíso da diversão. O cassino do MGM Grand Resort e a balada Marquee, que fica dentro do hotel The Cosmopolitan e que funciona noite e dia, farão você não querer mais voltar para casa!

A matéria na integra com dicas, curiosidades, como se vestir e até como se comportar, escrita pelo jornalista Joaquim Andrade, você confere na nossa revista de bordo ou no site: www.aviancaemrevista.com.br

Não perca!