Preparativos

9 sinais de que você precisa tirar férias

26 de março de 2019 0 comentário

Você costuma tirar férias? Há pessoas que ficam anos sem dias de descanso e acabam sentindo no corpo e na rotina os efeitos dessa atitude, que é muito danosa para a saúde mental e física.

A folga no trabalho não deve ser colocada em segundo plano. É importante reservar um período para se desligar das tarefas profissionais, acordar mais tarde, desenvolver um hobby, conhecer novos lugares e pessoas ou simplesmente relaxar na própria companhia.

Após alguns dias de descanso, você perceberá melhoria no humor e na disposição e, provavelmente, terá mais produtividade e motivação ao voltar para o trabalho.

Quer saber se está na hora de você tirar férias? Continue a leitura para entender mais sobre o assunto e descobrir 9 sinais do corpo que podem indicar isso!

1. Irritação

O estresse gerado pela rotina de trabalho aumenta a irritabilidade, tanto na vida profissional quanto na pessoal. Nessa situação, é comum que mesmo uma pessoa calma perca a paciência com atitudes que não deveriam ser tão relevantes.

Sabe quando uma situação corriqueira, como o tempo de espera pelo elevador, gera irritação enorme? Então, esse pode ser um sinal de que o seu corpo e a sua mente necessitam de dias de descanso. O mesmo acontece quando você percebe uma alteração no humor intensa relacionada a piadinhas ou ao comportamento dos colegas da equipe, por exemplo.

2. Dificuldade para dormir

Problemas para adormecer costumam ser sintomas de estresse. A privação de sono pode afetar o humor, a concentração e a saúde de modo geral.

Ter dificuldades para dormir em apenas um dia não é algo tão preocupante. Entretanto, se a situação ocorrer com frequência, pode ser um indicativo de que você precisa de um respiro do trabalho e dos problemas cotidianos.

Para amenizar a situação, tente criar uma rotina de repouso, evite ficar no celular até tarde e faça atividades físicas. Especialistas recomendam que uma pessoa adulta tenha em média 8 horas de sono para garantir uma boa qualidade de vida.

3. Baixa produtividade no trabalho

Quando a rotina profissional se torna desgastante, a motivação e a produtividade geralmente diminuem. Diante disso, situações como estas se tornam bastante comuns:

  • erros nas tarefas;
  • falta de ânimo para trabalhar;
  • atraso na entrega de relatórios e projetos;
  • dificuldade para terminar as atividades do dia.

Esses problemas podem ser resolvidos com um período de descanso. Tirar férias e se afastar das responsabilidades corporativas será útil para melhorar o seu bem-estar. Além disso, você retornará à empresa com mais disposição.

4. Falta de tempo para a vida pessoal

O trabalho ocupa uma grande parte do nosso dia, não é mesmo? Contudo, é fundamental buscar um equilíbrio com os compromissos pessoais para ter uma rotina mais saudável.

Se você perceber que não consegue dar atenção às pessoas queridas como gostaria, que perde muitos eventos sociais por causa do emprego ou que está sem tempo para cuidar da sua saúde, por exemplo, procure tirar férias.

O período longe da empresa será essencial para reorganizar as prioridades, passar mais tempo com a família e os amigos e revigorar as energias.

5. Cansaço

Esse é um dos principais sinais de que chegou o seu momento de sair de férias. No entanto, é importante diferenciar o cansaço gerado por um dia de trabalho daquele relacionado a problemas de saúde.

Se você não consegue recuperar as energias durante os finais de semana e feriados e já começa a semana desmotivado, isso é um alerta. Outro indicativo de cansaço é quando você não sente vontade de realizar atividades de lazer, brincar com os filhos ou curtir um momento com seu companheiro e utiliza o tempo livre apenas para dormir.

Se a sensação de fadiga permanecer mesmo após as férias, procure acompanhamento médico, pois ela pode ser um sintoma de outras situações, como depressão, anemia e carência de vitaminas.

6. Dores pelo corpo

Viver com o corpo dolorido também é um indicativo de alto nível de estresse e, por isso, essa situação deve ser investigada. Alguns dos sintomas mais comuns são: dor de cabeça, tensão muscular e desconforto estomacal.

Caso você apresente alguns desses incômodos com frequência, procure um médico para identificar as causas e tente tirar férias. Alguns dias longe da empresa podem ajudar a amenizar as complicações.

7. Falta de entusiasmo com a profissão

Você gosta do seu trabalho, mas não sente a mesma felicidade de antes, quando chega a segunda-feira? Não se desespere: essa situação é bastante comum! E além de adversidades internas no ambiente de trabalho, a falta de motivação pode estar diretamente relacionada à necessidade de descanso. Para resolver o problema, tirar alguns dias de folga e viajar é uma ótima ideia. Esse autocuidado será positivo para o bem-estar e a saúde e pode renovar o seu entusiasmo com a atividade profissional.

8. Hábitos compulsivos

Sem perceber, algumas pessoas começam a desenvolver compulsões como uma forma de escape para lidar com o estresse no trabalho. Dessa forma, aumentam o consumo de bebidas alcoólicas, cigarros ou doces.

A combinação entre a falta de tempo para atividades saudáveis e o desenvolvimento de hábitos compulsivos pode afetar a saúde do indivíduo, desencadeando quadros como colesterol alto, diabetes e obesidade.

9. Pensamentos negativos

Além do cansaço físico, é comum acontecer a fadiga emocional. Ela pode ser caracterizada por problemas de concentração e memória e também por pensamentos negativos, como sensação de urgência, sentimentos de culpa por não terminar tarefas, angústia, entre outros casos.

É importante investir em estratégias para amenizar essa situação, pois ela pode atrapalhar a sua vida profissional e aumentar a ansiedade.

Neste post, mostramos 9 importantes sinais do corpo que podem indicar que você precisa tirar férias. Se você apresentar algum deles, priorize a sua saúde mental e física: tente programar folgas no trabalho, faça um bate e volta no final de semana e aproveite o tempo livre ao lado de familiares e amigos. A atitude será positiva tanto pessoal quanto profissionalmente.

Gostou das dicas? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto ou tem uma experiência para compartilhar? Deixe o seu comentário no post!

Veja Também